sábado, 26 de novembro de 2016

Resenha: livro “A casa do escritor”, Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho (ditado pelo espírito Patrícia)

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje venho comentar sobre a minha experiência de leitura com o livro “A casa do escritor”, ditado pelo espírito Patrícia à médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho e publicado pela Editora Petit.

Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica

 “Não conseguimos compreender que as dificuldades, quando não criadas por nós mesmos, são por via de regra instrumentos da natureza que não nos deixam cair na inatividade, pois a monotonia é a própria morte. A natureza é a vida que se renova incessantemente.” (página 14)

 Eu leio tudo o que cai na minha mão sobre o processo de escrita, e quando vi que havia um livro que mostrava como era esse processo na literatura espírita, não hesitei em ler “A casa do escritor”. Porém, acabei não reparando que o livro faz parte de uma série, que começou com “Violetas na janela” (acho que todo mundo já deve ter ouvido falar desse livro) e continuou com “Vivendo no mundo dos espíritos”.

 Em “A casa do escritor”, o espírito Patrícia, que morreu/desencarnou ainda jovem, nos conta sobre como foi o processo de aprendizagem para se tornar uma escritora de livros espíritas, na verdade, uma coautora, já que ela dita seus livros para um escritor encarnado. Eu tinha curiosidade de saber como acontecia essa interação entre o espírito e o escritor, e após a leitura essa curiosidade foi sanada em partes. No livro, Patrícia relata que há uma espécie de escola com cursos para ser escritor, além de contar histórias de espíritos com os quais encontrou enquanto fazia um dos cursos e falar sobre as belezas do mundo dos espíritos.

 Como eu já li alguns outros livros espíritas, apesar de não ter lido os volumes anteriores da série, conhecia certos termos (por exemplo: volitar), mas creio que quem nunca leu nada do gênero pode encontrar dificuldade de compreender algumas partes se começar logo por “A casa do escritor”. Para mim, que não sou espírita, foi interessante ler as crenças do espiritismo e refletir sobre elas comparando com o que eu acredito.

 “Como num acender de luzes, compreendi que a alegria perene não pode estar ligada a pessoas ou coisas. Não pode depender de estímulo nenhum para que aconteça. É um estado de ser em ventura, sem limites, por saber compreender. É viver a vida pela vida e não para ganhar alguma coisa ou atingir um fim.” (página 14)

Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica,sinopse
Resenha, livro, A-casa-do-escritor, Vera-Lúcia-Marinzeck-de-Carvalho, espírito-Patrícia, petit-editora, livro-espirita, trechos, foto, capa, opiniao, critica, diagramação

 Sobre a parte visual: capa bonita, páginas brancas mas com as bordas cor de rosa; letras, margens e espaçamento de bom tamanho e ótima revisão.

 Detalhes: 248 páginas, Skoob. Onde comprar online: loja da editora.

 Fica a sugestão para quem gosta de obras do gênero.


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

3 comentários:

  1. Nossa, amei esse livro.Sou espírita e posso dizer que você pode pesquisar mais sobre a doutrina. Vai se apaixonar e compreender muitas coisas que acontecem conosco..sério :)

    Gostei muito de saber da existência desse livro *_*

    beeijão
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho uma certa resistencia com livros desse estilo. Não sei dizer exatamente porque, respeito muito o espiritismo e já fiz várias leituras sobre as crenças e tal, mas nunca literatura que tenha sido ditada por um espírito. tenho a sensação de que não é bem a minha praia, embora a história desse tenha me chamado um pouco a atenção.
    Não sabia que o Violetas era parte de uma trilogia... Interessante isso!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não me lembro de ter lido nenhum livro que tratasse sobre espiritismo, ainda mais envolvendo a escrita e mediunidade!
    Achei interessante, porém não creio que agora seja o momento propício para uma leitura desse tipo porque acho que não conseguirá prender minha atenção tais temas reunidos.
    Adorei saber suas impressões e anotei a dica dos volumes anteriores e desse também para quem sabe no futuro fazer a tentativa.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados