Resenha: livro "Teoria do Amor", Halice FRS

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência de leitura com o livro "Teoria do Amor", escrito pela Halice FRS e publicado pela Ler Editorial em 2016.

Resenha, livro, Teoria-do-Amor, Halice-FRS, Ler-Editorial, romance, literatura-nacional, blog-literario, fotos, trecho

 Maya, uma veterinária de 26 anos, viajou de São Paulo até o sul do país, na companhia de William, um amigo por quem ela era apaixonada e que não correspondia aos seus sentimentos ainda não revelados. A viagem não estava sendo romântica como Maya imaginou; depois de ver William interessado por outra, ela pegou a moto e decidiu seguir sozinha até outra cidade no meio da noite. Porém, acabou sofrendo um acidente na estrada. Perdida, no escuro, machucada, Maya foi andando até se deparar com uma casa isolada, onde pediu socorro.

 Quem abriu a porta foi Alex, um homem enorme, barbudo, e até meio fedido, e esse primeiro contato dos dois não foi muito amigável. Digamos que Alex não era muito bem humorado e ficou irritado ao ser incomodado àquela hora. Mesmo assim, abrigou Maya, era isso ou deixá-la morrer no frio.

 No dia seguinte, Maya descobriu que não teria como ir embora da casa de Alex até a próxima segunda-feira. Na casa não havia celular, nem internet ou luz elétrica. E só nas segundas, é que Alex recebia a visita de um conhecido, o senhor José, que lhe levava comida, e dava carona quando Alex precisava. Sem a moto e com o tempo terrível que fazia, o jeito era esperar.

 Maya descobriria que Alex tinha 39 anos, era vegano, enfermeiro, e que depois de um banho até que tinha sua beleza. O que chocou Maya, foi o fato de Alex não acreditar no amor, enquanto ela já havia vivido inúmeras paixões (todas meio platônicas, para falar a verdade). E no tempo em que Maya passaria isolada na casa de Alex, surgiria uma atração entre eles, mas será que algo poderia acontecer entre duas pessoas tão diferentes? E o que exatamente Alex estava fazendo no meio do nada?

 "- Um cara que enche a cara por amor deveria ser internado - Alex desdenhou. - Isso de afogar as mágoas é para os fracos. Ninguém é tão importante pra outra pessoa.
 - Pensa isso, de verdade? - Se, sim, ele seria encrenca ao cubo.
 - Tudo bem, eu não vou polemizar generalizando, mas, para mim, nunca alguém seria tão importante. Sendo sincero, acho que o amor nem existe.
 Alex seria encrenca elevada à vigésima potência. Graças aos céus que seu coração estava ocupado, Maya pensou. Bem, a existência de William a deixava a salvo, mas não a poupou de se compadecer. Deveria ser muito triste viver assim, descrente quanto ao amor.
 Talvez devesse bancar uma espécie de Alice do País das Maravilhas e,  em vez de reformar o mundo, tentar mudar aquele pensamento enquanto estivesse ali. Ao sustentar o olhar de Alex, Maya considerou que valia a pena. Um dia poderia aceitar que estava errado e ser feliz com alguém que fosse, sim, importante para ele.
 De súbito, Maya se animou com a empreitada. Não tinha nada melhor a fazer, de qualquer forma." (página 43)

"Teoria do Amor" foi meu primeiro contato com a escrita da Halice FRS. A nota do livro no Skoob é alta (4,1 numa escala até 5, no dia da publicação dessa resenha), e eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele, de forma que estava curiosa para descobrir o motivo de ser tão bem avaliado. E descobri e me juntei ao time dos apaixonados pela obra!

 A escrita da autora é muito boa, fluida e cativante. É uma trama original, que foge dos clichês presentes nos romances. A construção dos personagens e a ambientação em território nacional foi ótima. Eu até desconfiava do motivo do isolamento do Alex, mas nunca imaginei o rumo que a história tomaria!

 "- Me desculpe! - ela reprimiu o riso. - Mas isso é muito engraçado! Lembrei de um provérbio português que Gonçalo adorava, você foi buscar lã e voltou tosquiado." (página 253)

 A narração é feita em terceira pessoa, alternando o foco entre os protagonistas, o que nos permite conhecer melhor os sentimentos de cada um. A Maya evolui muito depois do encontro com o Alex, no início ela tem um jeitinho meio atrapalhado, que não some de todo com o passar dos capítulos, mas ela se torna mais segura, mais forte. E ver o Alex quebrando toda aquela casca que ele tinha, ver ele se rendendo aos sentimentos, foi muito bom. O Alex sofre nessa história, e muito! Mas é merecido, depois do que ele aprontou. Amar é uma coisa nova, algo que ele não entende no começo, mas ele é um mocinho determinado, que vai fazer de tudo para ter de volta o amor da Maya.

 "Ao vê-la ensimesmada, mirando o celular desligado por longos minutos, Alex entendeu que ser amado não lhe trazia vantagem alguma. Maya poderia fazer seus testes, especular sobre o futuro usando Cristina como alegoria, e ainda assim, chegar à conclusão de que ele, e tudo o que representava para ela, não compensasse o sacrifício." (página 216)

 Os personagens secundários também são interessantes. As amizades presentes na obra são um dos pontos altos. William e Michele, amigos da Maya, Cristina, mãe do Alex, a irmã e a sobrinha dele, o senhor José, que vai ganhando espaço e falando verdades que nem sempre o Alex quer ouvir, são todos personagens que tiveram participações importantes no desenrolar da história. Ah, temos também o Sandre Marchi, o escritor favorito da Maya, onde podemos conhecer um pouco sobre como é a vida e a rotina de trabalho de um escritor famoso...

 "- Seu tofu estava perfeito, como sempre!
 - Pelo visto o açúcar não fez bem a você - Alex comentou bem humorado. - Não tinha tofu em nada que eu servi.
 - Ah, não? - ela sorriu simulando inocência. - Parece que sempre tem tofu." (página 78)

Resenha, livro, Teoria-do-Amor, Halice-FRS, Ler-Editorial, romance, literatura-nacional, capa, fotos, trecho
Resenha, livro, Teoria-do-Amor, Halice-FRS, Ler-Editorial, romance, literatura-nacional, diagramação, fotos, trecho

 A Ler Editorial trouxe uma capa linda, uma edição com páginas amareladas, detalhes no início de cada capítulo, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho e poucos erros de revisão. Essa edição traz também um spin off, com cerca de 50 páginas, sobre uma viagem da Maya e do Alex até o Japão, onde a trama também foi muito bem ambientada, e as últimas questões ainda sem resposta sobre alguns acontecimentos são finalmente reveladas. Mas prepare-se para MUITA pegação nesse spin off!

 Enfim, "Teoria do Amor" foi um dos melhores romances nacionais que já li, aliás, não fica devendo em nada se comparado aos romances internacionais. É uma leitura que eu recomendo muito. Uma história com bons personagens e ambientação, sobre o amor, a amizade, os sentimentos. Um romance romântico e muito, muito divertido, com um mocinho meio ogro, um casal com diferença de idade e de personalidade, que volta e meia se estranham, mas sempre se acertam.

 Detalhes: 368 páginas, ISBN-13: 9788568925287, Skoob. Clique e compare preços no Buscapé.

 Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha. Me contem: já conheciam o livro ou a autora?

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

34 comentários

  1. Olá!

    Ah, romance! Eu sou completamente apaixonada por romances e isso não é segredo para ninguém. A trama me chamou atenção logo de cara e, com certeza, estou anotando a dica aqui!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari, não conhecia, mas já estou encantada com a premissa. Nada como um bom banho, né? hehehehehehe Gosto quando tem uma boa evolução dos personagens e acho que vou curtir o livro!

    Bjs, mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia a autora ou livro. Fiquei impressionada com a nota no Skoob, não conhecia mesmo esse título! =O
    A premissa do livro me fez pensar que ele é clichê sim, mas você disse ter a trama elementos originais e isso aguçou minha curiosidade.
    Vou acrescentar esse romance a minha lista e espero gostar da leitura =)
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Gostei da diagramação do livro e o estilo da escrita mas a capa não chamaria a minha atenção. Mas percebi que é um livro rápido de ler, aquele romance bem simples que não dá ressaca literária.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da arte gráfica e parece ser uma história bem envolvente, mas ao mesmo tempo leve. Despertou minha vontade pela leitura, sim. <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari.
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas ele parece ter tudo o que eu gosto!
    Já anotei a dica e já tá na minha lista de compras da Bienal!!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Não me interessei pelo livro, especialmente porque, ao contrário do que você achou, não o achei nada original. Na adolescência li alguns livros com narrativas parecidas, aliás. Não sou fã dessa coisa de "fulano/a não acredita no amor", mas aí sempre tem "alguém" que aparece e muda isso. Esse discurso reproduz a ideia de que o amor salva e não gosto disso. Mas que bom que apreciou a leitura, o importante é isso :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu ainda não conhecia a autora, mas como estou querendo ter mais contato com as escritoras nacionais esse é um nome que já estou anotando no meu caderno! Estou precisando ler mais romances e acredito que esse seja uma ótima pedida para voltar à esse gênero. Gostei também da ideia de spin-off ao final da edição, mas saber disso já não deixa um spoiler sobre o desenrolar da relação entre Alex e Maya durante o livro? No quesito de já sabermos que eles ficarão juntos.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, durante a leitura dá até pra pensar que eles só vão se acertar no spin-off, rsrs. Mas se é um romance a gente meio que já espera que eles fiquem juntos, né?! E acho que é mais um presente para os leitores, além de trazer alguns arremates pra história.

      Excluir
  9. Olá!
    Não conhecia a obra. Estou aqui me coçando de curiosidade para saber porque Alex se isola dessa forma. Nem consigo imaginar o quanto deve ter sido complicado para Maya, vê seu crush interessado em outra, sofrer um acidente ainda ter que ficar na casa de um desconhecido. Os nacionais estão cada vez melhores né. Já anotei a dica!
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari! Não conhecia a autora ou o livro, e pela capa eu não leria, porque parece um daqueles livros de ' auto-ajuda ' pra mulheres, dando conselhos de como a mulher deve se comportar. Mas lendo a resenha achei a história interessante, uma mocinha que vive apaixonada platonicamente e um mocinho que não acredita no amor, achei muito sugestivo.
    Bjoxx

    ResponderExcluir
  11. É uma trama bem previsível, mesmo não sendo clichê, como você mencionou. Esses amor instantâneo é meio forçado pra mim, mas fico curiosa com a avaliação dele e claro, com o rumo que a história tomou. A edição está uma graça, então anoto a dica.

    Abraços
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mari! Adorei a premissa do livro e sua resenha. Acabou que aproveitei o precinho simpático do e-book e comprei! kkkk
    Vou tentar encaixar nas minhas próximas leituras, isso se não for a próxima leitura! Parece um livro delicioso de se ler! Valeu pela dica!
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  13. Eu lembro de já ter visto a capa desse livro por aí e achar que era um livro daqueles que dão dicas para mulheres encontrarem homens perfeitos (detesto livro assim), mas achei legal poder conferir a sua resenha. Não sei se a história me agradaria, acho que para descobrir eu precisaria ler o livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá Mari, como vai?
    Não conhecia nenhum dos dois, mas a sinopse do livro é muito interessante, vi que o e-book está com um preço bom na amazon, provavelmente eu compre para ver se vou gostar assim como você.
    Suas fotos ficaram lindas!

    Beijos e Abraços VIVI
    http://vickyalmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Nossa, não conhecia o livro nem sua autora!!! Gostei muito de conhecer A Teoria do Amor e ver que gostou tanto da leitura... Me pareceu mesmo uma história apaixonante. Fiquei curiosa e anotei sua dica :D

    Beijos
    https://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Pode parecer mentira, mas adoro um ogrinho... tem uns tão fofos!!! Já conhecia este livro, mas não tive oportunidade de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Adoro a escrita da Halice FRS. Esse chick lit é encantador e os personagens vivem num verdadeiro gato e rato que faz a leitura passar voar.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  18. Não sei se é minha experiência com romances e tudo mais, mas mesmo você dizendo que a obra foge do clichê, pra mim essa ideia do cara não crê em amor é bem clichê em romances sabe? a obra não é o tipo de leitura que eu faria =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa fuga dele é clichê, mas o motivo por ele ser assim e a condução da história foram novidade para mim.

      Excluir
  19. Ah, eu amo romances e anoto todas as dicas possíveis porque sou a maluca dos romances! hahuahuuha
    Não conhecia a obra mas conhecer aqui no seu blog foi super legal!
    Adorei a resenha e a dica que está super anotada!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Mari,
    Não conhecia nem o livro e nem a autora, mas depois da sua resenha estou bem curiosa para conhecer essa história. Saber como ela fez ele acreditar no amor.

    Amo leituras românticas e com personagens irônicos. Obrigada pela dica e pelos quotes. Vou procurar pra ler.

    Bjos Elis
    http://www.blogandolivros.com/2018/03/sem-folego-abbi-glines-serie-sea-breeze.html?m=1

    ResponderExcluir
  21. Oi Maria!
    Adoro livros com esta temática, ainda mais nacionais!
    Achei a sinopse bem bacana e já coloquei na minha lista
    O post ficou ótimo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Nossa adorei a história fiquei imaginando isso acontecendo comigo, realmente a edição é linda e mesmo não conhecendo a escrita da autora fiquei com vontade de ler, pois adoro capitulos que se intercalam. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  23. Oi Maria! A capa ficou bem divertida e esse romance entrou para minha lista, achei a história curiosa e fiquei com muita vontade de ler, apesar de parecer algo impossível de acontecer, pedir socorro e ficar com um estranho um final de semana inteiro, fala sério... Beijos

    Nara Dias
    www.viagensdepapel.com

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    A Halice era muito famosa no fanfom de Twilight, suas fanfics eram bem famosas, como eu não gostava muito da escrita dela, nunca me animei com seus livros. E sinceramente, bater na porta de uma pessoa e ficar o final de semana inteiro? Um homem? Eu preferia morrer de frio, sabe se lá o que iria fazer comigo, rs. Mas entendo perfeitamente que é ficção. Adorei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A personagem tem sim receio de ficar lá, mas na história ela não tem outra escolha; quando chega está machucada e abalada pelo acidente, e depois tem que esperar realmente por socorro, rsrs.

      Excluir
  25. Olá Maria, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse título, mas fiquei boquiaberta com a história, eu fui lendo e achando tudo muito original e inusitado também. Acho que não tinha visto um livro tão original assim fazia tempo. A edição está maravilhosa pelas suas fotos e vou anotar a dica, sem dúvidas!
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  26. :Hey, tudo bem?

    Tão bom encontrar um livro que nos faz amar e querer divulgar para todo mundo, né?

    Já vi esse livro e acho até que tenho no Kindle, vou dá uma chance depois.

    Suas fotos ficaram lindas!

    Beijos

    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  27. Oi, Mari

    Não conhecia o livro e essa capa me fez pensar que era um daqueles chick-lits super divertidos. Mas aí fuo lendo a resenha e vendo que não, que tinha uma coisa mais dramática ali no meio e tal, só não sei se curti a maneira como eles sr conhecem, esse lance de local isolado, sem comunicação e etc é algo que já vi várias vezes e confesso que não levo muita fé, mas acredito que seja uma história bacana.

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Eu gostei muito da diagramação desse livro, parece uma história divertida e é bem o que eu tenho procurado a um tempinho. Vou ler.

    ResponderExcluir
  29. Oi, Maria! Eu tenho muita curiosidade em ler esse livro, a capa é lindíssima e a história parece ser muito interessante e divertida. Estou curiosa para saber como a Maya vai conseguir convencer o Alex a dar uma chance ao amor. A sua resenha está ótima e espero conferir essa obra um dia. Bjss!

    ResponderExcluir
  30. Olá, tudo bem?

    Que premissa bacaninha! Confesso que não conhecia esse livro, mas gostei do que vi aqui. Parece ser um livro gostosinho e divertido, ainda pretendo adquirir ele.

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo