Adeus comentários

fonte:weheartit.com/entry/39541715/via/ScrewLoveLetsEatPie
   Tenho o hábito de ler notícias na internet, visito sempre portais como o Ig (que é minha página inicial) e o Yahoo. O bom desses portais é a variedade de temas, tem áreas sobre economia, esporte, saúde, moda, música,  famosos... tudo bem dividido e aí é só ler as manchetes e achar o assunto que me interessa. A vantagem da internet é essa, diferente da tv ou do rádio onde as notícias chegam até você, na internet você pode busca-las  na hora que quiser.
   Na maioria das vezes, além de ler a notícia, dou uma olhada nos comentários para ver o que as outras pessoas pensam sobre o assunto e se alguém tem algo à acrescentar. Mas tenho parado de fazer isso, o nível dos comentários desses sites não é mais aceitável. O problema é que tenho percebido um certo azedume nos comentários
desses sites, além de perceber também que nem sempre essas notícias estão chegando aos leitores para que foram escritas. Na maioria das vezes, basta um comentário de reprovação que todos os seguintes também são no mesmo tom, esse primeiro é uma espécie de gatilho para que todo descontentamento do mundo surja em forma de palavras; são críticas ao autor da matéria, ao conteúdo, etc.
   Meses atrás vi na página Igirl que é destinada à garotas no site do IG, uma matéria sobre fã-clubes, sobre jovens que são capazes até de sair do emprego ou ganhar menos para se dedicar a esses fã-clubes, para poder estar mais perto de pessoas que admiram . Li a matéria por que tinha curiosidade de entender como essas organizações funcionam. Cheguei na parte dos comentários e me deparei com homens criticando os jovens do Brasil, colocando o fato de o país não ganhar prêmio Nobel no meio da história. O que tem de errado em alguém gostar de música e querer dedicar um pouco do seu tempo a divulgar o trabalho de seus cantores preferidos? O que tem de errado em não ser mais um adolescente e querer fazer parte de um fã-clube se a admiração pelo artista continua? Quem não gostaria de descobrir a cura da AIDS? Mas nem todo mundo nasceu com vocação ou vontade para ser cientista. Por que que esses caras criticando não vão ler a área de economia ou ciência do site e tornarem-se os ganhadores de prêmio Nobel? Não eram essas pessoas que pagavam as contas dos membros de fã-clubes (que por sinal estavam felizes e não fazendo mal a ninguém).
   Se uma pessoa não quer saber sobre a vida das sub-celebridades, sobre quem colocou silicone, sobre as mulheres fruta ou quem traiu quem, se não quer acompanhar as notícias de reality show  ou de novelas, pra que lê esse tipo de notícia? Só pra no final dizer que "perdi meu tempo lendo isso" ou ofender os autores ou os alvos da notícia? Dá para acreditar que tem gente que passa os três meses do Big Brother Brasil na página de cobertura do programa comentando que não gosta e não assiste o reality? Como já disse antes, na internet se tem a possibilidade de escolher o que se quer ler na íntegra. Se uma pessoa não gosta do meu blog, não precisa vir aqui só para reclamar do que eu escrevo. Da mesma forma que eu não acesso blogs que não gosto.
fonte:weheartit.com/entry/15741420
   Claro que tem muita gente sem-noção na internet, gente que posta qualquer coisa nas redes sociais ou posta mentiras em seus blogs e sites com a intenção de enganar os leitores. Tem gente que "se acha" e tem maus profissionais trabalhando tanto na vida fora da web quanto na vida online. E nós não pode ficar calado sempre. É válido dar sua opinião mesmo ela sendo diferente, é certo falar quando você vê algo que precisa ser corrigido, "chamar a pessoa de volta pra realidade". O errado é despejar ódio sem razão, não respeitar as escolhas dos outros na maioria das vezes por pura inveja de alguém que tem coragem para fazer alguma coisa diferente .
   Confesso que também já agi mal na internet, fui na onda das críticas e disse coisas de que me arrependi depois. Mas abri os olhos e estou aprendendo a lição. Quem está do outro lado da tela nem sempre tem culpa pela minha insatisfação.
   Termino esse texto com uma parte da letra de uma música do Charlie Brown Jr. que gosto muito: "Vamos viver, e cantar.Não importa qual seja o dia... o que importa é nossa alegria!"
“Esse texto faz parte da blogagem coletiva promovida no Depois dos Quinze".
Ainda sobre esse assunto, recomendo esse testo do Youpix: HATERS: MULTIDÃO RUIDOSA E CADA VEZ MAIOR.
Todo mundo já mandou sua participação para o concurso "Keep calm and solte sua criatividade"? Veja aqui como participar. As inscrições vão até dia 14/10 e o ganhador terá um mes de divulgação aqui no blog e no blog Dela Mila, além de ter sua criação impressa. Participem!

11 comentários via Blogger
comentários via Facebook

11 comentários

  1. você tem razão,tbm já notei isso, no youtube as pessoas tem coragem de assistir videos de bandas que não gostam só pra criticar. só lamento que existam pessoas tão infelizes que precisem passar seu tempo tentando frustar a felicidade alheia.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dessa postagem e desse trecho, pura verdade "O errado é despejar ódio sem razão, não respeitar as escolhas dos outros na maioria das vezes por pura inveja de alguém que tem coragem para fazer alguma coisa diferente".

    ResponderExcluir
  3. ameei *-*
    hey meninas, venham participar dos sorteios que estão rolando no Just Now *-*
    http://www.blog-justnow.com/2012/09/super-ultra-mega-sorteio-de-aniversario.html

    http://www.blog-justnow.com/2012/10/segundo-super-ultra-mega-sorteio-de.html

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto, mas não concordo com algumas coisas que você disse. Não acho errado as pessoas criticarem bandas ou qualquer coisa que não gostem, é muita falta de personalidade alguém só tem coragem de expressar opniões boas, no entanto sinto pena das pessoas que fazem do ato de criticar os outros quase que um objetivo de vida!
    bjs
    http://garotaclassec.com/

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto, mas não concordo com algumas coisas que você disse. Não acho errado as pessoas criticarem bandas ou qualquer coisa que não gostem, é muita falta de personalidade alguém só ter coragem de expressar opniões boas, no entanto sinto pena das pessoas que fazem do ato de criticar os outros quase que um objetivo de vida, esses sim, são pobres coitados infelizes!
    bjs
    http://garotaclassec.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu também concordo com a 'Garota Classe C'.Você escreve muito bem e tal,mas de um certo ponto ponto são as criticas que fazem o mundo evoluir e tal,mas não acho certo ver um video de uma banda que não curte só pra criticar,se não gostar não assiste,simples.

    Adorei seu blog,seguindo aqui,segue lá?http://www.desconstruindoamelias.com/

    ResponderExcluir
  7. Tem uma grande diferença entre as críticas construtivas e os comentários depreciativos e as ofensas gratuitas. Quanto a bandas, acho que quando não gostamos não precisamos acompanhar o que acontece com elas. Falei nesse post sobre o nível de comentários de alguns portais, de pessoas que tem como objetivo sempre ser do contra. Sempre tem como a gente expressar nossa opinião sem ser desrespeitoso com os outros, mas nesse mundo virtual parece que as pessoas se esquecem disso.
    Obrigada pelos comentários :) .

    ResponderExcluir
  8. Oie!! que legal seu blog!! Gostei do texto e acho que as pessoas devem conhecer melhor as coisas antes de criticarem...

    Bjs,, espero sua visita!!

    anteontemmusical.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Amei seu blog não conhecia seguindo *---* adorei o texto. Convido você à da uma passadinha no meu blog http://hrdamoda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, amiga!

    A Loja Hot Hot tem produtos da Forever21 e outras marcas para pronta-entrega e frete grátis :-) Se você quiser, dá uma olhadinha em nosso site www.lojahothot.com



    Para ficar pro dentro das novidades, dê um like em nosso FB facebook.com/hothotbr



    beijosss xoxo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo