segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Vídeo: leituras de setembro

 Olá pessoal, tudo bem? Estou colocando em dia os vídeos de recebidos e de leituras, já estavam gravados há algum tempo mas por causa da faculdade faltava fazer o upload e editar. Confiram as minhas leituras de setembro:



 Me contem: já leram ou querem ler algum dos livros citados? Cliquem aqui e se inscrevam no canal.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Sorteio de final de ano em parceria com o Pipoca Radioativa: 21 livros para 2 ganhadores

 Olá pessoal, tudo bem? O Pipoca Radioativa, em parceria com a editora DarkSide e outros blogs, entre eles, o Pétalas de Liberdade, organizou um sorteio para terminarmos bem 2016 e começarmos 2017 melhor ainda. Vejam como participar:

 "O ano de 2016 passou tão rápido que quase nem percebemos e como todo final de ano é motivo para celebração do novo ano que vem aí, o Pipoca Radioativa se uniu com diversos sites amigos e a Editora DarkSide Books para premiar dois sortudos com 22 livros diferentes, além de marcadores diversos. E pra participar é muito simples, confira os livros selecionados para a premiação e o regulamento!
sorteio, livros, darkside

Editora Darkside Books - De Volta Para o Futuro: Nos Bastidores da Trilogia (Caseen Gaines)
Pipoca Radioativa - Laranja Mecânica (Anthony Burgess)
Livros Encantos - Melhor que Chocolate (Laura Florand) e Marcadores
Blog Vanessa Sueroz - Vinte Garotos no Verão (Sarah Ockler)
Lendo e Apreciando - As Moedas do Reino (Hellen Silva) *Livro Autografado*
Lost Girly Girl - O Melhor de Mim (Nicholas Sparks)
Every Little Book - Runner: A Perseguição (Patrick Lee) e Marcadores
Interrupted Dreamer - Caminhos Infernais (Larissa Sposito) e Marcadores
Peregrinos da Noite - A Casa dos Macacos (Sara Gruen) e Marcadores
Histórias sem Fim - Lucida (Ron Bass)
Tudo que Motiva - O Pequeno Príncipe (Edição em Inglês)
Livro Lab - As Gêmeas (Saskia Sarginson) e Marcadores
Saleta de Leitura - O Encantador de Flechas (Renan Carvalho)
Leitora Compulsiva - Marcados Para Sempre (Helena Hunting)
Pétalas de Liberdade - O Enigma da Fazenda (Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho)
Livros de Elite - Preciso do seu Amor (Bella Andre)
Pensando em Ler - A Fila (Ana Esterque) e Marcadores
Pensamentos e Opiniões - Meu Erro Predileto (Gisele Tavares) *Livro Autografado* e Marcadores
Minhas Escrituras - Caixa de Pássaros (Josh Malerman) e Marcadores
Resenhando Sonhos - The Originals: A Perda (Julia Plec)
Leituras da Mary - Man Repeller (Leandra Medine) e Marcadores

a Rafflecopter giveaway

Atenção: se o formulário não estiver aparecendo, acesse-o clicando aqui.

Regulamento:
- O primeiro sorteado terá o direito de escolher 12 livros dos disponibilizados e o segundo ganhador ficará com os outros 09 restantes.
- A promoção se inicia no dia 02/12 encerrando no dia 02/01. Os sorteios ocorrerão no dia 03/01.
- Os ganhadores terão até 72 horas para retornar o contato do Pipoca Radioativa que irá solicitar dados de envio. Caso não haja resposta dentro do período, será feito um novo sorteio.
- É necessário que os ganhadores tenham um endereço de entrega em território brasileiro.
- Cada blog/site/editora é responsável pelo envio do seu respectivo prêmio, ou seja, os prêmios chegarão individualmente e em prazos diferentes.
- Não nos responsabilizamos por problemas com a entrega do prêmio de nenhum dos blogs/sites e editoras participantes.
- O prazo de envio dos prêmios será de até 30 dias após a confirmação do endereço dos ganhadores.
- O resultado será divulgado nesse mesmo post em até 5 dias após o término das inscrições.
- Cada participante precisa cumprir as regras obrigatórias do formulário (curtir as páginas do Facebook). Cumprir alternativas extras do formulário fica a critério do participante, mas são mais chances de ganhar.
- Não serão aceitos perfis fakes em qualquer uma das redes sociais participantes, podendo haver desclassificação do participante que o fizer.

Boa Sorte a todos!"


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Sorteio de fim de ano em parceria com a escritora Gislaine Oliveira: 2 kits de livros e marcadores

 Olá pessoal, hoje tem um sorteio super especial para os leitores do blog!

 Parceria só é boa quando todos saem ganhando não é mesmo? Autores, blogueiros e claro, os leitores. Pensando nisso, a autora Gislaine Oliveira se juntou aos seus parceiros blogueiros e juntos, estão promovendo esse super sorteio neste finalzinho de ano. Afinal 2016 foi um ano tão complicado, não foi? Então por que não encerrar com coisa boa? Que para nós, leitores, significa livros, não é mesmo? 


Então vamos conhecer as regras para que todos possam participar? 

Regras: 
*Ter endereço de entrega no Brasil; 
*A única regra obrigatória do formulário é deixar um e-mail para contato. Todas as outras são opcionais, mas quanto mais regras forem seguidas, mais chances extras você terá; 
*Na opção "visitar o facebook" é preciso curtir a página, caso contrário, a entrada não será validada; 
*O sorteio inicia no dia 01-12-2016 e encerra no dia 31-12-2016; 
*Serão dois ganhadores: um para cada kit. Você pode se inscrever nos dois formulários, mas só poderá ser o ganhador de um deles. Caso o ganhador se repita, haverá novo sorteio; 
*O ganhador receberá um e-mail informando sobre o resultado e terá até 72h para responder o contato. Caso contrário, um novo sorteio será realizado; 
*O prêmio será enviado pela autora em até 90 dias após o resultado do sorteio; 
*Não nos responsabilizamos por perdas ou danos causados pelo correio ou devido endereço incorreto. 


a Rafflecopter giveaway



a Rafflecopter giveaway

 Boa sorte!


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

sábado, 26 de novembro de 2016

Resenha: livro “A casa do escritor”, Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho (ditado pelo espírito Patrícia)

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o livro “A casa do escritor”, ditado pelo espírito Patrícia à médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho e publicado pela Editora Petit.

Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica

 “Não conseguimos compreender que as dificuldades, quando não criadas por nós mesmos, são por via de regra instrumentos da natureza que não nos deixam cair na inatividade, pois a monotonia é a própria morte. A natureza é a vida que se renova incessantemente.” (página 14)

 Eu leio tudo o que cai na minha mão sobre o processo de escrita, e quando vi que havia um livro que mostrava como era esse processo na literatura espírita, não hesitei em ler “A casa do escritor”. Porém, acabei não reparando que o livro faz parte de uma série, que começou com “Violetas na janela” (acho que todo mundo já deve ter ouvido falar desse livro) e continuou com “Vivendo no mundo dos espíritos”.

 Em “A casa do escritor”, o espírito Patrícia, que morreu/desencarnou ainda jovem, nos conta sobre como foi o processo de aprendizagem para se tornar uma escritora de livros espíritas, na verdade, uma coautora, já que ela dita seus livros para um escritor encarnado. Eu tinha curiosidade de saber como acontecia essa interação entre o espírito e o escritor, e após a leitura essa curiosidade foi sanada em partes. No livro, Patrícia relata que há uma espécie de escola com cursos para ser escritor, além de contar histórias de espíritos com os quais encontrou enquanto fazia um dos cursos e falar sobre as belezas do mundo dos espíritos.

 Como eu já li alguns outros livros espíritas, apesar de não ter lido os volumes anteriores da série, conhecia certos termos (por exemplo: volitar), mas creio que quem nunca leu nada do gênero pode encontrar dificuldade de compreender algumas partes se começar logo por “A casa do escritor”. Para mim, que não sou espírita, foi interessante ler as crenças do espiritismo e refletir sobre elas comparando com o que eu acredito.

 “Como num acender de luzes, compreendi que a alegria perene não pode estar ligada a pessoas ou coisas. Não pode depender de estímulo nenhum para que aconteça. É um estado de ser em ventura, sem limites, por saber compreender. É viver a vida pela vida e não para ganhar alguma coisa ou atingir um fim.” (página 14)

Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica,sinopse
Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica, diagramação

 Sobre a parte visual: capa bonita, páginas brancas mas com as bordas cor de rosa; letras, margens e espaçamento de bom tamanho e ótima revisão.

 Detalhes: 248 páginas, Skoob. Onde comprar online: loja da editora.

 Fica a sugestão para quem gosta de obras do gênero.


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Resenha: conto “Ligéia”, Edgar Allan Poe #12mesesdePoe

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje, venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o penúltimo conto do desafio literário 12 meses de Poe. Em novembro, lemos "Ligéia", que acredito ser um dos maiores contos do desafio, com 10 páginas.

Ligéia, Poe
Skoob
 Inicialmente, me pareceu um conto bastante descritivo, com uma linguagem bem trabalhada e com muitas expressões pouco utilizadas nos dias de hoje. Conforme ia vendo o narrador sem nome contando sobre as qualidades de sua primeira esposa, Ligéia, minha curiosidade com o que de sobrenatural ou espantoso aconteceria (afinal, alguma coisa tinha que acontecer, levando-se em conta o que já li do autor!) ia aumentando. Até que aconteceu!

 Nas últimas páginas, tive certeza que não sou uma leitora medrosa e que posso me arriscar a ler livros de terror, pois se fosse, não teria chegado ao final. Procurando uma resposta racional, o que aconteceu com Ligéia e com Lady Rowena até poderia ser, em parte, fruto da mente delirante do narrador que usava ópio; se não levarmos isso em conta, chegando ao final da leitura, o que fica é um sentimento de “O que foi isso que aconteceu? Como assim?”, além de um queixo caído. Assustadoramente surpreendente!

 Leiam “Ligéia” se forem corajosos. Uma história bem trabalhada, apesar das palavras rebuscadas e de bastante descrição, mas que surpreende com o choque que o narrador-personagem e o leitor experimentam nas páginas finais.


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Resenha: livro “Sem limites para o prazer”, JC Ponzi

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje, venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o livro “Sem limites para o prazer”, escrito pela JC Ponzi e publicado em 2016 pela Ler Editorial.

Resenha, livro, Sem-limites-para-o-prazer, JCPonzi, Ler-Editorial, critica, opiniao, trecho, fotos, capa, hot

 Jessica Becker é uma garota de dezessete anos, filha de pais separados (o pai é um empresário que vive viajando com sua nova esposa e a mãe passa longos períodos em clínicas de reabilitação por causa de seu vício em drogas). Rica e linda, ela tem uma reputação impecável na MVA, escola onde cursa o último ano de high school, mas Jéssica vive uma vida dupla, sua verdadeira face não pode ser descoberta se ela quiser conseguir uma vaga na faculdade dos sonhos.

 Longe dos olhos da sociedade, Jéssica usa drogas, faz sexo com seu irmão postiço (o filho da madrasta, sua única companhia na mansão onde ela mora) que é namorado de uma de suas amigas e, acima de tudo, Jéssica planeja conseguir se casar com o reitor do colégio onde estuda, George, um homem mais velho que pode lhe dar a segurança que ela almeja, mesmo que para isso ele precise se separar da esposa com quem tem três filhos, e Jéssica vai usar toda as armas de sedução que conhece para conseguir seu objetivo.

 Porém, surge Theodore, filho do reitor, que depois de um ano de intercâmbio na Europa, também vai cursar o último ano na MVA. Com seu jeito de garoto inocente e atrapalhado, ainda que extremamente bonito, uma versão mais jovem do pai, ele demonstra estar apaixonado por ela e Jéssica vacila pela primeira vez em seu plano de ter George para si. Ela tenta usar o filho para fazer ciúmes no pai, mas a aproximação com o novato mudará sua vida de uma maneira inimaginável!

 “Uma parte de mim amaldiçoa o garoto por ser tão perfeito, por saber dizer as palavras exatas nas horas certas, por fazer meu coração disparar contra minhas costelas. Amaldiçoa aquele novato por, sem imaginar, ter sido o primeiro a me tocar... a tocar algum ponto desconhecido – e totalmente dispensável – do meu coração.” (página 117)

 “Sem limites para o prazer” é muito mais que um romance erótico, a história caminha até um ponto em que pode ser considerado um drama. Após o capítulo cinquenta e um, é possível perceber que a autora não está para brincadeiras. Nenhum dos personagens do livro pode ser considerado bonzinho ou modelo de conduta, todos são imperfeitos, e mesmo assim JC Ponzi consegue fazer como que o leitor fique mais curioso a cada capítulo para descobrir qual será o desfecho da trama.

 Eu não quero falar muito para não estragar a surpresa para quem ainda vai ler, mas o que posso dizer é que até mai ou menos a página cem, achamos que a história é uma coisa, mas aí vem uma revelação e o jogo começa de verdade, um jogo de vinganças entre personagens que não aceitam perder, e que irão sofrer consequências muito grandes por suas ações.

 Achei bem interessante o fato de a protagonista ser tão jovem e, aparentemente, ter tudo em termos de bens materiais, mas não ter amor, uma família, alguém que cuide verdadeiramente dela. Jéssica era muito mais rica que George, mas via num casamento com ele a possibilidade de estabilidade, de segurança, ao finalizar a leitura não dá para condená-la, pois é possível perceber que ela era só uma garota tentando achar um caminho em que se sentisse bem, e que pela sua pouca idade, não estaria imune aos ataques de quem tem mais experiência (e não me refiro apenas ao George).

livro-sobre-vingança,Resenha, livro, Sem-limites-para-o-prazer, JCPonzi, Ler-Editorial, critica, opiniao, trecho, fotos, capa, hot
Resenha, livro, Sem-limites-para-o-prazer, JCPonzi, Ler-Editorial, critica, opiniao, trecho, fotos, capa, hot
Resenha, livro, Sem-limites-para-o-prazer, JCPonzi, Ler-Editorial, critica, opiniao, trecho, fotos, capa, hot, diagramação

 Sobre a edição: uma capa linda, título e nome da autora em verniz localizado, imagens e cores super coerentes com a ambientação da trama; boa revisão, páginas amareladas; diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho, aliás, quero destacar o fato de esse livro ter um tipo de letra diferente dos demais livros que eu já li da editora, e confesso que gostaria que a Ler usasse essa fonte em seus outros livros.

 Detalhes: 380 páginas, ISBN-13: 9788568925300, Skoob. Onde comprar online: loja da editoraSaraiva

 Enfim, fica a sugestão para quem procura um bom romance nacional, bem escrito, com personagens interessantes e que realmente não respeitam limites para conseguir o querem. Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha. Me contem: ja conheciam o livro ou a autora?

 Ps.: participem do sorteio de um super kit de livros que está rolando lá no Instagram.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Resenha: livro “A cidade perdida”, Pedro Terrón

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje, venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o livro “A cidade perdida”, primeiro da trilogia “Kalixti: o enigma das sete estrelas”, escrito pelo espanhol Pedro Terrón e publicado no Brasil pela Primavera Editorial em 2010.

Resenha, livro, A-cidade-perdida, Pedro-Terrón, primavera-editorial, kalixti

 “O facho de luz ilumina um tecido amarelado que se destaca entre os restos do fundo. Intrigado, decido enfiar o braço até o fundo. Antes de tocá-lo, sinto um temor repentino, como se temesse a inesperada mordida de algum bicho escondido. Lenta e suavemente, ponho a mão sobre o pano ensopado e levo um senhor susto. Algo lateja lá embaixo, como se tivesse um coração em seu interior! Retiro o braço imediatamente.
 - Que houve? Um caranguejo o mordeu?
 Jorge ri abertamente.
 - Pareceu-me que algo palpitava aí dentro.
 - Palpitar! Sai, sai. Afaste e deixe um expert em meter a mão onde não deve.
 Deixo-o livre para que se assuste por si mesmo.Cada um deve viver suas próprias experiências.” (páginas 90 e 91)

 Na história, conheceremos Runy, morador da cidade de Ibiza (próxima à Espanha). Aos vinte e poucos anos, ele buscava um emprego em que se fixar. Seu novo projeto seria na área do turismo, adquirindo um submarino e adaptando-o para levar turistas ao fundo do mar.

 Com o auxílio dos pais, da esposa e do melhor amigo, o engraçadinho Jorge, o projeto tinha possibilidades de dar certo, mas Runy era atormentado por sonhos, ou melhor dizendo, por pesadelos em que ele via perseguições em épocas passadas. Quase sempre que esse pesadelo acontecia, alguma situação perigosa se apresentava na vida dele. E não seria diferente com o submarino, mas no fundo do mar, Runy faria uma descoberta que lhe traria respostas surpreendentes sobre seus estranhos sonhos, além de novos amigos e o encanto dos olhos mais verdes que ele já havia visto.

 “A cidade perdida” foi um livro interessante para mim pela escolha do autor em colocar um protagonista adulto num livro de ficção fantástica (diferente do que acontece em Harry Potter, por exemplo); a ambientação em Ibiza e no fundo do mar também me interessou num primeiro momento, além do meu interesse natural por ler autores de outros países que não sejam de língua inglesa, no caso, a Espanha.

 A tradução feita pela Primavera Editorial conservou bastante do estilo do autor, com isso, há o uso de diversas palavras pouco usadas em nosso cotidiano, mas é algo que não torna a leitura difícil, permitindo que ela ainda seja fluida.

 A história tem muitos momentos de tensão, daqueles em que o leitor imagina que o protagonista não vai conseguir se salvar, e na medida em que fui lendo, senti medo de que as coisas realmente ficassem ruins para Runy e que ele tivesse que esperar uma reencarnação para conseguir cumprir sua missão. Reencarnação, eis aí o ponto em que o livro toma um rumo que eu não esperava e as partes em que os conceitos sobre a vida além da que vivemos no momento acabam deixando o livro mais monótono. Ou seja, “A cidade perdida” mescla momentos de muita ação e aventura com momentos de reflexão sobre a existência. Há também extraterrestres e lugares míticos, como Atlântida, que fazem parte da trama.

 Eu gostaria que a história tivesse se passado mais nos dias atuais, dando maior destaque a cada personagem (como o Miros Tolsen e o Jorge, por exemplo) e focasse menos nos aprendizados que Runy fez sobre a vida como um todo, ainda assim, foi uma leitura interessante e, após ter lido a sinopse dos dois próximos volumes (já lançados pela editora), me senti motivada a continuar lendo a trilogia e descobrir o que acontecerá com Runy e os demais personagens após o final de “A cidade perdida”; ressalto que o final do primeiro livro é satisfatório, ainda que deixe no leitor a curiosidade para saber o que virá a seguir.

Resenha, livro, A-cidade-perdida, Pedro-Terrón, primavera-editorial, kalixti, opiniao, critica, fotos, capa, trecho, trilogia, escritor-espanhol, ibiza, fantasia, ficção-científica, reencarnação
Resenha, livro, A-cidade-perdida, Pedro-Terrón, primavera-editorial, kalixti, sinopse, continuação
Resenha, livro, A-cidade-perdida, Pedro-Terrón, primavera-editorial, kalixti

 Sobre a edição: acho a capa desse livro muito bonita, tem tudo a ver com a história; há alguns erros de revisão, as páginas são amareladas, a diagramação traz letras, margens e espaçamento de bom tamanho, além de alguns detalhes com ilustrações de estrelas em algumas páginas.

 Detalhes: 321 páginas, ISBN-13: 9788561977061, Skoob. Onde comprar online: loja da editora, Americanas.

 Enfim, fica a sugestão para quem gosta de histórias sobre outras vidas, cheias de aventura, ficção científica e com um toque de romance. Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha. Me contem: ja conheciam o livro ou a autora?

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl