Resenha: livro "Os últimos jovens da Terra: 4 contra o apocalipse", Max Brallier e Douglas Holgate

 Olá pessoal, tudo bem? Na resenha de hoje, venho comentar sobre minha experiência com o livro "Os últimos jovens da Terra: 4 contra o apocalipse", escrito por Max Brallier e ilustrado por Douglas Holgate, publicado em 2019 no Brasil pelo selo MilkShakespeare da Faro Editorial.

Resenha, livro, Os-ultimos-jovens-da-terra, Max-Brallier, Douglas-Holgate, Faro-Editorial, capa, foto, zumbi, netflix, blog-literario, blog-literario-petalas-de-liberdade, opiniao, criticia, trecho,

 "Esta é a coisa mais idiota que eu já fiz. De longe. E fiz muitas coisas idiotas. Quero dizer, eu sou o cara que uma vez lambeu desodorante porque pensou que era mais elegante do que escovar os dentes." (página 198)

 A história é narrada por Jack Sulivan, um garoto de treze anos. Há quarenta e dois dias, sua cidade foi invadida por zumbis e por monstros gigantes, sua família adotiva fugiu deixando-o para trás.

 Desde então, Jack tem tentado sobreviver dia após dia em sua casa na árvore. Entre seus objetivos, está o de se reencontrar com Quint Baker, seu melhor e único amigo, que é apaixonado por ciências, e salvar June Del Toro, a garota por quem Jack é apaixonado e que, na última vez em que ele a viu, estava escondida na escola.

 Acompanharemos o reencontro de Jack com Quint, sua busca por June, a relação com Dirk Savage (que era o valentão da escola mas, agora, pode ser um par de braços fortes e úteis durante o apocalipse zumbi). Além do desafio representado pelos mortos-vivos, Jack ainda precisa enfrentar um monstro gigante que parece determinado a persegui-lo. Será que chegarão todos bem no final dessa aventura?

 "Sou um guerreiro órfão e nerd. Sou um tornado matador de zumbis e caçador de monstros descolado (não exatamente , mas a história é minha, então aceite). E eu vou...
 Resgatar a June Del Toro e completar o Feito MÁXIMO de Sucesso Apocalíptico!" (página 31)

 "Os últimos jovens da Terra" é o primeiro lançamento do MilkShakespeare, selo da Faro Editorial destinado ao público mais adolescente e à cultura pop. E o selo não poderia ter começado melhor!

 O livro é uma leitura muito fluida e cativante, é fácil visualizar a história através da ótima escrita do autor e das ilustrações. Tem muita ação, de tirar o fôlego, nas fugas e nas lutas contra os zumbis e monstros, tem cenas e diálogos super divertidos, uma pitadinha bem sutil de romance e de empoderamento feminino (afinal, June não é uma donzela em perigo). Acima de tudo, o livro retrata a importância da amizade e como ter amigos pode tornar qualquer situação bem melhor, inclusive um apocalipse zumbi.

 "- (...) Ou então os Vingadores apareçam. Tipo o Homem de Ferro ou qualquer outro.
 - O Homem de Ferro não é real, Jack!
 - Mas o Robert Downey Jr. é! Aposto que ele poderia ajudar.
 - JACK!
 - Desculpe, você está certo - respondi. - Ele provavelmente está ocupado sendo famoso e tal." (página 44)

 A ambientação é bacana, há um mapa mostrando a cidade. Os personagens também são interessantes, vemos como o interesse de Quint pela ciência pode ser tão importante quanto a força física de Dirk, temos as habilidades de June e, por fim, Jack, um garoto que teve uma vida nada fácil, passando por diversos lares adotivos sem ter uma família que o amasse de verdade, e que mesmo assim não desistiu, decidindo se tornar um herói.

 "Agora, vamos falar do problema das escolas. Eu odeio escolas. Provavelmente você também. As crianças em geral não gostam. Mas eu odeio escolas MUITO MAIS do que a maioria das pessoas. Para você entender, eu frequentei mais ou menos umas dez escolas diferentes nos meus treze anos de vida. A cada ano, jogado de uma cidade para outra, sempre uma casa nova e uma escola nova para ir.
 Para mim, toda vez que eu entro em uma escola, é uma lembrança de como eu não sou normal. Como eu não sou igual às pessoas comuns. Como eu simplesmente não me encaixo aqui" (página 147)

livro, Os-ultimos-jovens-da-terra, Max-Brallier, Douglas-Holgate, Faro-Editorial, capa,
sinopse, livro, Os-ultimos-jovens-da-terra, Max-Brallier, Douglas-Holgate, Faro-Editorial, capa,
Ilustracao, livro, Os-ultimos-jovens-da-terra, Max-Brallier, Douglas-Holgate, Faro-Editorial,
Ilustracao, livro, Os-ultimos-jovens-da-terra, Max-Brallier, Douglas-Holgate, Faro-Editorial,

 A edição está muito caprichada! Ótima revisão, páginas amareladas, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho e boas ilustrações que ajudam a contar a história. A capa tem verniz localizado em relevo, combinação agradável de cores e fontes, ilustrações na parte de dentro.

 Gostei muito desse livro e super recomendo para leitores adolescentes e também para os mais adultos como eu; mesmo que você não seja o maior fã de zumbis, vale a pena acompanhar a aventura do Jack com os amigos. É uma leitura rápida e, apesar de ser o primeiro de uma série, fecha bem o objetivo inicial da trama e deixa aquela vontade de ver mais aventuras dos personagens.

 "- Espera aí, Jack... você, hã, por acaso você está se divertindo durante o fim do mundo?
 - Bom, eu... olha só, sim, é terrível - respondo bem sério agora. - Mas não vou simplesmente desistir. Sim, alguns dias são muito assustadores, e às vezes as coisas são absurdamente tristes, mas estou realmente me esforçando muito, muito mesmo, para continuar vivendo e aproveitando cada momento. E com os meus amigos." (páginas 164 e 165)

 Detalhes: 240 páginas, ISBN-13: 9788595810945, Skoob, leia o primeiro capítulo. Curiosidade: o livro tem uma adaptação na Netflix; a obra é uma boa indicação para quem curte histórias no estilo de Diário de Um Banana, mas confesso que gostei bem mais do Jack de "Os últimos jovens da Terra" do que do Greg de "Diário de Um Banana". Clique para comprar na Amazon:


 Por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Me contem: já conheciam o livro ou sabiam da adaptação na Amazon? Curtem essas histórias que trazem ilustração para complementar a trama?

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

17 comentários

  1. Oii! :)
    Ah, eu adorei demais esse livro! Também leve e divertido, mas ao mesmo tempo com mensagens escondidas e cheias de significados! A edição realmente está linda, dá gosto de ler! <3

    Beijos
    www.ventodoleste.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá..
    Adorei a sua resenha!
    Ainda não conhecia a obra em questão, mas pelos seus comentários pude perceber que com certeza é um livro que me agradaria. A premissa é bem legal e, é claro, já anotei a sua dica!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Eu não estava sabendo do lançamento desse selo da Faro, mas achei interessante eles focarem uma parte só nos jovens.
    O livro não me interessa muito, mas talvez meu irmão possa gostar.
    Obrigada pela dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2019/11/resenha-estudo-independente-livro-2.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari.

    O livro parece ser bem juvenil, mas adorei a sua resenha e ele contém elementos que agradou e despertou meu interesse. Com certeza quero conferir este livro melhor. Já estou adicionando na lista de desejados. Parabéns pela resenha e obrigada pela dica.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oie! Eu disse naquela outra postagem que me interessei por esse livro, agora tenho certeza que quero ler. Hehe gosto muito de histórias assim e pelo que vi as ilustrações são bem fofinhas!

    A historia em si é bem diferente do que eu imaginava, mas achei interessante também!

    Até!

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Tenho que dizer que gostei muito do traço das ilustrações!
    Não sou o público alvo mas amo demais este tipo de história, ainda mais por parecer tudo bem louco.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  7. Que livro diferente, gostei! Apesar de parecer uma temática bem infanto-juvenil, a premissa dele me chamou atenção. Fico imaginando como eu reagiria com zumbis invadindo a cidade haha.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu sou uma das pessoas que não curtem um livro de zumbis (nem nada deles, na verdade), mas conheço algumas pessoas, inclusive meus primos mais novos e sobrinhos, que iriam amar, então já anotei a dica pra poder comprar de presente de natal! hahaha

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não curto outros tipos de obras que tenham zumbis, mas nos livros que já li até que gostei bastante.

      Excluir
  9. Oi, tudo bem? Concordo com você a edição bem bonita, um trabalho incrível da editora. Já tinha visto alguns comentários sobre e achei bem legal a ideia de transformar a história em série. Toda essa dinâmica me fez lembrar do filme Os Goonies. Pelas aventuras, amizade e desafios. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  10. Eu não costumo gostar de livros com zumbis, mas achei esse bem divertido. Achei bem triste a família dele o abandonar assim, mas no geral parece divertido. E apesar de ser mais infanto juvenil, eu quero muito dar uma chance!

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari!
    Adorei a capa, bem colorida e as imagens bem definidas. O enredo me chamou a atenção por ser fantasia e por se tratar de um declínio do mundo apocalíptico. Parabéns pela resenha, fiquei curiosa pela trama e obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  12. A Faro tem se superado com suas publicações, eu certamente vou comprar para presentear, pois por não gostar de zumbis não o lerei.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  13. Sou a louca dos zumbis, estou muito ansiosa para ler esse livro e depois vou ler para o meu filho porque ele também ama! Adorei a resenha, acho que vou gostar muito da leitura

    ResponderExcluir
  14. Eu nunca li livros com zumbis, acredita? Acho que esse é um bom livro de partida então, sem contar que parece ser ótimo e bem leve

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo