domingo, 6 de agosto de 2017

Mini-resenha: livro "Meu maior presente", Mila Wander

 Olá pessoal, tudo bem? Como vocês gostaram da anterior, hoje trago mais uma mini-resenha. Relembrando: as mini-resenhas são pequenos posts sobre livros bons que li, mas que por algum motivo não resenhei: por ter lido no Wattpad, em e-book, emprestado ou por não ser possível adquiri-lo/encontrá-lo mais  (convenhamos que, por exemplo, eu estaria sendo muito má ao resenhar um livro e deixar vocês curiosos para lê-lo e simplesmente não ser possível mais encontrá-lo por ter sido retirado do Wattpad ou a edição estar esgotada). O livro de hoje é "Meu maior presente", escrito pela Mila Wander, já publicado no Wattpad, em e-book na Amazon, e finalmente lançado em formato impresso pelo selo Essência da editora Planeta em 2017.

resenha, livro, Meu-maior-presente, Mila-Wander, resenha, opiniao, critica, capa, romance, livro-polemico

 Em "Meu maior presente", conheceremos o Lucas. Seu maior desejo foi realizado quando ele tinha nove anos e foi adotado, ganhando uma família, o que havia sido seu pedido para o Papai Noel naquele Natal. Junto com pai e mãe, ele ganhou uma irmãzinha, a Mel, que nasceu depois de sua adoção. Lucas não poderia ser mais feliz.

 Porém, o tempo passou e a Mel cresceu, se tornado uma adolescente. E entre os dois, surgiu uma atração. Lucas tentou fugir de todas as formas. Mas como lutar contra esse amor proibido se isso só trazia mais sofrimento para os dois?

 "Meu maior presente" proporciona uma reflexão bem interessante. Mel e Lucas não são irmãos de sangue, por isso, tecnicamente, não seria um incesto. Por outro lado, especialmente para o pai deles, ele nunca viu diferença entre seu filho adotivo e sua filha biológica, os dois eram filhos dele, amados da mesma forma. Como lidar com seus dois filhos apaixonados um pelo outro? Quanto à mãe, ela era uma pessoa excepcional.

 Fica muito visível durante a leitura o quanto o Lucas foi impactado pelo fato de ter ido parar num orfanato e ter passado tantos anos sem pai e mãe, sem uma família. Na vida adulta, ele colocava essa família acima de tudo, e de forma nenhuma queria magoar aqueles que lhe deram tudo o que sempre quis. Sobre a Mel, desde muito cedo, ela procurava ser como o irmão dela queria que fosse, sempre querendo agrá-lo, o que acabaria distanciando ela de quem realmente era.

 Esse não foi meu primeiro contato com a escrita da autora. Dela, eu já havia lido "Despedida de Solteira" na versão do Caleb, que ainda não resenhei por querer ler a versão da Amande, que vem antes. Também não foi o primeiro livro que li com essa temática, inclusive já li um onde a situação era bem mais complicada para os protagonistas (mas não vou dizer qual é por ter um certo spoiler, mas se alguém quiser saber, já adianto que tem a palavra "príncipe" no nome). Pelo fato de o livro que já havia lido dela ser bem hot, e por essa capa com esse homem sem camisa, eu esperava que "Meu maior presente" também tivesse mais cenas quentes, porém, o que encontrei foi um livro mais carregado para o lado do drama.

 O livro causa empatia, ou seja, a gente compreende a situação pela qual os protagonistas estão passando e pensa sobre como poderiam solucionar esse conflito. Acho que isso se deve, em parte, pelo fato de a autora nos mostrar como aquele amor que era de irmãos foi se modificando com o passar dos anos, não deixando de ter uma parte fraterna, mas se tornando uma paixão, uma necessidade de proximidade, de contato.

 A Mila Wander é uma das autoras de sucesso da atualidade, por sua boa escrita e histórias interessantes. "Meu maior presente" traz uma temática polêmica, mas foi uma trama bem trabalhada e por isso eu recomendo a leitura.

 Detalhes (da edição da Essência): 352 páginas, ISBN-13: 9788542210200, Skoob. Onde comprar online: Saraiva (use o cupom livro10 para ganhar 10% de desconto).

 Por hoje é só, essa não é uma resenha muito aprofundada, mas espero que tenham curtido a indicação de leitura. Me contem: já leram obras com essa temática, já leram algum livro da autora, me recomendam algum?



Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

18 comentários:

  1. Mari!
    Gostei de ver esse enredo, onde os irmãos de consideração, vão vendo seus sentimentos um pelo outro sendo modificado e se transformando um algo mais sério e permanente.
    Deve ser uma ótima leitura.
    Desejo uma ótima semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Mari,também imaginei que esse livro fosse bem picante. Agora que lendo a sua resenha,percebi que estava bem enganada.

    Essas histórias de amores impossíveis ,sempre agradam muito. Tanto que vamos lendo para descobrir como será o desfecho.
    Bem,a sorte é que os personagens não são irmãos de sangue. Acredito que fique mais fácil de contornar essa situação.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Eu finalizei esse livro há poucos dias e gostei muito. A autora escreve muito bem e eu adoro a forma como tudo fica mais envolvente. |Compreendo bem a respeito dessa reflexão ao qual você comenta, impossível não pensar sobre esse tipo de ligação né?! É bem complexo na verdade..
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Gostei tanto da temática que já compartilhei o link da resenha com um grupo de leitura do WhatsApp. Fiquei muito interessada em ler. Deve ser difícil mesmo a situação é quero saber mais sobre isso e como terminou. Obrigada pela resenha.
    www.praxeliteraria.com.br beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Confesso que não sabia que a história trazia uma trama polêmica, espero gostar da leitura. Eu já li um outro livro da autora, onde não gostei muito da história, mas tenho que dizer que a narrativa da autora é muito boa.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Olá...
    Adorei sua resenha! Confesso que gostei desse modelo mais resumido, pois, não fica nada estendido e sem spoiler rsrs...
    Venho lendo excelentes comentários sobre essa obra e , mesmo não fazendo muito o meu estilo, estou louca para ler!
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem? Gostei da resenha! Queria mesmo saber mais sobre o livro. Nunca li nada da autora mas tenho curiosidade. Essa premissa é mesmo mais polêmica! Mas adoro um bom romance, então darei uma chance. Espero gostar também :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi. :)
    Estou louca nesse livro, sua resenha só me deixou ainda mais curiosa pra ler.
    A capa é fofa, a premissa é interessante... nunca li nada dessa autora, mas tenho o livro O Safado do 105, que ainda não li rs.
    Sua resenha ficou ótima, parabéns.
    O Top Comentarista tá sensacional hein? Dois Mundos ficou entre uma das melhores leitoras desse ano, pra quem curte fantasia é uma pedida excelente.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  9. Oiee Mari ^^
    Eu tenho alguns livros da Mila aqui, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum :/ já tinha visto resenhas de "Meu maior presente" antes, e é uma premissa que me chama a atenção. Saber que você gostou da forma como a autora abordou o tema e desenvolveu a história me deixou ainda mais animada ♥
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mari!
    Eu sempre fico com o pé atrás quando vejo livros com essa premissa por ter medo com a forma com que os autores lidam com o tema, mas sua resenha me deixou bastante traquila quando ao Meu Maior Presente. Já tinha ouvido falar da história, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha a respeito. Acho a escrita da Mia bastante fluida e, pelo o que você falou, mesmo com a carga mais dramática o ritmo fluiu bem - o que me faz querer ler haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Tenho visto muitas pessoas falando sobre esse livro, mas confesso que não sabia muito bem sobre o que era. Achei a premissa bastante interessante e é um tema bem complicado. Fico feliz de saber que a autora soube trabalhar bem o assunto e despertar a empatia do leitor. Além disso, eu fiquei bastante satisfeita de saber que é um livro que pende para o drama do que para um romance erótico. Mesmo sem conhecer outros livros da autora, eu jurava que era um livro mais hot, por causa da capa.
    Adorei sua resenha e fiquei bastante curiosa para ler este livro. Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Gostei muito da sua resenha e da oportunidade de conhecer esse livro por aqui. É claro que eu já conhecia a autora, mas esse livro em especial eu não conhecia. Gostei da trama e tenho certeza que eu gostaria do livro caso eu o lesse. Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem?
    Que história fora do comum né? Essa coisa de irmãos se apaixonarem, mesmo não sendo biológicos e tal, me lembro que vi um filme brasileiro que é quase isso, a diferença é que os irmãos são apenas por parte de mãe, e os dois se apaixonam e ficam juntos.
    Adorei a resenha, parabéns.
    Beijocas <3

    ResponderExcluir
  14. Olá!!
    Nunca li nada com essa temática, mas fiquei meio confusa, não só pelo fato do suposto incesto, mas pela questão de que quando ela fica adolescente, o irmão já era adulto, já deveria ter uma vida bem diferente, sei lá. Afinal, são 9 anos de diferença. E isso, na adolescência dela, representa uma fase muito diferente da vida dele, não??
    Enfim, esse detalhe me chamou mais a atenção do que o sentimento que surgiu entre os dois. Despertou minha curiosidade sim!! hehehe
    Vou procurar mais sobre ele.
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Nunca li nada desse tipo por realmente não saber minha posição sobre esse assunto. Apoio todas as formas de amor, mas entre irmãos? Tudo bem não serem biológicos, mas mesmo assim... É bem estranho, na minha opnião. Acredito que não leria, mas adorei a resenha! Ou, mini resenha. Haha

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Estou bem curiosa para ler esse livro, pois tenho lido resenhas extremamente positivas. Eu tenho um pouco de receio de ler esse livro, pois essa questão dos irmãos é um pouco complicada na minha mente, mas acho que é uma leitura que vale à pena e vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Ahh! Obrigada pela mini-resenha! Heheheh Adorei! Fico feliz que tenha curtido a leitura a ponto de recomendá-la!
    Mais uma vez, obrigada!
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  18. Já tinha ouvido falar do livro, mas os detalhes sobre o enredo só conheci agora. Não sei se eu me interessaria pelo livro, não é um tema que me agrade. Pode ser preconceito sim, mas enfim...

    http://notasmentaisparaumdiaqualquer.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados