Participe do livro SEDE - CONTOS DISTÓPICOS SOBRE UM FUTURO SEM ÁGUA - Inscrições abertas para o envio de textos.

     Olá pessoal, tudo bem? Como passaram o final de semana? No post de hoje, trago um convite da Editora Andross para vocês, especialmente para quem gosta de escrever.

"Até 31 de dezembro de 2014, a Andross Editora estará recebendo contos pós-apocalípticos em que a humanidade sofre com a escassez da água”


livro, contos, Sede, falta de águaA Andross Editora está recebendo contos de novos escritores para publicação no livro “Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água ”, a ser lançado em maio de 2015 no evento Livros em Pauta.



Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site 
www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 31 de dezembro de 2014.
Paola Giometti












“A recente crise da água em São Paulo nos fez pensar em como seria um futuro onde esse item essencial à sobrevivência se tornasse escasso. Existem filmes em que outros itens essenciais à sociedade se tornaram raridade, como terra, em Waterworld, e gasolina, em Mad Max. Mas histórias em que o mais básico à sobrevivência fosse o que mais faz falta, isso a gente ainda não viu por aí”, explica Paola Giometti, a organizadora do livro. “Queremos tramas que explorem todas as dificuldades que uma sociedade sofreria, como economia, criação de animais, agricultura, criminalidade... É claro que em contos é difícil contemplar todos esses aspectos. Portanto, esperamos receber contos que se foquem em um ou dois deles”, completa.

 SINOPSE DO LIVRO:
2013: o clima seco além do normal não chamou atenção do governo.
2014: com menos de 3% de capacidade do reservatório de água da capital paulista, o governo declarou que está tudo sob controle.
2017: a água quase desapareceu das regiões sudeste e nordeste do país, com uma parcela pequena de pessoas com acesso a ela.
2049: a população brasileira caiu vertiginosamente para 8%.
O ano atual é 2065. A falta de um recurso tão essencial nivelou pobres e ricos em uma única categoria: sobreviventes. A conhecida frase da ficção “em um futuro não muito distante” nunca foi tão aterrorizante.


SERVIÇO: 
Livro:Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água” 
Organização: Paola Giometti
Envio do texto: até 31/12/2014
Lançamento: Maio de 2015 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora

     E participem do sorteio da trilogia A Seleção clicando aqui.

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.
12 comentários via Blogger
comentários via Facebook

12 comentários

  1. Oi, Maria.
    Gostei dessa ideia de dar chance para novos leitores. Já vi esse post em 3 ou 4 blogs, e concordei com tudo.

    beijos.
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliete, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  2. Eu recebi o e-mail da editora, mas nem vou conseguir publicar hehehe. Achei muito interessante o tema e desejo boa sorte à quem escreve, E que sinopse é essa? Fiquei até com medo hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oi Claudio, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  4. Achei bacana a ideia.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  5. Adorei a idéia flor bem bacana ! Achei bem bacana a oportunidade !
    Beijos ♥ O Melhor de Mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Micaely, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  6. Vi sobre em um blog e já indiquei para um amigo meu hahahahaha
    show
    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clayci, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo