Resenha: livro "Doce Tentação", K. Bromberg

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem. Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Doce Tentação", escrito pela K. Bromberg e publicado no Brasil pela AllBook Editora em 2018.


 "Sem dúvida, o homem que abandonei uma semana antes do nosso casamento não me convidaria para o casamento dele — com outra pessoa — apenas seis meses depois que cancelei o nosso."

 "Foi minha escolha terminar quando poderia ter continuado. Ao perceber que embora Mitch e eu estivéssemos juntos há seis anos, a chama havia se apagado muito antes."

 A história é narrada pelos protagonistas: Saylor Rodgers e Hayes Whitley. Saylor tem vinte e sete anos e está lutando para fazer sua pequena confeitaria em Santa Bárbara, Califórnia, dar certo. Ela abriu o negócio após romper o noivado com Mitch Layton, com quem se relacionou por seis anos. Com praticamente tudo pronto para o casamento, faltando pouco para a data, Saylor percebeu que não dava mais para tentar manter aquele relacionamento. Mitch parecia ser o cara perfeito, com boa situação financeira, mas faltava algo.

Comprinhas no Submarino, leituras no Kindle Unlimited e recebidos da Faro

  Olá, pessoal! Como vocês estão? Hoje, venho falar um pouquinho sobre minhas últimas leituras e mostrar os últimos livros recebidos. Apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:

Resenha: livro "Apenas uma noite", Kendall Ryan

 Olá, pessoal! Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Apenas uma noite", escrito pela Kendall Ryan e publicado em 2019 no Brasil pela AllBook Editora.



 "— Um brinde para as mulheres independentes — eu disse, erguendo minha taça no ar.
 Kate sorriu, arqueando uma sobrancelha de modo brincalhão e inclinando a cabeça.
 — E para os homens seguros o suficiente para deixá-las assim — disse ela, tilintando sua taça na minha."

 A narração dos capítulos é intercalada entre o casal protagonista: Hunter, que era engenheiro civil da prefeitura, e Kate, que escrevia uma coluna semanal de fofoca.

Resenha: livro "Minha Vida (Não Tão) Perfeita", Sophie Kinsella

 Olá, pessoal! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Minha Vida (Não Tão) Perfeita", escrito pela Sophie Kinsella e publicado no Brasil pela Editora Record em 2017.


 "Um dia minha vida vai ser tudo aquilo que eu posto no Instagram. Um dia ela vai ser!"

Resenha: livro "Nunca saia sozinho", Charlie Donlea

  Olá, pessoal! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Nunca saia sozinho", escrito pelo Charlie Donlea e publicado no Brasil em 2020 pela Faro Editorial.

Resenha, livro, Nunca saia sozinho, Charlie Donlea, Faro Editorial

 "-E a história de um jogo sombrio e perigoso que acabou mal, de dois alunos brutalmente assassinados e de um professor acusado. Contudo, na sua essência, essa história também trata dos sobreviventes. Ela é sobre alunos que estão tentando desesperadamente seguir em frente, mas que foram misteriosamente levados de volta para uma noite que não conseguem esquecer." (página 29)

 Peppermill, Indiana. Numa casa abandonada no terreno de um colégio interno, dois alunos foram mortos de forma violenta. O caso parecia resolvido, com um professor sendo apontado como o culpado. Porém, no ano seguinte, colegas das vítimas estavam voltando para a casa abandonada e suicidando-se. O que estava levando-os ao suicídio? Será que os demais alunos escondiam algo sobre a noite de 21 de junho de 2019?

Resenha: livro "Alice no país das Maravilhas", Lewis Carroll

  Olá! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de (re)leitura com o livro "Alice no país das Maravilhas", clássico escrito pelo inglês Lewis Carroll, lido na edição publicada em 2020 pela Faro Editorial, que conta com ilustrações originais de John Tenniel.


 "Deve existir um livro sobre mim, ah, deve existir, sim! E, quando eu crescer, escreverei um, mas já sou grande agora." (página 40)

 É bem provável que vocês já tenham ouvido falar na história de Alice, uma garotinha que resolveu seguir um coelho e acabou indo parar num lugar fantástico, onde conheceu um gato sorridente, um chapeleiro maluco e uma rainha que ordenava "Cortem-lhe a cabeça!" por qualquer motivo.

Resenha: livro "A lista que mudou minha vida", Olivia Beirne

  Olá, pessoal! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "A lista que mudou minha vida", escrito pela Olivia Beirne e publicado no Brasil pela Faro Editorial em 2020.

livro A lista que mudou minha vida, Olivia Beirne


 "- (...) Você tem que ir lá e agarrar a vida com as próprias mãos, Georgie. Estou cansada de te ver deixar o mundo passar pela janela enquanto você fica com a bunda sentada vendo TV." (página 8)

 A narradora é Georgia Miller, uma jovem de 26 anos que mora em Londres e trabalha como designer assistente. Na verdade, ela quase não faz nenhuma atividade realmente relacionada a designer em seu trabalho, pois Bianca, sua chefe, vai se casar em poucos meses e escalou Georgia e Sally, outra funcionária da Lemons Designs, para organizar os preparativos do casamento. O problema é que a criatividade de Bianca não tem limites e ela tem cada ideia mirabolante para a cerimônia, fazendo Georgia passar por alguns perrengues para realizar os pedidos da chefe.

Leituras de agosto e setembro

  Olá, pessoal! Como estão? No post de hoje, venho trazer um resuminho das minhas últimas leituras. Apertem o play para conferir no vídeo, ou continuem lendo:

Resenha: livro "Branca como o leite, vermelha como o sangue", Alessandro D'Avenia

 Olá, pessoal, como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Branca como o leite, vermelha como o sangue", escrito pelo italiano Alessandro D'Avenia e publicado no Brasil pela Editora Bertrand em 2012.

Resenha: livro "Branca como o leite, vermelha como o sangue", Alessandro D'Avenia

 "E assim o ano escolar se apaga como um fogo de artifício. Este ano durou uma vida. Nasci no primeiro dia de aula, cresci e envelheci em apenas duzentos dias."

 O narrador é Leo, um garoto italiano de dezesseis anos, a quem acompanharemos durante todo um ano escolar.

Resenha: livro "O mistério da estrela - Stardust", Neil Gaiman

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem. Na resenha de hoje, venho conversar sobre minha experiência de leitura com o livro "O mistério da estrela - Stardust", escrito pelo Neil Gaiman e publicado em 2017 (no formato e-book) no Brasil pela Editora Rocco.

Resenha: livro "O mistério da estrela - Stardust", Neil Gaiman

 "– (...) Eu imaginava – admitiu ele – que uma estrela caída fosse provavelmente semelhante a um diamante ou a uma pedra. Sem dúvida, não estava esperando que fosse uma dama."

Resenha: livro "Prazeres sombrios", Kresley Cole

 Olá, pessoal, como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Prazeres sombrios", segundo volume da série "Imortais" (cada volume é sobre um casal), escrito pela Kresley Cole e publicado no Brasil pela Editora Valentina em 2018.


 "Kaderin era a assassina mais prolífica de seu coven; tinha dedicado toda a vida a livrar o planeta de vampiros."
 A história é narrada em terceira pessoa e nos apresenta Kaderin, uma Valquíria milenar (valquírias são guerreiras que se alimentam de eletricidade). Apelidada de Coração Gelado, Kaderin não tem sentimentos desde que passou por algo trágico, e seu objetivo nos últimos séculos tem sido exterminar vampiros.

Resenha: livro "Quase Quinze: Quando tudo pode mudar", Lilian Reis

 Olá, pessoal, como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Quase Quinze: Quando tudo pode mudar", escrito pela Lilian Reis e publicado em 2019 pela Mundo Uno Editora.


 "Deus! Será que existia um ser humano mais atrasado e lento do que eu? Depois de tudo que tinha acontecido, não aprendi que mentir só mete a gente em enrascada e roubada e problemas? Afff, lá estava eu entrando numa fria maior ainda!"
 "Quase Quinze" é a continuação de "A Garota de Treze". No primeiro livro, fomos apresentados à Luce, que tinha treze anos e causou a maior confusão ao fingir ter dezesseis e namorar um garoto mais velho. Nesse segundo volume, vamos acompanhar a Luce desde o final do primeiro livro até sua festa de quinze anos.

Resenha: livro "Roube como um artista", Austin Kleon

 Olá, pessoal, como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Roube como um artista", escrito pelo Austin Kleon e publicado no Brasil em 2013 pela Editora Rocco.



 "É como o escritor francês André Gide assinalou: 'Tudo que precisa ser dito já foi dito. Mas, já que ninguém estava ouvindo, é preciso dizer outra vez'.”

 Em vários momentos da vida, já me senti uma pessoa pouco criativa, mas algo que o livro de Austin Kleon nos mostra e que eu venho descobrindo recentemente, é que a criatividade não é apenas um dom que nasce com algumas pessoas, pelo contrário, a criatividade pode ser treinada e aperfeiçoada através da observação do que já existe e através do conhecimento.

Resenha: livro "Fuck Love", Tarryn Fisher

  Olá, pessoal! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "F*ck Love - Louco Amor", escrito pela Tarryn Fisher e publicado no Brasil pela Faro Editorial em 2017.

Fuck-Love, Tarryn-Fisher

Pesadelos, livros e Netflix

  Olá, pessoal! Como vocês estão? Eu confesso que tenho dormido bem mal e vocês vão entender o porquê nesse post! Apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:

Resenha: livro "Quase Rivais", J. Sterling

  Olá, pessoal! Tudo bem? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Quase Rivais", escrito pela J. Sterling e publicado no Brasil pela Faro Editorial em 2020.

Quase-Rivais, livro, Faro-Editorial, J-Sterling, Blog-LIterario-Petalas-de-Liberdade


 "- Só acho que, se você deve odiar alguém com base apenas no sobrenome da pessoa, deve pelos menos conhecer cada um dos motivos. Você percebe que tudo isso está estranhamente próximo de Romeu e Julieta? Vocês dois são até italianos?" (página 15)

 A narração é intercalada entre os protagonistas: James e Julia. Décadas atrás, os bisavós dos dois se desentenderam após uma aposta. Desde então, os Russo e os La Bella se odeiam.

Resenha: livro "Os últimos jovens da Terra: O rei dos pesadelos", Max Brallier e Douglas Holgate

  Olá, pessoal, espero que estejam bem! Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Os últimos jovens da Terra: O rei dos pesadelos", terceiro volume da série 4 Contra o Apocalipse, escrito pelo Max Brallier e ilustrado pelo Douglas Holgate, lançado no Brasil pelo selo MilkShakespeare da Faro Editorial em 2020.

O rei dos pesadelos

 "E enquanto caminhamos para casa, eu penso que a vida é boa. Ou melhor, a vida é perfeita! Mas é claro que, em um mundo pós Apocalipse dos Monstros, a vida nunca é perfeita por muito tempo..." (página 44)"

Meu livro de terror favorito na mybest Brasil


  Olá, pessoal! Como vocês estão? Hoje, venho contar sobre uma ação super legal da qual fiz parte. Fui convidada para participar de um post especial na mybest Brasil sobre livros de Terror e Suspense.

Resenha: livro "Desgrávida", Jenni Hendriks & Ted Caplan

  Olá, pessoal! Como estão? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Desgrávida", escrito pela Jenni Hendriks e pelo Ted Caplan, publicado no Brasil em 2020 pela Faro Editorial.


Livros novos na estante

 Olá, pessoal, como estão? Hoje, venho mostrar alguns livros novos que vieram para a minha estante recentemente. Apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:

 "Quase rivais" da J. Sterling, recebido da parceira Faro Editorial. Amo releituras de clássicos e estou bem curiosa para ver como a autora trabalhou o enredo nas pouco mais de 150 páginas do livro (parece ser uma leitura rápida).

 Sinopse: James é louco por sua vizinha Julia... Julia brilha e se arrepia cada vez que esbarra com James... a combinação seria perfeita se suas famílias não fossem rivais há gerações. E, como se não bastasse, os dois são concorrentes no trabalho. Mas, mesmo com tudo jogando contra, quanto mais tentam resistir, mais forte fica o desejo. James e Julia entendem que precisam se manter afastados. O problema é: como? J. Sterling, autora conhecida por seus romances incríveis, recria em Quase Rivais a maior história de amor de todos os tempos. Neste Romeu e Julieta dos tempos modernos, há alguns detalhes que se repetem, mas o que poderia ser diferente?

 "Os últimos jovens da Terra: O rei dos pesadelos", escrito pelo Max Brallier e ilustrado pelo Douglas Holgate, publicado pelo Selo MilkShakespeare da Faro Editorial. É o terceiro da série 4 Contra o Apocalipse e estou bem animada para conferir as aventuras de Jack e seus amigos nesse volume. Resenhas dos livros anteriores: "Os últimos jovens da Terra", "Os últimos jovens da Terra: A marcha dos Zumbis".

 

 Sinopse: “Terrivelmente divertido! Uma série cheia emoções e risadas ainda maiores.” Jeff Kinney, autor do best-seller Diário de um banana. Confira mais uma aventura dos 4 contra o apocalipse! Depois que o planeta é invadido por monstros e zumbis, Jack se une aos seus colegas para encarar o apocalipse, onde não faltam aventuras e diversão! Neste terceiro livro da série de sucesso da Netflix, Jack e seus três melhores amigos acreditam que são os únicos seres humanos que sobreviveram ao apocalipse dos monstros, mas algo que está prestes a acontecer irá surpreendê-los. Contando com muitas ilustrações, o livro tem sido chamado da mistura perfeita entre Diário de um banana e The walking dead.

 "Vitorianas Macabras" da Darkside, foi um livro que comprei, usando um vale do Qualibest, site onde a gente responde pesquisas, ganha pontos e pode trocar por vale compras. Se você ainda não é cadastrado, cadastre-se aqui: QUALIBEST. Eu amo contos e autoras vitorianas, então estava desejando muito esse livro. Mostrei detalhes da edição no vídeo.

 Sinopse: Macabra é novo selo da DarkSide® Books pronto para trazer à vida obras assustadoras de autoras e autores transgressores e macabros perdidos no tempo. A Era Vitoriana foi um marco na história da Inglaterra e também no mundo. De um lado, o conservadorismo, a repressão e a subserviência. De outro, as transformações científicas, sociais e tecnológicas. Muito se fala sobre os homens que fizeram história naquela época, mas as mulheres também estavam travando suas próprias batalhas, desafiando convenções em nome da independência e da autonomia. Para enaltecer as mulheres ilustres que prestaram uma contribuição formidável à literatura ― e reparar a injustiça histórica que por séculos reverenciou apenas os homens ―, a DarkSide® Books e a Macabra Filmes orgulhosamente apresentam a antologia Vitorianas Macabras. Organizada em parceria com Marcia Heloisa ― doutora em Literatura Comparada na Universidade Federal Fluminense (uff), também responsável pela tradução e já conhecida pelos darksiders por seu exímio trabalho com Bram Stoker e Edgar Allan Poe, na linha Medo Clássico ―, a coletânea apresenta treze histórias escritas por autoras que, assim como nós, foram cativadas pelo medo e por tudo aquilo que é sobrenatural. Verdadeiramente assustadoras, as histórias desta antologia foram ecoadas em contos e romances publicados nos séculos seguintes, uma proeza e influência que apenas as tramas mais poderosas poderiam conseguir. Aqui, o medo se manifesta de diversas maneiras, todas elas terríveis, impressionantes… e difíceis de esquecer. Não vamos contar todos os segredos, mas aqui vai um gostinho do que está por vir: “A Prece”, de Violet Hunt, é uma espécie de avô de Cemitério Maldito; o perturbador “Onde o Fogo Não se Apaga”, de May Sinclair, reproduz a tensão dos slashers com a profundidade do terror psicológico; “O Conto da Velha Ama”, de Elizabeth Gaskell, e “O Mistério do Elevador”, de Louisa Baldwin, apresentam fantasmas memoráveis; já em “A Janela da Biblioteca”, Margaret Oliphant traz um ensaio melancólico sobre o fantasma da solidão. “A voz dessas autoras é única, suas vidas são o verdadeiro assombro diante da grandeza de suas obras até então esquecidas”, afirma Christiano Menezes, diretor editorial da DarkSide®. “Há muito tempo eu não era tocada por textos tão poderosos”, completa Marcia Heloisa. Vitorianas Macabras reúne ainda histórias de Charlotte Brontë, H.D. Everett, Vernon Lee, Rhoda Broughton, Charlotte Riddell, Edith Nesbit, Amelia B. Edwards e Mary Braddon. Essas mulheres, além de serem figuras ilustres do protagonismo feminino, tinham em comum, é claro, o amor pela literatura: passaram a vida escrevendo, transformaram as palavras em seu ofício e tocaram inúmeros leitores com seus escritos. Agora, chegou a sua vez. Chegou a hora da Colheita Macabra A Macabra Filmes e a DarkSide® Books selaram um pacto eterno na quarta-feira de cinzas de 2019, promovendo filmes e seus criadores, apresentando com curadoria e critério os novos nomes do cinema de terror nacional e internacional. A DarkSide® Books agora inaugura o selo Macabra dentro de sua casa editorial, trazendo livros e quadrinhos que vão deixar a sua estante mais trevosa. Para dar início à colheita, a DarkSide® apresenta três títulos: Vitorianas Macabras, uma antologia inédita de vozes femininas da Era Vitoriana em treze contos de gelar a espinha, perfeito para fãs de Lady Killers; Medicina Macabra, uma reunião de casos arrepiantes e constrangedores da medicina; e Antologia Macabra, com histórias de horror e mistério escritas por grandes mestres da literatura dark, como Stephen King e Clive Barker. A fazenda está pronta para cultivar o horror em todas as suas formas.


 Por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Me contem: já leram ou querem ler algum deles?


Teste o Kindle Unlimited gratuitamente por 30 dias ou assine: https://amzn.to/2XuouGa .

Até o próximo post!
Me acompanhe nas redes sociais:

Leituras de julho


  Olá, pessoal, espero que estejam bem. No post de hoje, venho trazer um resuminho  das minhas leituras de julho. Vocês podem apertar o play para conferir no vídeo ou continuar lendo:

 "O mistério da estrela: Stardust" do Neil Gaiman, Editora Rocco, foi a primeira leitura que finalizei no Kindle Unlimited. A história é sobre um jovem que vai em busca de uma estrela cadente para sua amada, e vai acontecer muita coisa nessa sua jornada. A história é mega criativa, mas não foi uma leitura que me prendesse tanto (expliquei melhor no vídeo), gostei mais do filme. 

 "Coisas que ninguém sabe" do Alessandro D'Avenia, Editora Bertrand, também disponível no Kindle Unlimited, era o livro do autor que faltava eu ler para concluir suas obras lançadas no Brasil. É sobre uma garota que precisa enfrentar a escola nova e a saída do pai de casa. Queria muito ter gostado dele como gostei de "O que o inferno não é" do mesmo autor, mas achei que tem muitas reflexões do autor no meio do enredo e acabei não me prendendo tanto.
 

 "A segunda morte de Suellen Rocha" da Cláudia Lemes, Editora Avec, também lido pelo Kindle Unlimited, fez ressurgir o meu prazer de ler. Uma mulher é brutalmente assassinada e o crime pode ter ligação com algo que ela e três amigas viveram vinte anos atrás. A história me prendeu da primeira à última página! Achei incrível como a autora mostrou a amizade das personagens. Confesso que acertei quem era o assassino, mas tinha muito mais envolvido do que eu esperava. 

 "Ligeiramente perigosos" da Mary Balogh, Editora Arqueiro, foi o único livro físico que li. Peguei esse romance de época por estar querendo ler algo mais leve, e fiquei apaixonada pela forma como a autora faz uma espécie de releitura de Orgulho e Preconceito. Ele é o último de uma série, então só vou resenha-lo quando ler e resenhar os anteriores.
 

 "Perfeito pra mim" da Kel Costa foi um e-book que peguei no último dia do mês e gostei muito. A Kel sempre acerta (acho que é o quinto livro dela que leio) e não foi diferente nesse romance hot protagonizado por um cadeirante apaixonante. Está disponível no Kindle Unlimited e tem o físico pela Ler Editorial. 

Teste o Kindle Unlimited gratuitamente por 30 dias ou assine: https://amzn.to/2XuouGa .

Até o próximo post!
Me acompanhe nas redes sociais:

Resenha: livro "O Gato do Futuro", D'aumon

 Olá, pessoal, como estão? Na resenha de hoje, venho indicar, para vocês, "O Gato do Futuro", livro infantil ilustrado lançado na Amazon pelo Hugo Dalmon.

Resenha, livro-infantil-ilustrado, O-Gato-do-Futuro, Hugo-Daumon, Blog-Literario-Petalas-de-Liberdade

Resenha: livro "Perfeita Mulher", Dani Nascimento

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem. Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Perfeita Mulher", escrito pela Dani Nascimento e publicado em 2019.

Resenha, livro, Perfeita-Mulher, Dani-Nascimento, kindle-unlimited, protagonista-trans, blog-literario-petalas-de-liberdade

Tag dos 50%: sobre as leituras do 1° semestre

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem. No post de hoje, venho responder a Tag dos 50%, que consiste em 15 perguntas sobre nossas leituras do 1° semestre. A tag foi criada pelo Victor Almeida do canal Geek Freak e você pode conferir o vídeo dele clicando aqui. Gravei um vídeo com as respostas, e nele falei também sobre as minhas leituras de junho e sobre o saldo da Maratona Literária de Inverno. É só apertar o play para conferir ou continuar lendo:



Conheça "Arrufos: Desavenças de Amor", romance de época da Caroline Salignac

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem! No post de hoje, venho apresentar um lançamento muito especial para vocês: "Arrufos: Desavenças de Amor", escrito pela Caroline Salignac e publicado pelo Selo Reino.

 Quem acompanha o blog deve saber o quanto eu amo romances de época, e "Arrufos" é um romance de época que tem um diferencial: é ambientado no Rio de Janeiro em 1870, no Brasil Imperial.

 Confiram a sinopse:

 Rio de Janeiro, 1870
 Os jovens aristocratas, Cecília Caldas e Jorge Candido, tinha o hábito de fazer apostas, sem se importarem em manipular a vida alheia. Uma nova aposta se formou quando as habilidades de casamenteira de Cecília são questionadas. Ela acreditava ser capaz de fazer Maurício Santiago, o mais carrancudo do grupo de amigos, se casar antes do final do ano, enquanto Jorge acreditava ser impossível.
 Ao concordarem com a aposta, Jorge organizou um baile às avessas e fora de temporada, convidando as famílias mais desfavorecidas e indelicadas da Corte, a fim de fazer com que o amigo evitasse os convites futuros de Cecília. No meio das convidadas, solteironas e feias, apareceu a irreverente Amélia Monteiro, uma jovem de convicções fortes e absurdas para a época, que não está interessada em se casar.
 Após o baile, Cecília tem a convicção de que achou na solteirona a pretendente ideal para desposar o amigo. Ela só não poderia prever uma coisa: Amélia e Maurício simplesmente não conseguem se entender e viviam em pé de guerra.

 Sobre a autora: Caroline Salignac nasceu em 1993, na cidade de Manaus. Desde pequena escrevia ficções cobertas de fantasia, mas só durante a graduação em Letras que descobriu sua paixão por coisas antigas e narrativas ambientadas no século XIX. Atualmente, faz mestrado em Letras e Artes, continua apaixonada por antiguidades, e escreve contos e romances ambientados no Brasil Imperial. Esse é o seu romance de estreia.


 Pela sinopse e pelas citações que já li, podemos esperar uma ambientação interessante e uma mocinha bem determinada, Amélida deve virar de cabeça para baixo a vida toda certinha do Maurício! No meio disso, ainda temos a Cecília e o Jorge querendo vencer a aposta sobre a vida amorosa do amigo... Já estou curiosíssima para ver no que vai dar essa história, e vocês?

 O e-book do livro está disponível para compra na Amazon e incluso no Kindle Unlimited, clique para baixar:


 Clique aqui e adicione o livro no Skoob. Acompanhe a autora nas redes sociais: Facebook, Instagram (ela tem postado curiosidades sobre a época em que o livro se passa por lá, vale a pena conferir).

 Por hoje é só, espero que tenham gostado do post, me contem o que acharam do lançamento.

Compre seu Kindle em até 12x sem juros

Até o próximo post!
Me acompanhe nas redes sociais:

Livros novos na estante

 Olá, pessoal! No post de hoje, venho mostrar 3 livros que vieram para a minha estante no último mês, apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:



Resenha: livro "Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi", Joachim Meyerhoff

 Olá, pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi", escrito pelo Joachim Meyerhoff e publicado no Brasil pela Editora Valentina em 2016.

Resenha: livro "Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi", Joachim Meyerhoff, Editora Valentina, Blog Pétalas de Liberdade

 "inventar significa recordar."

 A história é narrada por Joachim, também chamado de Josse. Acompanharemos Josse desde seu primeiro dia de aula, aos sete anos, até se tornar adulto. A casa onde ele mora com os pais e os dois irmãos mais velhos, na Alemanha, fica dentro dos muros de uma instituição psiquiátrica, pois seu pai é médico e diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e adolescentes com mais de 1000 pacientes.

 "A entrega dos presentes ocorria de maneiras muito diferentes. Havia unidades em que pessoas sem braços nem pernas, às vezes até sem cérebro, fitavam inconscientes. Somente quando fiquei mais velho é que pude ir lá também. Essas unidades eram silenciosas, tudo permanecia intacto, e os presentes eram colocados nos travesseiros, ao lado da cabeça deformada dos pacientes. Ou a unidade em que só residiam quatro moças. Durante toda a cerimônia de entrega dos presentes, elas não tiravam os olhos de mim, fulminando-me de maneira ameaçadora. Cantavam canções de Natal maravilhosas. Cantavam com o corpo inteiro, balançando-se de um lado para o outro ao som melódico da flauta que um objetor de consciência tocava com empenho."

 A capa, o título e a sinopse me fizeram colocar o livro nos desejados, e acabei pegando o e-book no Kindle Unlimited. Mas a leitura não me prendeu tanto quanto eu imaginava, pois parece que a história não tem um fio condutor, um destino, são apenas relatos soltos da vida de um garoto: momentos entre pai e filho, brigas com os irmãos, a escola...

 Os pacientes do hospital não tiverem tanto destaque quanto eu esperava, alguns poucos são mostrados apenas pelos olhos do Josse que, muitas vezes, não sabia muito sobre eles.

 Pensei em abandonar a leitura por volta da metade, mas persisti até o final, na esperança de ter algo marcante no desfecho, o que não aconteceu, porém, nos últimos 25% do livro, a leitura teve um ritmo um pouco mais ágil e pude perceber, nas entrelinhas, como a forma como Josse via os pais mudou: na infância, tanto a mãe quanto o pai eram dignos de admiração, um porto seguro, mas, com o passar dos anos, os problemas do casal foram aparecendo, as fragilidades do relacionamento, os defeitos, algo que muitos de nós passamos a ver ao crescer.

 "Durante toda uma vida, ou melhor, durante toda a vida dele, ela punha em prática o que ele concebia na teoria. Sempre teve de assumir pelo meu pai toda a parte prática. Anos antes, ela chegara até mesmo a escrever a tese de doutorado e de livre-docência para ele, que sabia tudo, mas não conseguia se sentar e pôr as ideias em ordem. Fumando, passou 14 dias no quarto, andando de um lado para o outro e ditando para minha mãe todo o seu trabalho de livre-docência. Era mestre em delegar as coisas, mas um zero à esquerda para realizá-las."

 Fiquei sabendo que "Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi" faz parte de uma série, onde o autor conta mais de suas memórias nos outros volumes que, infelizmente, não foram publicados no Brasil. A obra não superou minhas expectativas, pela de uma ligação mais firme entre um relato e outro, mas é uma leitura que tem citações marcantes e que pode agradar leitores em busca de narrativas sobre registros familiares.

 Mais algumas citações:


 "Muitas vezes, junto aos dois portões e também na frente das entradas principais dos prédios, ocorriam cenas dramáticas. Pacientes novos, que acabavam de chegar, recusavam-se a entrar na área ou nos prédios, agarravam-se aos parentes e chutavam os enfermeiros; ou, então, pacientes antigos defendiam-se com unhas e dentes para não deixarem a área ou os prédios, agarravam-se aos enfermeiros e chutavam os parentes. Para muitos, tanto o caminho para entrar no hospital psiquiátrico quanto para dele sair era puro horror."

 "Ficava me perguntando por que justamente aquilo que mais se deseja no mundo causa um medo tão feroz."

 "Quando eu dormia em outro lugar, na casa dos meus avós, em Munique, ficava com uma enorme saudade de casa. O silêncio me deprimia. Eu odiava ouvir meu sangue murmurar no travesseiro e ficar deitado no escuro como uma múmia preparada para a eternidade. Sentia saudades dos gritos, da gritaria tranquilizadora dos doentes."

 "– Que loucura toda é essa, filho? A gente pensa que na velhice, de certo modo, vai melhorar – da dor de amor, da saudade –; tudo bobagem."

Detalhes: 352 páginas, Skoob, ISBN-13: 9788565859974, tradução: Karina Jannini. Clique para comprar na Amazon:

MINHA TBR PARA A MARATONA LITERÁRIA DE INVERNO 2020 #MLI2020 #BKTBTN

 Olá, pessoal, como estão? No post de hoje, venho mostrar a minha TBR para a Maratona Literária de Inverno 2020, que é organizada pelo Victor Almeida do canal Geek Freak e acontecerá entre os dias 20/06 e 04/07. Apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:



 O formulário de inscrição, a lista de desafios e todas as informações sobre a maratona estão no vídeo do Victor nesse link: https://www.youtube.com/watch?v=FCX3GC2xN64. Nessa edição, temos desafios de vários booktubers para montarmos nossa TBR.

 Um dos desafios é "Um livro recomendado por um booktuber", aproveito para indicar meus contos para vocês na Amazon, todos disponíveis no Kindle Unlimited (e "Eu nunca vou te abandonar" inclusive se passa no Natal/Inverno, outro desafio da maratona); fica a dica para quem quiser incluir uma leitura rápida na TBR:



 Cumprirei o desafio de ler um livro digital, pois escolhi vários e-books e todos estão no Kindle Unlimited.

 Um livro de um gênero que você não lê com frequência: escolhi "O mistério da estrela: Stardust" do Neil Gaiman, Rocco, pois fantasia não é um gênero que leio muito e por ter gostado do filme.

 Sinopse: Tristran ama a jovem mais bela do vilarejo de Muralha. Para ser correspondido, ele atende aos caprichos da moça e lhe faz uma promessa quase impossível de cumprir. Uma estrela cadente que ambos veem cair do céu valerá a mão de Vitória em casamento.
 A determinação de trazer a estrela para o vilarejo fará com que o rapaz burle todas as regras e siga para a Terra Encantada, onde supostamente a estrela está. Então, Tristran se vê cercado por piratas voadores, gnomos guerreiros, bruxas esquisitas e sedentas por beleza e princesas do mal. Um mundo de magia está diante dele e tem início um conto de fadas surpreendente e nada convencional.
 Neste lugar, os caminhos podem ser belos e sombrios, tristes e alegres, suspeitos e óbvios, mas sempre cheios de segredos. E todos, não só Tristran, estão em busca daquela que parece guardar a solução para todos os problemas do reino mágico. Acontece que a estrela está triste e sem esperança. O maior desafio do jovem apaixonado, então, será fazer a estrela brilhar novamente.
 Eis a trama do conto de fadas moderno O mistério da estrela - Stardust, do cultuado escritor e quadrinista inglês Neil Gaiman, autor do premiado juvenil Coraline e do infantil Os lobos dentro das paredes. A publicação recupera o texto em prosa que deu origem à famosa história em quadrinhos, que chegou às telas do cinema em 2007, com estrelas como Claire Danes, Michelle Pfeiffer, Robert De Niro e Sienna Miller no elenco.

 Um livro que lide com algum transtorno ou problema mental: "Garota em Pedaços" da Kathleen Glasgow, Outro Planeta foi minha escolha.

 Sinopse: Além de enfrentar anos de bullying na escola, Charlotte Davis perde o pai e a melhor amiga, precisando então lidar com essa dor e com as consequências do Transtorno do Controle do Impulso – um distúrbio que leva as pessoas a se automutilarem.
 "Viver não é fácil."
 Quando o plano de saúde de sua mãe suspende seu tratamento numa clínica psiquiátrica – para onde foi após se cortar até quase ficar sem vida –, Charlotte Davis troca a gelada Minneapolis pela ensolarada Tucson, no Arizona (EUA), na tentativa de superar seus medos e decepções. Apesar do esforço em acertar, nessa nova fase da vida ela acaba se envolvendo com uma série de tipos não muito inspiradores.
 Cansada de se alimentar do sofrimento, a jovem se imbui de uma enorme força de vontade e decide viver e não mais sobreviver. Para fugir do círculo vicioso da dor, Charlotte usa seu talento para o desenho e foca em algo produtivo, embarcando de cabeça no mundo das artes. Esse é o caminho que ela traça em busca da cura para as feridas deixadas por suas perdas e os cortes profundos e reais que imprimiu em seu corpo.
 Romance de estreia de Katlheen Glasgow, que figurou na lista dos mais vendidos do jornal The New York Times e dos melhores livros do ano de 2016 da Amazon (EUA) e da revista TeenVogue. Nele, os leitores vão se emocionar e se inspirar na história da adolescente de 17 anos que, por conta de sofrer de Transtorno do Controle do Impulso, pratica o "cutting" – um distúrbio que afeta um grande número de jovens brasileiros e também personalidades do universo teen, como Demi Lovato e Britney Spears, entre outras.

 Um livro que você suspeita que será favoritado: "Coisas que ninguém sabe" do Alessandro D'Avenia, Bertrand Brasil, pois amei "O que o inferno não é" do mesmo autor.

 Sinopse: Duas histórias que se entrelaçam filtradas pelos dois olhos de um adolescente. Após conquistar jovens de todo o mundo com Branca como o leite, vermelha como o sangue, Alessandro D’Avenia apresenta Coisas que ninguém sabe, um livro sensível, erudito e repleto de citações literárias. Uma história que retrata o ensino médio, a adolescência e os valores do amadurecimento. Margherita tem 14 anos e está prestes a transpor um limiar mágico e assustador: o início do liceu. Os corredores da nova escola são cheios de fascínio, mas também de ameaças. Sozinha em seu quarto, com o sol de verão ainda sobre a pele, Margherita se sente como qualquer adolescente: uma equilibrista na corda bamba. Somente o amor dos pais, da extraordinária avó, Teresa, e do irmãozinho lhe permite tentar crescer com suas próprias forças. No entanto, um dia, Margherita ouve uma mensagem na secretária eletrônica. É de seu pai, anunciando que não voltará mais para casa. O vazio se abre sob seus pés. Por ser professor e estar sempre em contato com os jovens, umas das principais características de D’Avenia é saber explorar ao máximo as dificuldades enfrentadas pelos jovens em uma fase tão difícil de suas vidas. Assim, com a habilidade de escrita que caracteriza o autor, o romance toca o leitor no fundo do coração. Na contramão do que faz em seu primeiro livro, no qual aborda quase que exclusivamente a realidade juvenil, agora D’Avenia não só traz à mente do público a idade mágica da adolescência, em que tudo parece possível, apesar das dificuldades, como também pinta o mundo dos adultos que lutam com seus erros e mal-entendidos. Segundo ele, “como os protagonistas, todos nós estamos procurando alguém ou alguma coisa”. Coisas que ninguém sabe tem o passo longo de uma grande história: a de todos que sabem encarar os próprios fantasmas e realizar a viagem aventurosa que os levará de volta para casa. “Um livro que narra, com força e simplicidade, a história de todos os jovens que têm dificuldades, mas também coragem para encontrar seu caminho.” (Recensione Libro) “Uma história simples, que consegue captar um pouco de cada um de nós, com a escrita clara e ágil típica de D’Avenia.” (Solo Libri)

Um livro escrito por uma autora mulher: "A geografia de nós dois" da Jennifer E. Smith, Galera.

 Sinopse: Depois do sucesso de A probabilidade estatística do amor à primeira vista, que em breve ganhará as telas do cinema, Jennifer E. Smith retorna com uma história sobre amor e desencontros. Lucy mora no vigésimo quarto andar; Owen, no subsolo. E é no meio do caminho que os dois se encontram — presos em um elevador, entre dois pisos de um prédio de luxo em Nova York. A cidade está às escuras graças a um blecaute. E entre sorvetes derretidos, caos no trânsito, estrelas e confissões, eles descobrem muitas coisas em comum. Mas logo a geografia os separa. E somos convidados a refletir... Onde mora o amor? E pode esse sentimento resistir à distância? Em A geografia de nós dois, Jennifer E. Smith cria tramas cheias de experiências, filosofia e verdade. 

 Um livro encalhado na estante: "Claros Sinais De Loucura" da Karen Harrington, Intrínseca, será o único livro físico que pretendo ler, na verdade, terminar, pois já havia começado ele há algum tempo.

 Sinopse: Amor pode ser uma palavra-problema para algumas pessoas. Loucura também. Eu sei bem.
Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca.
 Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai, professor, tornou-se alcoólatra. Fugindo da notoriedade do crime, ele e Sarah já se mudaram de diversas cidades, e a menina jamais se sentiu em casa em nenhuma delas.
 Com a chegada do verão em que completa doze anos, ela está cada vez mais apreensiva. Sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, já se acha grande demais para passar as férias na casa dos avós, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa pelo primeiro beijo de língua que ainda não aconteceu. Mas a vida não pode ser só de preocupações, e, entre uma descoberta e outra, Sarah vai perceber que seu verão tem tudo para ser muito mais. Bem como seu futuro.
 Tragédia e humor combinam-se de forma magistral nessa incrível história sobre a aventura que é crescer. O discurso inteligente, precoce, mas ainda de uma criança, faz de Sarah uma garotinha que poderia muito bem morar na casa ao lado. E por quem é impossível não se encantar.
 Com uma protagonista cujas voz e atitudes lembram o August Pullman de Extraordinário, e com uma temática igualmente tocante, Claros sinais de loucura tem tudo para cativar até o leitor mais resistente.
 Leitura recomendada pela School Library Journal e vencedora do Parent’s Choice Award de 2013 na categoria ficção.


 Quem aí também vai participar? Já leram ou querem ler algum desses?

Compre seu Kindle em até 12x sem juros

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

Lançamento: Amor Adolescente, meu conto de Dia dos Namorados na Amazon

 Olá, pessoal, como estão? No post de hoje, venho contar uma novidade para vocês: acabei de lançar um conto de Dia dos Namorados na Amazon!


livro, lancamento, conto, amor-adolescente, kindle-unlimited, romance, blog-petalas-de-liberdade


 O título é "Amor Adolescente", e a história é sobre a Diana, uma garota de 14 anos que está descobrindo o seu primeiro amor. Confiram a sinopse:

 "Conhece aquela música que diz que o amor pode estar do seu lado? Então, o amor da Diana, a protagonista desse conto, estava ali, bem pertinho, mas ela só foi perceber quando parecia já ser tarde demais! Ou será que ainda daria tempo de correr atrás dele?
 Amor Adolescente é uma história sobre primeiros amores, sobre amizade e sobre como as coisas nem sempre acontecem na hora que queremos, mas, uma hora, elas acontecem..."

Amor-Adolescente, capa, kindle
Capa

 Escrevi "Amor Adolescente" há algum tempo, para uma antologia, e esses dias, quando reli o conto, senti muita vontade de relançar a história (já que não há mais exemplares da antologia disponíveis). Fiz algumas modificaçõezinhas, já que não preciso seguir o limite de caracteres da editora.

 É um conto curtinho, que pode ser lido em menos de uma hora, está incluso no Kindle Unlimited ou por apenas R$1,99 para quem quiser comprar. Link para baixar o conto: https://amzn.to/2UunQXI .

 "Amor Adolescente" está cadastrado no Skoob, adicionem na estante: https://www.skoob.com.br/amor-adolescente-1240026ed11600176.html .

 Por favor, avaliem o conto na Amazon depois de ler (ou no Skoob), ajuda muito pra que a Amazon indique a história pra mais leitores.

 Meus outros contos na Amazon:


 Espero que tenham gostado do post!




Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

Leituras de maio: 8 livros para ler no Kindle Unlimited

 Olá, pessoal! Espero que estejam bem. Não tenho postado muito no blog, mas consegui ler vários livros no último mês, bem mais do que nos meses anteriores. E, hoje, venho falar um pouquinho sobre as minhas leituras de maio para vocês. Detalhe: todos os títulos citados estão disponíveis no Kindle Unlimited. Aperte o play para conferir no vídeo ou continue lendo:



 "O peso do pássaro morto" da Aline Bei, Editora Nós, pode ser lido em poucas horas e traz a história de uma mulher dos 8 aos 52 anos. É uma trama forte, sobre a qual eu já tinha ouvido falar muito e tinha altas expectativas. Acabei dando 3 de 5 estrelas à obra, pois não me emocionou tanto quanto eu esperava, mas nada impede que seja um livro devastador para outros leitores, resenha aqui.


 "O Canto das Sereias" da Val McDermid, Bertrand Brasil, foi meu favorito do mês. Um romance policial onde temos um psicólogo usando um método que desenvolveu para ajudar a polícia a achar um serial killer que está torturando e matando rapazes numa cidade inglesa. Super recomendo, resenha aqui.


 "Você é a Ordem" do Hugo Dalmon, é um conto que mostra um futuro onde criminosos são julgados e condenados com base em um reality show, ao invés de um tribunal. O autor consegue mostrar bem essa nova realidade, que não está de todo longe da atual, onde as redes sociais também promovem uma espécie de julgamento. Vale a pena ler, resenha aqui.


 Do D'aumon, eu também li "O Gato Do Futuro", que é um livro infantil ilustrado sobre viagem no tempo, contos de fadas e gatos, com uma mensagem que pode agradar adultos e crianças. Gostei, resenha em breve.


 "Quase Quinze - Quando tudo pode mudar" da Lilian Reis, Mundo Uno, é a continuação de "A garota de treze". Esse segundo livro mostrará como ficou a vida da protagonista Luce, uma garota de 13 anos que causou a maior confusão ao mentir e fingir que tinha mais idade. É uma história que mostra o cotidiano da adolescente e que pode cativar leitores da mesma faixa etária da protagonista, mas eu acho que já passei da idade de me prender em histórias assim, e fiquei bem frustrada ao chegar na última página e descobrir que vai ter continuação, 3 estrelas e resenha em breve.


 "Prazeres Sombrios" da Kresley Cole, Valentina, é um romance sobrenatural entre um vampiro e uma valkíria (uma guerreira que se alimenta de eletricidade). É o 2° da série Os Imortais, o primeiro foi "Desejo Insaciável". Além de uma mocinha forte e de um protagonista que se achava desajeitado, temos uma competição promovida por uma deusa. Romance e aventura na medida certa, gostei e recomendo para quem curte livros do gênero. Resenha em breve.


 "Branca Como o Leite, Vermelha Como o Sangue", Alessandro D'Avenia, Bertrand Brasil. Acompanharemos como Leo, um garoto italiano de 16 anos, mudará entre o primeiro e o último dia do ano letivo. Do autor, eu já havia lido "O que o inferno não é", um dos meus livros favoritos da vida; em comparação com "O que o inferno não é", "Branca Como o Leite, Vermelha Como o Sangue" ganhou 3 estrelas, mas é mais um daqueles casos onde pode ser um 5 estrelas para outro leitor. Resenha em breve.


 "Doce Tentação" da K. Bromberg, AllBook Editora, foi minha última leitura finalizada em abril. Pode parecer um romance clichê, mas eu gostei bastante da forma como a autora conduziu a história da confeiteira Saylor e do ator Hayes, que, por acaso, foi o primeiro amor da protagonista e foi embora sem dar explicações. Vale a pena ler, 4 estrelas, resenha em breve.


 E essas foram as minhas leituras do mês, com gêneros diversificados, do jeito que eu gosto. Dei prioridade aos e-books por causa do Kindle Unlimited e também pela praticidade de poder ler no Kindle em ambientes escuros graças à iluminação embutida que ele tem.

 Me contem: já leram ou querem ler algum desses livros?



Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:
Topo