Resenha: livro "O Deputado", Fernanda Terra

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é O Deputado, escrito pela Fernanda Terra e publicado pelo selo Literata da Editora Arwen.

Resenha, livro, O Deputado, Fernanda Terra, Arwen

 A narração é intercalada entre o casal protagonista e a história se passa nos Estados Unidos. Linda Marilyn Stevens tem 22 anos, escreve uma coluna sobre política em um grande jornal e é apaixonada por Artur Sebastian Scott desde a adolescência. Filho de um político, Artur se prepara para seguir os passos do pai e se candidatou ao senado. As eleições estão próximas e em um evento de campanha, os caminhos de Artur e Linda se cruzam, ele fica fascinado pela linda mulher de vermelho e assim começa o romance entre o futuro senador e a jornalista.

 Quando eu gosto de um romance, começo a lê-lo e faço o possível para não largar o livro até terminá-lo. Eu queria muito poder ler O Deputado, por achar a capa bonita e por acreditar que a história pudesse ser boa devido a comentários de fãs da trilogia. Comecei a ler o livro em agosto, li alguns capítulos, parei, continuei lendo por não querer deixar a leitura inacabada e terminei agora em outubro. Por que eu demorei tanto? Porque a história não me prendeu.

 Artur e Linda parecem formar o casal perfeito: bonitos, jovens e ricos. Não consegui gostar do Artur, ele é um homem arrogante, autoritário, pouco humilde. Quanto a Linda, não consegui me convencer que alguém tão jovem pudesse ter uma coluna de tanto prestígio e importância. Os personagens me pareceram rasos, os conflitos do casal me pareceram superficiais.

 Talvez, se O Deputado fosse um dos primeiros romances que eu tivesse lido, pudesse ter gostado um pouquinho mais, mas já tendo lido tantos, sei que é possível criar homens durões e mulheres puras que se mostrem bem mais cativantes. São nas nuances, nos detalhes, nas imperfeições que um personagem pode me conquistar, Linda e Artur não evoluíram no decorrer da trama nem tinham imperfeições pelas quais eu me encantasse.

 As excessivas cenas de sexo acabaram ofuscando o que poderia tornar o livro mais interessante: saber se Artur seria ou não eleito, saber o que aconteceria com a carreira de Linda quando seu romance com um candidato se tornasse público. Acho que as cenas mais quentes são importantes quando mostram a evolução de um relacionamento, quando tem um motivo para existirem na história, não quando são apenas repetição do que aconteceu no capítulo anterior. Os inimigos e concorrentes políticos de Artur são extremamente fracos, "burros" como ele mesmo disse em uma cena, é obvio que ele é o cara capaz de vencer qualquer um, ele é um político perfeito (embora, além de ser dito que ele não era corrupto, eu não tenha conseguido ver nada a mais de admirável), e é óbvio que Linda, com toda sua beleza e inteligência, conseguiria conquistar os sogros.

 O Deputado é o primeiro da trilogia escrita pela autora, o segundo se chama O Senador e já foi publicado, o terceiro se chamará O Presidente e ainda não foi lançado.

  Da mesma forma que para mim não foi uma das minhas melhores leituras, pode ser um livro que agrade a outros leitores, como realmente agrada pelo que já vi em outras resenhas. A autora tem sim uma boa escrita, que proporciona uma leitura fluida. Provavelmente leria outros livros dela, que não fossem da trilogia.

 Continuo gostando da capa, não me lembro de ter encontrado erros de revisão e a diagramação do e-book estava super caprichada (eu li em e-book, mas há o livro impresso para venda).

 Detalhes: 336 páginas, ISBN: 978-85-68255-06-3, Skoob. Compre na loja da editora.

 Por hoje é só; me contem: alguém aí já leu o livro? O que achou?

 Participe das promoções do blog: sorteio de 3 livros da Editora Agir - HarperCollins Brasil (ÚLTIMOS DIAS!!!) Promoção de Halloween: sorteio de 5 super kits de livros.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Tive a msm sensação que você sobre este livro...
    A Trama não me prendeu é cm se eles não tivessem conflitos. Acho q podia explorar
    um pouco os personagens coadjuvantes!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo