Resenha: livro "Sol em Júpiter", Lola Salgado

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Sol em Júpiter", escrito pela paranaense Lola Salgado e publicado em 2018 pela Editora Harlequin.

Resenha, livro, Sol-em-Júpiter, Lola-Salgado, harlequim, romance, youtuber, literatura-nacional, capa, fotos, marina-avila, quote, trecho, e-book

 Nossa narradora e protagonista, Sol Leão, alcançou aos vinte e três anos a marca de seis milhões de inscritos no seu canal Delírios de Juba no Youtube. Nas redes sociais e nos eventos em que participa, a vida de Sol parece ser perfeita, invejável, mas a verdade é que ela passa bem menos tempo na praia do que o seu feed do Instagram leva a supor, não gosta tanto de salto alto nem de academia, e sua autoestima não está lá em cima como seus vídeos sugerem, além de ela viver se estressando com um vizinho barulhento.

 "Todas as fotos que vinha postando ultimamente eram apenas simulação de dias que nunca vivi. Apenas uma fantasia." (página 65)

 Certo dia, o caminho de Sol se cruzará de forma muito inusitada com o de Júpiter, um rapaz de 25 anos, com nome de planeta, que trabalha numa loja do shopping. Surgirá uma amizade entre eles, ainda que Júpiter leve a vida de uma forma bem diferente de Sol. O papo entre os dois rola fácil, coisa que não acontece nas conversas que Sol tem com o namorado André, um youtuber que parece só querer falar sobre si mesmo e nunca ouvir. O livro começa com Sol fazendo uma coisa muito errada, no seu "modo escorpiana vingativa", e nos capítulos seguintes a gente volta no tempo para entender como ela chegou até aquele momento.

 "- Juba, você mora a alguns passos da praia! Pode dar um mergulho sempre que quiser. Não precisa ficar horas, mas um pouquinho por dia já é melhor que nada. Casa um a seu modo.
 Aquela era a segunda vez que ele usava um ditado popula para se expressar. Era divertido porque normalmente eu os ouvia pela boca de pessoas mais velhas.
 Júpiter tinha uma alma velha.
 - De que adianta morar aqui se você nem aproveita? - insistiu, como se aquilo realmente o perturbasse. - Eu também tenho uma rotina puxada, mas é sério, a gente precisa aproveitar as coisas pequenas. Elas são valiosas. A vinda não te que ser sempre dura." (página 91)

 "Sol em Júpiter", meu primeiro contato com a escrita da Lola, foi uma leitura que me agradou da primeira à última página! Dei muitas gargalhadas ao longo dos capítulos, mas também me emocionei em determinado momento. A ambientação em Florianópolis foi um acerto. É interessante a colocação dos signos e das referências ao universo, planetas e constelações. A interação da Sol com sua melhor amiga também é um destaque. Os problemas que a Sol tem com o vizinho que sempre faz barulho em horas inadequadas são mais um ponto que, além de gerar risadas, trazem aquela identificação, pois se você nunca teve um vizinho irritante, com certeza corre o risco de ter um dia!

 "- Você acredita nisso?
 - É claro que sim, Júpiter! Quando leio a descrição de escorpião, parece que estou lendo um texto sobre mim. É muito louco!" (página 139, acontece o mesmo comigo quando leio a descrição de capricórnio)

 Nós temos dois protagonistas que trazem uma fachada que lutaram para construir. Num primeiro momento, Júpiter passa a impressão de ser alguém que sempre tenta ver o lado bom da vida, que não deixa nada abatê-lo, não guarda rancor e perdoa com facilidade. Porém, quando a narração passa a ser feita por ele, a gente descobre tudo o que o rapaz já teve que enfrentar, como precisou abrir mão dos seus sonhos por amor, é tocante! Ao contrário de tantos mocinhos mandões e podres de rico que há por aí, Júpiter tem suas fragilidades (ele tem pressão baixa, e eu confesso que fiquei morrendo de medo de a Lola o colocar com um problema de saúde mais grave, felizmente era só pressão baixa mesmo e eu pude respirar aliviada), e é um daqueles mocinhos apaixonantes que a gente quer pra gente!

 "Então, para não me tornar uma pessoa cheia de rancor, eu tentava desviar o foco das coisas ruins - sempre tão grandiosas - para as boas, ainda que possem pequeninas. Porque, no fim das contas, eram elas que importavam. Um sorriso, um pôr do sol, uma noite estrelada, um mergulho no mar, um abraço...
 Faça o dia bom, Júpiter, eu repetia o tempo todo, para que a mensagem se fixasse e se refletisse nas minhas ações.
 Faça o dia bom." (página 96, momento em que meus olhos se enxeram de lágrimas)

 Sol sofreu bullying na escola, foi vítima de algo pesado, que desencadeou até síndrome do pânico. Ela encontrou nos vídeos uma válvula de escape, uma forma de botar para fora um pouco do que sentia. E com o trabalho em seu canal, acabou ajudando outras pessoas também, coisa que já vi acontecer na vida real. A obra retrata de forma verdadeira como as redes sociais não mostram a realidade da vida de alguém, apenas os melhores momentos, o que muitas vezes gera uma certa imposição para o dono de um perfil ter que mostrar algo que ele não é para agradar e manter os seguidores que se espelham nessa "vida editada".

 "Quer dizer, se existia uma coisa que mamãe tinha me ensinado muito bem era que homens não deveriam ser nossos donos. 'Não deixe de viver sua vida por ninguém, Sol', dizia ela vez ou outra, sempre me olhando intensamente, 'porque o amor é incrível até acabar. Depois, todas as coisas feias que jogamos para baixo do tapete vêm à tona de uma só vez.' André não seria meu dono. Ele precisava confiar em mim." (página 143, sábio conselho da mãe da Sol)

Sol-em-Júpiter, Lola-Salgado, Harlequin
Sol-em-Júpiter, Lola-Salgado, Harlequin

 Com uma escrita fluida, personagens interessantes e temas atuais, "Sol em Júpiter" é um livro nacional que gostei muito e que recomendo. Tem humor, diversão, romance, além de assuntos importantes. Tudo isso numa edição linda da Harlequin, com uma capa feita pela talentosa Marina Ávila, boa revisão, páginas amareladas, detalhes no início dos capítulos, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho. E vocês, gostaram da resenha? Já leram ou querem ler "Sol em Júpiter"?

 Detalhes: 256 páginas, ISBN-13: 9788595082298, Skoob, acompanhe a autora no Facebook. Clique e compre online na Amazon (e-book e físico):

 * Clique aqui e participe dos sorteios de livros que estão rolando no blog.

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

33 comentários

  1. Olá Maria! Li muitas resenhas desse livro e todas foram muito elogiosas. Acho que a trama e atual, e a seu modo e pra quem gosta deste mundo virtual, é bacana. A premissa é interessante, com a garota que é youtuber e com a rotina dela nesse mundo, com os relacionamentos e o modo como ela reage. A edição é mesmo muito linda!

    Bjoxx ~ Stalker Literária

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa com essa história, achei a descrição do mocinho bem interessante e feliz por ter um tom divertido, eu amo histórias divertidas e assim vou incluir mais esse livro nos desejados. A critica social ao fato de que a vida nem sempre é como apresentada nas redes sociais também é bem bacana. Então, quero sim ler esse livro mais a frente ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Este livro está aqui na minha pequena pilha esperando e nossa agora pela sua resenha me empolguei! Não sabia que era um livro divertido. Com toda certeza acho que vou gostar. Ótima resenha.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  4. Eu estou um pouco dividida com esse livro, alguns pontos dele parece que me desagradariam bastante, mas eu tenho curiosidade em outros. Gostei da sua resenha e também de poder conhecer mais sobre a obra, mas ainda não me senti atraída para comprar e ler

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Tudo bom?
    Achei bem interessante o tema abordado, pois infelizmente muita gente só posta maravilhas nas redes sociais, mas na maioria das vezes esta fingindo ou pedindo algum tipo de socorro. Billings também é um tema forte, pois varias pessoas se matam por causa disso, enfim, tenho que ler esse livro é principalmente conhecer esse casal.
    Parabéns pela excelente resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Maria, sua linda, tudo bem?
    Gostei muito que a autora falou sobre a realidade que não é retratada nos vídeos. E com isso ensinando uma linda lição. Acho importante cada vez mais discutirmos sobre bullying, isso precisa acabar. Vou colocar na minha lista. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá! Desde que vi um filme nacional com o tema de youtuber, eu comecei a quebrar um pouco do preconceito que tinha sobre esse tipo de história (escrita por eles e com protagonistas como eles). E que bom que fiz isso! Pois tem algumas histórias com esse tema e são bem legais. Esse livro parece ser uma delas. A premissa me encantou logo de cara e eu já estou anotando aqui para poder ler.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Ahhh como eu sou chata, menina gosto muito do capricho da edição, mas não tenho interesse algum para ler. A trama não me chama atenção, mesmo tratando de assuntos importantes como mencionou e olha, devo te confessar, não li nenhum comentário negativo sobre a obra. Acho que sou chata mesmo, desculpe.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Maria, eu já tinha visto este livro por aí e gostei muito do tema abordado, achei bem atual a personagem ser youtuber e adoro personagens fofos como o Júpiter, normalmente as pessoas que carregam um sorriso sempre no rosto já passaram por muita coisa. Eu quero ler, assim que possível, dica anotada.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Não conhecia o livro, a autora e nem a editora. Então esse post me trouxe muitas novidades boas! Gostei do enredo do livro. Deu a impressão que mesmo parecendo ser um romance leve, trata de assuntos pesados e necessários da maneira certa, e isso me agrada e instiga muito. Deu vontade de conhecer a Sol e o Júpiter.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  11. Achei a capa e a diagramação desse livro a coisa mais linda.
    Não conheço a autora, mas gostei do enredo e fiquei com vontade de ler e ver como foi abordado tais temas.. <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  12. Olá eu quero muito ler algo dessa autora e esse livro me parece ser daqueles fáceis de ler e eu amo livros assim dica anotada

    ResponderExcluir
  13. Oi Maria,
    Eu pensava que esse livro era verídico, sobre a história de uma youtuber. Outro dia, lendo uma resenha é que descobri que é uma história de ficção. Que bom que gostou e que o livro é divertido e ainda retrata temas importantes. Está na minha lista.
    Bjs.
    Pri.
    http://nastuaspaginas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Sua resenha está ótima, realmente parece ser um bom livro. Mas ainda não consegui me interessar em lê-lo, mas sei quem gostaria. Vou indicar seu post.
    Até mais

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Esse livro tem me perseguido e acho que vou acabar me rendendo essa leitura. Não só tenho lido muitas resenhas sobre ele, como outro dia entrei uma livraria em que ele era destaque e uma amiga veio me falar de um livro que eu deveria ler e advinha? Era esse kkkkk.
    Enfim, se eu ainda tivesse alguma dúvida sobre ler ou não, sua resenha iria me convencer. Parece ser uma leitura bem leve e divertida, mas com personagens bem construídos e que traz temas importantes.
    Adorei sua resenha e a dica de leitura já está anotada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Estou lendo muitas resenhas positivas deste livro, e acabei mudando minha opinião, pois inicialmente não tinha muito interesse em ler.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Adoro a premissa desse livro e tenho a ideia de que ele é muito rápido de ler, mas não tive oportunidade ainda. Gostei muito das suas impressões e o que mais me agradou foi a forma como o livro parece se desenvolver. Acho que tendo a gostar muito da obra.
    Vou tentar ler logo esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Até agora não vi ninguém pensar como eu sobre essa história.kkkkkkk... Eu não a achei isso tudo. Pelo contrário: vi a Sol como uma mocinha bastante superficial, vazia e suas conversas com a melhor amiga extremamente infantis, ao ponto de serem os piores momentos do livro para mim.

    Só concordamos em relação ao Júpiter. :D Eu também o quis para mim!kkkkk... O Júpiter é que tinha de real no livro, de perfeito. Eu queria que a história tivesse sido inteira narrada por ele, pois aí sim eu teria amado. É por ele que digo que a leitura valeu a pena, apesar de todos os pontos negativos. Ele é o que me faz pensar no livro com um sorriso. Queria muito mais do Júpiter!rs

    ResponderExcluir
  19. Só escuto elogios sobre a história mas confesso que não é um livro que eu me vejo lendo, até porque vejo algumas opiniões bem diversas sobre, mas nada contra, quem sabe um dia eu dê a chance não é?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Maria! Sua resenha foi bem positiva. Já li algumas opiniões divergentes, principalmente em relação à Sol. A sua resenha foi bem positiva, aumentou minha curiosidade em relação ao Júpiter, principalmente. Não está no top da minha wishlist, mas pretendo ler um dia.
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  21. Oii! Nossa, parece ser uma história linda, emocionante e reflexiva. Gostei de saber que a obra possui a perspectiva dos dois personagens, eu não conhecia a escrita dessa autora, mas a sua resenha me deixou curiosa para conferi-la. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  22. Oie, tudo bom?
    Ahhh, eu adoro quando o título do livro já faz sentido com a história assim, e amei ser o nome dos personagens. Fiquei encantada com o enredo, parece ser algo leve e gostoso de se ler!

    ResponderExcluir
  23. Olá, só tinha visto o livro nas livrarias mas não sabia nada sobre.. gostei de saber mais sobte ele atraves da sua resenha, parece uma leitura otima e gostosa de se ter e ainda é nacional 💕 já quero haha a dica esta mais que anotada e sua resenha mais que favoritada pois esta otima!

    Beijos,

    ResponderExcluir
  24. Eu adorei esse livro. Achei a Sol tão humana e o Júpiter tão normal, que não tinha como não me sentir representada ou enxergar as amigas na posição dos personagens. Amei muito a leitura e espero ler mais coisas da autora.
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Oie!
    Eu adoro histórias assim, onde traz uma narrativa incrível com uma trama com temas atuais, com certeza fiquei bem curiosa para ler.
    Adorei a capa escolhida pela editora, e será uma leitura que vou ler bem rapidinho.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Já vi sobre esse livro e gostei da ambientação. Interessante de mesmo ter personagens jovens aborda temas importantes, mas sem esquecer do romance e de tantos outros elementos cativantes.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  27. Oi.
    Não tinha lido nada sobre o livro ainda e adorei. Realmente ninguém fica postando momentos tristes nas redes sociais, o que dá aquela falsa impressão de que a vida de todo mundo é perfeita, menos a nossa.
    Gostei também do fato de o mocinho ter suas fragilidades, estou cansada dos mocinhos que são lindos, maravilhosos e bons em tudo que fazem.
    Adorei a resenha e fiquei com vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. não conheço a autora e tenha certeza que estou anotando sua recomendação, achei bastante sugestivo o título e conhecendo um pouco mais do enredo, me encantei por aqui.

    ResponderExcluir
  29. Oi, Mari

    Tenho lido boas resenhas a respeito desse livro. Acho a edição a coisa mais linda, mas de tanto ler que tem uma cena erótica muito nada a ver eu meio que fui pegando implicância, sei lá. Mas não deixaria de ler por isso, apenas não é uma prioridade. A Marina Ávila arrasa muito nas capas, adoro o trabalho dela!

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Olá,

    Sinto que já li esse livro de tantas resenhas que tenho acompanhado haha. Achei a premissa desse livro excelente, tenho desejo em fazer essa leitura, mas não agora, por não gostar de ler livros hypados.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Olá! Tudo bom?

    Já li esse livro e confesso que depois de tantas resenhas maravilhosas eu espero mais da obra. Não foi uma leitura ruim, nem perto disso, mas não foi um livro que tenha me apaixonado. Adorei a escrita da Lola, pra mim foi um grande ponto positivo, e o tema abordado de redes sociais e tudo isso foi maravilhoso para mim. Mas fico feliz que gostou, a diagramação da Harlequin se superou demais ♥

    beijos

    ResponderExcluir
  32. Oi,
    eu adorei a experiência que tive com a leitura desse livro. Concordo com você, o Júpiter é aquele mocinho que da vontade de guardar num potinho, me apaixonei completamente por ele. As aventuras e desventuras de Sol também me arrancaram muitas risadas, logo mais vou escrever minha resenha também.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  33. Olá, tudo bem?

    Eu já cheguei a ler algumas resenhas pelo Instagram acerca de Sol em Júpiter, cheguei também a vê-lo na mesa de mais vendidos da Saraiva, mas não sei porque não consegui me identificar a ponto de comprá-lo. Não sei se é pelo nome dos personagens fugirem do padrão, o que acaba me confundindo durante a leitura, não sei ao certo, de verdade...

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo