Resenha: livro "O menino que perdeu a magia", Celly Borges

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é O menino que perdeu a magia, escrito pela paranaense Celly Borges e publicado pelo Selo Fantas.

Resenha, livro, O menino que perdeu a magia, Celly Borges

 O livro conta a história de Daniel Conrad. Ele era um solitário garoto de nove anos, solitário não porque quisesse, mas porque seus pais não queriam que ele se misturasse com outras crianças. O senhor e a senhora Conrad eram pessoas que só se importavam com o dinheiro e com as aparências, não davam amor ou atenção para o único filho e achavam que coisas como livros, sonhos e amigos eram perda de tempo.

 "Pois, como é sabido, o sonho só pode se tornar real para quem acredita nele. Por isso alguns adultos que não sonham mais chamam a magia do sonho de 'ilusão descabida'." (página 8)

 Foi nessa família sem amor que Daniel cresceu. Na tentativa de agradar seus pais que só o desprezavam e o tratavam de forma cruel, ele se afastava das outras pessoas.

 Até que a família passou por uma reviravolta e eles tiveram que mudar para um outro bairro, bem mais simples. Nesse bairro novo, Daniel pôde experimentar uma vida diferente, onde amizade, fantasia e sonhos eram valorizados. De um lado, ele tinha essa vida nova e cheia de magia, do outro, sua família passando por dificuldades financeiras, qual lado da balança pesaria mais? Qual o impacto disso tudo na vida do garoto?

 O menino que perdeu a magia é um livro para crianças e também para adultos, que entretém e critica um estilo de vida que só pensa nos bens materiais e se esquece de aproveitar as fases da vida. Serve como um alerta para o risco de uma criança viver sem direito de sonhar.

 Foi meu primeiro contato com a escrita da Celly, que também escreve livros "para adultos", mais voltados para o terror. Achei interessante como a autora costurou a trama, fazendo com que ideias e conceitos do começo do livro fossem retomados no decorrer da história, tornando mais clara e forte a mensagem que ela queria passar. É uma leitura rápida, mas que certamente cativará o leitor.

 "Enquanto ninguém dissesse 'não' havia possibilidades, pelo menos em sonho." (página 33)

Resenha, livro, O menino que perdeu a magia, Celly Borges

 O livro é em edição de bolso, super caprichada, com folhas amareladas e ótima diagramação: letras, margens e espaçamento de bom tamanho. Há algumas ilustrações muito bonitas em alguns capítulos.

 "Quer dizer, mesmo se acreditarmos nos sonhos, um dia nos tornamos adultos, é natural, mas o que nos diferencia é que quem acredita e tem sonhos vive feliz, vendo o fantástico acontecer diante dos seus olhos e acha aquilo normal, mas nunca deixa de perceber essa beleza. Já quem não acredita nunca vê nada além do concreto - e não falo somente das construções feias, que invadem a Natureza, mas de qualquer bem material que a pessoa se veja presa a ele e nunca consiga deixá-lo por um tempo para fazer algo agradável, como ver o pôr do sol numa bela praia." (página 101)

 Detalhes: 128 páginas, ano: 2014, Skoob (média de notas: 4/5, minha nota: 4/5), blog da autora, página no Facebook. Onde compra online: loja da editoraSubmarinoAmericanas.

  Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu O menino que perdeu a magia ou algum outro livro da Celly?

 Participe dos sorteios do blog:

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.
13 comentários via Blogger
comentários via Facebook

13 comentários

  1. Heey!
    Eu ainda não conhecia o livro, mas parece ser bem interessante ^^
    As ilustrações são belíssimas <3
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  2. Oiee, não conhecia o livro, mas gostei dele saber aquele tipo de leitura feita para adultos e crianças.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oi querida
    Li e adorei também!
    Muito legal seu post
    Bjks mil

    www.blogdaclauo.com

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro porém sua resenha me deixou bem curiosa, espero um dia ter a oportunidade de lê-lo
    Beijos
    http://myself-here1.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor!
    Interessei-me pelo livro! A mensagem é bacana e, pelo que entendi, a linguagem infantojuvenil é agradável, mesmo que a autora tenha mais experiência em escrever para adultos. Não entendi se o livro é nacional ou não. Se for nacional, meu interesse é até maior (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. nunca tinha ouvido falar do livro ou da autora mas achei o enredo muito interessante. Adoro contos/histórias curtas infantis que tragam alguma moral da história ou algo para se refletir... sugestão anotada. Essa capa estrá lindíssima :D

    ResponderExcluir
  7. Oiee
    Achei muito legal a premissa. Parece aqueles livros rapidinhos de se ler. Adorei a capa. Me interessei!
    Bju

    ResponderExcluir
  8. Achei a ideia do livro bem interessante, mas não é muito algo que eu leria no momento. Ainda assim, eu tenho amigos que adorariam esse livro.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Esse livro parece ser daqueles que nos dá uma grande lição de moral, mesmo sendo adultos rs Com certeza eu leria.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  10. Parece um livro fofo. Certamente o lerei se algum dia topar com ele por aí.

    ;*

    ResponderExcluir
  11. Nossa, olhando a capa pensei que fosse uma ficção fantasiosa, mas não, lendo sua resenha percebi que é uma história de descobrimento de um mundo novo, aquele que criamos! Adorei e estou mega interessado nessa obra! Parabéns pela resenha!!

    Abraços e até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, não conhecia o livro, mas gostei da mensagem que ele deve passar, acho importante isso para um livro infantil mas que serve para adultos também.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá! Que livro mais fofo, não tenho nenhum livro edição de bolso, acho que vou comprar esse...amei mesmo, a diagramação dele está belíssima!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo