[VEDA 18] 3 livros de fantasia com protagonistas ladras

 Olá pessoal, tudo bem? Vocês estão sabendo que estou participando do VEDA, né?! Ele consiste em postar um vídeo por dia durante o mês de abril. E no décimo oitavo dia, trago um vídeo que já tinha gravado há algum tempo, indicando 3 livros do gênero fantasia que são protagonizados por garotas que precisam roubar, apertem o play para conhecer essas três ladas ou continuem lendo:



A primeira é a Gilly, do livro "Escola de Vilões 1" da Jen Calonita, publicado pela Única Editora em 2015. Ela tem 12 anos e mora no reino de Encantadópolis, governado pelas princesas dos contos de fadas. É a filha mais velha do sapateiro e tem cinco irmãos mais novos. Depois que a fabricação dos sapatinhos de cristal passou a ser feita pelas fadas madrinhas, a situação financeira da família de Gilly piorou muito, e para não passar fome, ela rouba dos nobres.

 Quando Gilly é pega roubando, é enviada para o Reformatório de Contos de Fadas, uma espécie de escola onde os vilões dos contos de fada são professores após se regenerarem, e trabalham para evitar que novos vilões surjam. Lá, Gilly repensará sobre seus atos e experimentará uma vida muito diferente da sua...

 Esse é um infanto-juvenil super rápido de se ler, com menos de 200 páginas. Foi uma leitura que me cativou e que promove uma reflexão interessante sobre o certo e o errado, além do ar de conto de fadas. O final desse livro é relativamente fechado, mas há um segundo volume para matar a saudade dos leitores. Clique aqui para conferir a resenha.


Sinopse: Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.


 A segunda ladra que lhes apresento é Mare Barrow, do livro "A rainha vermelha", escrito pela Victoria Aveyard e publicado em 2015 pela Editora Seguinte. Aos 17 anos, Mare é uma vermelha numa sociedade onde as pessoas são divididas pela cor do sangue: os de sangue prateado tem poderes especiais e regalias, os de sangue vermelho precisam viver com pouco e servirem aos prateados.

 Para ajudar a família, Mare pratica pequenos furtos, até que é pega, mas ao invés de ser presa, lhe é oferecido um trabalho no palácio, o que parecia ser algo bom, até que Mare quase morre e descobre que, apesar do sangue vermelho, ela também tem poderes. Imaginem a confusão que isso vai causar!

 E esse é só o início da saga de Mare Barrow, entre traições, segredos revelados e muitas lutas. Ela é uma daquelas personagens que passa por provações imensas, e o livro é um daqueles do qual não queremos desgrudar até chegar na última página, eletrizante! Esse é o primeiro de um série, que já tem mais alguns volumes, então o final mais aberto já nos faz querer correr para ler o próximo. Clique aqui para conferir a resenha.

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
 A terceira e última ladra protagonista de um livro de fantasia que lhes apresento é Lila Bard, do livro "Um tom mais escuro de magia", escrito pela V. E. Schwab e publicado pela Editora Record em 2016. Na Londres do século dezenove, Lila tem 19 anos, é órfã e seu sonho é ter um navio. Enquanto isso, ela se virava com pequenos furtos e roubos, sendo uma ladra procurada na cidade. Até que seu caminho se cruza com o de Kell, e ela descobre que há outras Londres além da sua, cidades onde a magia é muito mais intensa e presente do que ela poderia imaginar.

 Com sua sede de aventura, Lila descobriria um universo novo e embarcaria com Kell numa perigosa jornada para que um poderoso objeto ficasse em segurança. Diferente das duas personagens anteriores, Lila não tem uma família, e além de ladra, é uma assassina. Todas as três personagens roubam por falta de opção, é importante frisar. Gosto da Gilly e da Mare, mas a Lila é a minha favorita entre as três, esperta, corajosa e cheia de mistérios. O final de "Um tom mais escuro de magia" é relativamente fechado, mas há mais livros dando continuidade à série. Clique aqui para conferir a resenha.

Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.


 E por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Me contem: já leram ou querem ler algum desses livros? Conhecem outros livros de fantasia protagonizados por ladras? Clique aqui e acesse o canal do blog Pétalas de Liberdade para conferir os vídeos que estão rolando no VEDA, lembrando que tem TOP COMENTARISTA no canal esse mês.


Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

16 comentários

  1. Olá, Maria.
    Eu gostei bastante das dicas de hoje. Até porque já li os dois primeiros livros e o terceiro está aqui na minha estante esperando a vez dele hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curiosa pra saber o que vai achar desse terceiro.

      Excluir
  2. Não sei se já li algo com protagonista ladra, mas achei super interessante. Adorei saber um pouquinho sobre as personagens e sobre os livros.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse ultimooooo! Capa linda e parece ser maravilhoso!
    Bem interessante voce ter separado os livros sob essa perspectiva de mostrar as ladrinhas kkk
    Amei!

    um beijo

    ResponderExcluir
  4. Achei lindas as capas do primeiro e segundo livro. Eu leria sem dúvida!

    ResponderExcluir
  5. Que delícia essas três livros, uma ótica diferente das vilãs e eu acho muito legal, fora dos contos estamos precisando mais de empatia no mundo.Con certeza nas férias que ler ao menos dois deles ainda não quais.

    ResponderExcluir
  6. Devem ser ótimas leituras. Me interessei pela rainha vermelha. Vou procurar pra ler. Ótimo post. bjo Verônica Alves

    ResponderExcluir
  7. Tenho achado bastante interessante esse projeto VEDA (não sei se é bem um projeto rss) mas ja vi muita gente fazendo e curti. E dos 3 livros Escola de vilões seria um projeto de leitura. bjs

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li, mas gostei bastante da Sinopse do "Rainha Vermelha".
    A história parece boa e a capa, maravilhosa!

    ResponderExcluir
  9. Super completo seu post. Eu gosto dessas histórias onde os protagonistas ja mostram de cara seu lado dar kkkk. Parabéns pelo blog. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Não li ainda nenhum dos 3, não gosto de tema que envolva magia, mas achei legal os livros serem fora das versões tradicionais de mocinho, princesa...
    Muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto

    ResponderExcluir
  11. Eu nao conhecia essas indicações! Gosto da temática de fantasia nos livros.

    ResponderExcluir
  12. Faz um tempinho que ando atrasada com minhas leituras, mas estou sempre pegando indicações, pois assim que voltar a ler alguns vou comprar ... e o livro A Rainha Vermelha é um deles! Bjs (•‿•) ❤️

    ResponderExcluir
  13. Oi
    muito com essas sugestão de livros,não conhecia nenhum,as capas deles são lindas,vou ver tiro um tempo para ler e quem sabe comprar um desses livros interessantes,adorei bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Não conhecia nenhum dos 3 livros citados, já tinha visto resenha desse segundo apenas, gostei das indicações. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Nao conheço esses livros nao, mas ja gostei da resenha e da indicaçao

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo