sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Entrevista com Denise Dourado Oliveira, autora do livro Dhyana e o guardião do portal

livro, entrevista, Dhyana e o guardião do portal, Denise Dourado Oliveira

 Olá pessoal, tudo bem? Fiz uma entrevista com a autora do livro Dhyana e o guardião do portal, que foi resenhado no blog alguns dias atrás e que está sendo sorteado em uma promoção (clique aqui para ver a resenha e aqui para participar do sorteio). A minha ideia inicial era fazer uma entrevista pequena, mas as perguntas foram surgindo e eu acabei fazendo várias perguntas para a Denise Dourado Oliveira, que foi super solícita e simpática. Confiram nosso bate-papo:

 1 - Como surgiu a ideia de escrever o livro "Dhyana e o guardião do portal"? De onde veio a inspiração?
 Quando morei em São José dos Campos (SP), fui professora de meditação e os alunos reclamavam que não podiam anotar nada para consultar caso eles esquecessem algo. Sempre disse a eles que se não retemos um conhecimento é por que ainda não estamos preparados para ele, mas sem dizer nada, comecei a escrever o livro pensando somente nos alunos, sem a intenção de publicar. Aconteceu que, uma das minhas mestras me advertiu que o conhecimento que adquirimos não é para ser retido e deve ser compartilhado, especialmente com quem não conhecemos. Por este motivo, resolvi editar o livro.

 2 - Na contracapa do livro, consta que você é professora de meditação e se dedica aos estudos místicos e existenciais. Parte do que foi ensinado para a personagem Dhyana também faz parte da sua filosofia de vida, do que você faz no seu trabalho, do que você vive no seu dia-a-dia (por exemplo: a forma respeitosa de se relacionar com a natureza, acreditar no poder das plantas, acreditar que temos missões para cumprir em nossas vidas)?
 Atualmente não estou dando aulas de meditação, embora tenha alguns convites que devo analisar em 2015. Pratiquei todos os exercícios do livro I no início de meu aprendizado. Atualmente faço exercícios mais avançados, embora o exercício do silêncio pratico até hoje e praticarei sempre. Nos outros livros aprofundarei mais os ensinamentos. Lembrando que em três livros, não há como descrever todos os exercícios e ensinamentos que podem ser feitos mas coloquei pontos chaves para que o leitor comece a se desenvolver espiritualmente.

 3 - Quanto tempo você levou desde o surgimento da ideia, a fase da escrita, até a publicação da obra? Como é a sua rotina para escrever?
 Levei 9 anos escrevendo o livro e esperei 2 anos para editá-lo. Para escrever você precisa ter disciplina. Tenho horários fixos para escrever e chego a escrever 8 horas por dia. Quando escrevo me envolvo na história e me sinto no mundo dos personagens, além do que quero compartilhar cada vez mais com os leitores os ensinamentos. Fica muito difícil parar de escrever.

 4 - Além da trilogia que conta a história de Dhyana, você tem planos de escrever outros livros? Ser escritora é um objetivo?
 Sim. Tenho vários livros em mente diferentes da ficção fantástica. Um deles conta a história de uma família amorosa mas muito atrapalhada que vive se envolvendo em confusões. Quando estou escrevendo esta história dou muitas risadas. Espero editá-la em 2015.

 5 - A capa do seu livro chama bastante atenção quando o vemos pela primeira vez. Você participou do processo de criação da capa? Como foi?
 Sim, participei totalmente. Quando pensei na capa do livro, queria que fosse inspirada na carta do tarô, A Sacerdotisa. Então passei esta ideia para a artista que assina a capa. Conversávamos bastante mas não falei sobre a história e nem mostrei o livro para ela pois não queria influenciá-la. Queria que ela criasse livremente. A capa é uma tela pintada à mão por ela. Foi digitalizada para virar a capa do livro. Provavelmente no livro dois farei o mesmo.

 6 - E como foi a escolha dos nomes dos personagens?
 Dhyana é um dos nomes da lua na magia. Também é um termo Sânscrito que se refere a um dos tipos ou aspectos da meditação que é a contemplação. Shal e Guian são abreviaturas dos nomes de duas mestras com quem pratiquei meditação. Jordan e Brian são nomes de alunos de meditação.

 7 - No site onde seu livro é vendido, ele é classificado como Auto-Ajuda, Desenvolvimento Humano e Espiritualismo. Mas ao lê-lo, vi que ele também tem todos os elementos de um romance, de uma obra de ficção fantástica, tão apreciados pela maioria dos leitores. Você tinha em mente escrever uma obra que se encaixasse também nessas classificações, ou seu foco era a parte espiritual?
 Meu foco neste livro é o desenvolvimento espiritual. E não só neste livro. Posso mudar o cenário da historia em outros livros que escrever, mas a mensagem será sempre para que o leitor busque o melhor dentro dele, desenvolva seus dons, sua mente e abra seu coração para descobrir o quanto maravilhosa sua vida pode ser. Quando iniciei neste caminho procurei livros com linguagem simples que me ajudassem a descobrir e entender algumas coisas, então escrevi um livro que gostaria de ter lido naquela época.

 8 - Além do seu, tem algum livro que você gosta e indica para mim e para os leitores do blog?
 Posso indicar alguns que li e acredito sejam bons para abrir nossa mente:
 Ilusões - Richard Bach,
 Signos Estelares – Linda Goodman,
 Estes dois acima são muito bons, quebram alguns paradigmas.
 Conversando com Deus – Neale Donald Walsch,
 Histórias para aquecer o coração - Diversos autores,
 Um dia minha alma se abriu por inteiro - Iyanla Vanzant
 Este livro é um programa de desenvolvimento espiritual muito bom.

 9 - Quais são os planos para a continuação da trilogia? Já tem data para o lançamento do próximo livro? Já está definido como vai terminar a história de Dhyana? Posso esperar que personagens secundários como o rei e Shal terão suas histórias desenvolvidas paralelamente à história de Dhyana?
 Já estou escrevendo o livro dois. Previsão de lançamento: agosto de 2015. Não defini o final da história por que escrevo o livro de acordo com a inspiração que tenho no momento. Tudo pode acontecer. Pretendo sim, contar as histórias dos personagens secundários pois os leitores gostam de saber sobre eles. Muitos me perguntam como Shal se tornou mestra das sacerdotisas e como Guian conheceu a Fraternidade da Rosa. Assim como você, também querem saber sobre o rei, pai de Jordan e sobre os outros personagens. São histórias bem interessantes que merecem ser contadas.

 10 - Diga para os leitores do blog que ainda não leram seu livro, o que eles podem esperar de "Dhyana e o guardião do portal"? E para os que já leram, o que podem esperar da continuação?
 Sempre digo para quem ainda não leu, que o livro é uma jornada espiritual e mental em busca de um propósito para a vida. O livro vai muito além da ficção, ele é um instrumento que auxiliará o leitor a conhecer melhor suas forças internas e evoluir espiritualmente, sempre em busca de uma razão maior em sua existência. O objetivo é conduzir as pessoas ao autoconhecimento.
 Minha proposta é que o leitor se inspire na história, pratique os exercícios e entenda qual é a sua verdadeira missão na Terra. Afinal, os desafios e questionamentos que Dhyana enfrenta têm características comuns com a realidade das pessoas que acreditam na existência de um significado maior em suas vidas.
 Quanto ao volume II e III, espero surpreender os leitores com novos personagens muito interessantes e através deles compartilhar mais sobre o que aprendi e aprendo em minha caminhada. Muitos leitores me enviam mensagens quando acabam de ler o volume I dizendo, “como assim acabou?” “quando vai sair o dois?”. Acredito que livros tem que ser surpreendentes, por isso, assim como o volume I , os outros dois volumes terão um final inesperado. Portanto, podem esperar para serem surpreendidos positivamente.


 Espero que vocês tenham gostado! Mais uma vez, muito obrigada pela atenção, Denise! É impossível ler Dhyana e o guardião do portal sem achar ao menos um trechinho onde a gente possa aprender alguma coisa boa!

 Reforço meu convite para que vocês leiam a resenha e participem da promoção. Provavelmente, na semana que vem, estarei publicando o post de inscrição para o book tour desse livro que estarei promovendo.

 Detalhes:
 Editora Perse
 296 páginas


 Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram. 

24 comentários:

  1. Não conhecia a autora e nem o livro, então adorei a entrevista. É sempre bom conhecer novos autores nacionais.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
  2. Oii, não conhecia esse livro, mas parece ser bem legal. Achei muito bacana as respostas da autora e essa coisa do livro ir além da ficção =D
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro e nem a autora, mas eu adoro entrevistas com autores, de todos os tipos. É muito bom estar por dentro dos novos nomes da literatura!
    Sucesso com o blog, beijos!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente nunca ouvi falar da autora e do livro, mas adorei conhecer!
    Obrigada pela dica, pois precisamos abrir o leque na Literatura!
    Bom final de semana,amiga!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a autora.
    Adorei

    http://kidelicinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Atuando de entrevistadora?
    Olha que o Boteco de Blogueiros está perdendo rsss
    Legal. É bom diversificar.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou, Claudio :) ? Obrigada pela visita e comentário!

      Excluir
  7. Não to conseguindo escrever meus comentário aqui, o google apaga tudo :'( mas vamos lá, vou tentar resumir aqui hahaha
    acho essas entrevistas com autoras MUITO bacana porque dão um jeito de conhecermos melhor quem vamos ler e entender um pouquinho o que e quem tem por de trás de todas essas linhas.

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que google malvado :(, se o problema persistir, me avise por favor. Obrigada pela visita e comentário!

      Excluir
  8. Oiii, adoro essas entrevistas! É sempre bom conhecer mais sobre o autor e suas obras! Fiqei bem curiosa quanto a próxima história da autora. Tomara que seja mesmo lançada em 2015, porque quero lê-la o quanto antes. Beijo,
    http://entreeleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei a entrevista! Que bom saber que o livro teve sucesso e ela já está escrevendo o segundo :)

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem resenha nova no blog de "Escola Noturna", vem conferir!

    ResponderExcluir
  10. Achei a capa muito bonita, e ela chama mesmo a atenção de quem não conhece a história. A entrevista foi ótima, e gosto quando o autor de um livro se interessa por fazer parte de toda a criação da obra, tornando um evento e demonstrando o amor por aqueles que vão saborear o enredo. Achei a autora muito querida!

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi flor, tudo bem?

    Nossa, a autora é uma simpatia. Confesso que Dhyana não faz muito o meu estilo. Mas espero que a autora consiga concretizar todos os projetos dela para 2015.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari, tudo bem?
    Adorei sua entrevista! Não conhecia nem a autora nem o livro, mas através dessa entrevista deu pra captar bastante coisa sobre a vida dela e sobre o livro Dhyana e o guardião do portal.
    O livro parece ser interessante e a capa chama muita atenção! Achei bacana o fato do livro ter surgido como uma forma de dividir seu conhecimento com outras pessoas.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados