Resenha: livro “O grande zoológico”, Howard Jacobson

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje, venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o livro “O grande zoológico”, publicado no Brasil pela Editora Bertrand Brasil em 2016.

Resenha, livro, O-grande-zoológico, Howard-Jacobson, bertrand-brasil, opiniao, critica, fotos, trechos, escritor-personagem, capa

 “- É preciso ler um livro para descobrir que você gostaria de não tê-lo lido, e a essa altura já é tarde demais. Mas quer saber? Eu quase nunca me arrependo.” (página 59)

 O livro é narrado por Guy Ableman, um escritor inglês que está desiludido com a profissão. Ele acredita que ninguém mais lê, que o livro de papel perdeu seus apreciadores. Além da falta de leitores, ele está com dificuldades para escrever seu novo livro, pois não sabe ao certo do quê falar. Junte-se a isso a atração que ele sente pela sogra, Poppy.

  Antes de ser um escritor, ele trabalhava na loja de roupas dos pais numa pequena cidade, e certo dia, Poppy e Vanessa entraram no estabelecimento, duas mulheres lindas que poderiam se passar por irmãs, mas eram mãe e filha. Guy acabou se casando com Vanessa e escrevendo livros que foram perdendo espaço com o passar dos anos. Até que ele se vê sem um editor e com uma esposa que talvez consiga terminar seu romance de estreia antes de Guy conseguir decidir sobre o enredo de sua próxima obra. E Poppy, será que percebe o interesse do genro? E será que escrever sobre a fixação pela sogra é uma boa ideia?

 “O impulso de escrever é um impulso para alterar as condições da própria infância. Não no sentido de falsificá-las, mas para fazer do mundo outra coisa que não o buraco negro que ele nos parecia quando éramos crianças. Me mostrem uma criança feliz e consigo imaginar todo tipo de ocupações futuras para ela – no esporte, na política, na moda varejista -, mas nenhuma delas na literatura. Romances nascem do sofrimento, motivo pelo qual os melhores não são sofridos, por mais que o sofrimento faça sucesso. O fato de o romance ter sido escrito prova que o sofrimento foi superado.” (página 99)

 “O grande zoológico” foi um livro que eu quis ler por me interessar por histórias com escritores como personagens. A leitura estava demorando um pouco para engrenar, mas como na página 18 o autor menciona a escritora Elizabeth Gaskell, autora de Cranford (um dos meus livros favoritos) e Esposas & Filhas, eu considerei isso como um sinal e resolvi persistir na leitura.

 É uma leitura que exige certo tempo, que recomendo para leitores mais adultos, e acredito que quem tiver uma bagagem maior de leituras de clássicos, certamente vai conseguir captar mais das referências a autores clássicos que o narrador faz. Além disso, o autor usa um vocabulário com muitas palavras pouco utilizadas em nosso cotidiano. 

 Guy vai nos contando sua história entre idas e vindas, transitando entre as diversas fases de sua vida, antes do casamento, os primeiros anos de casado e os últimos, antes e depois de perder seu editor, e acho que essa alternância, apesar de poder causar alguma dificuldade na compreensão da linha do tempo da trama, acaba fazendo com que a história, que se passa num período longo de tempo, fiquei mais agradável e interessante de ser lida. Ouso dizer que ele é um narrador não confiável, mas pela narração ser feita em primeira pessoa, só podemos enxergar o que ele nos deixa ver, temos Poppy, Vanessa e os demais personagens apenas pela visão dele, que vai mudando ao longo do tempo e dos capítulos.

 Acredito que quando um autor faz com que o leitor torça pelo personagem, sorria, chore e se surpreenda com o protagonista, então o livro é bom, e sendo assim, “O grande zoológico” é um bom livro, pois diversas vezes me peguei sentindo empatia pelo protagonista. Howard Jacobson escreveu um livro de altos e baixos, de momentos engraçados e outros não muito memoráveis, mas o resultado final, aquele que fica ao chegar na última página e fechar o livro, esse sim é marcante e certamente o escritor Guy Ableman ficará em minha memória por um longo tempo.

Resenha, livro, O-grande-zoológico, Howard-Jacobson, bertrand-brasil, opiniao, critica, fotos, trechos, escritor-personagem, capa
Resenha, livro, O-grande-zoológico, Howard-Jacobson, bertrand-brasil, opiniao, critica, fotos, trechos, escritor-personagem, capa

 Sobre a edição da Bertrand: capa chamativa, boa revisão, páginas amareladas, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho.

 “Experimentar o sucesso quando já se conheceu o fracasso faz a lembrança do fracasso ficar mais amarga a cada novo prêmio ganho. O sucesso é arbitrário e voluntarioso, só o fracasso é a real medida das coisas.” (página 277)

 Detalhes: 350 páginas, ISBN-13: 9788528618495, Skoob. Onde comprar online: Submarino, Americanas.

 Enfim, fica a recomendação para quem gosta de histórias com personagens que são escritores e para quem procura conhecer um pouco mais sobre o mercado editorial. Fica a recomendação também para quem procura leituras voltadas para um público mais adulto e com um toque de humor.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl
5 comentários via Blogger
comentários via Facebook

5 comentários

  1. Olá, Maria.
    Não se gosto disso dele estar interessado na sogra. Isso insinua uma traição e eu não gosto de livros que tenham ela como foco. Mas me pareceu ser um livro bem interessante. Como não sou muito fã dos clássicos, acho que não vou aproveitar muito as referencias hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Amei a resenha, fiquei bem curiosa com vontade de ler esse livro.
    Beijocas.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  3. Oi Maria,
    Acho que vou treinar mais clássicos antes de pegar esse livro para ler, rs.
    Não faz muito meu estilo e vai ser difícil terminá-lo.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tirando a quedinha pela sogra, parece-me ser interessante. Se tiver oportunidade de ler, lerei. No mais, só fico torcendo para realmente seja uma ótima história.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo