Resumo literário de 2020

 Olá, pessoal! Hoje, venho trazer um resumo literário do último ano. Apertem o play para conferir no vídeo ou continuem lendo:

 Antes disso, os últimos recebidos! Em dezembro, a Faro Editorial enviou:

 "Os Últimos Jovens da Terra: A Ameaça Cósmica" do Max Brallier, amei os anteriores da série e estou animada para ler esse.

 "O plano perfeito para dar errado" da Cameron Lund.

 Da autora Sara Fidelis, recebi a edição física de Ritmo Envolvente, lançado pela Bezz, já resenhei o e-book aqui.

 

 Com esses três, totalizei 34 livros novos esse anos, sendo 20 de parceria, 12 comprados (comprei o box de Percy Jackson e o box de Spindle Cove e cada box tem 5 livros), e recebi dois livros que tinha apoiado no catarse em 2019 e foram entregues em 2020. Dos 34, eu li 11.

 Falando em leituras, em dezembro, li dois livros que estavam há séculos na minha estante, foram "Nas Montanhas do Marrocos" da Luisa Bérard e "O desafio do labirinto" que é o segundo da trilogia A Caverna Cristalina da Christiane de Murville.

 Com esses dois livros, segundo o meu Skoob, completei 45 leituras no ano, mas tem alguns e-books que li e não estavam cadastrados no Skoob e não entraram na contagem. Já resenhei praticamente todos que queria resenhar.

 Foram 30 e-books e 15 físicos, li bastante no Kindle Unlimited.

 Vou aproveitar o post para listar minhas leituras favoritas de 2020, que não estão em ordem de preferência e sim divididas por "gêneros". É só clicar nos títulos para conferir as resenhas.

 Li 5 suspenses/thrillers/romances policiais dos quais gostei muito:

 Sem Saída, Taylor Adams, Faro Editorial, sobre uma jovem que vê uma criança presa num carro no meio da neve e precisa decidir para quem pedir ajuda para libertar a criança, afinal, uma das pessoas que está naquele estacionamento é o responsável por prender a criança, uma leitura eletrizante.

 Também da Faro, Nunca Saia Sozinho do Charlie Donlea, sobre mortes num colégio interno, foi uma leitura que me prendeu muito.

 Outro suspense de que gostei muito foi O Canto das Sereias, da Val McDermid, Bertrand Brasil, que traz a investigação para pegar um serial killer, amo a forma como a Val constrói as investigações.

 O Jardim das Borboletas, da Dot Hutchison, Planeta também foi um suspense que amei, uma leitura que me prendeu muito, é sobre garotas que passaram anos em cativeiro.

 E teve um nacional maravilhoso: A Segunda Morte de Suellen Rocha, da Cláudia Lemes, AVEC; uma mulher é assassinada e isso pode estar relacionado com algo que aconteceu anos atrás com essa mulher e as amigas dela, e essa questão da amizade das personagens no passado me marcou muito, eu amei.

 Saindo dos suspenses e indo pros romances, o melhor romance sobrenatural que eu li em 2020 foi Prazeres Sombrios, da Kresley Cole, Valentina. Temos o romance entre um vampiro e uma valquíria que mata vampiros, teve um certo momento em que eu estava totalmente envolvida pela história, como se estivesse dentro do livro e nada mais fora da história existisse, é mágico quando isso acontece!

 O melhor romance que li foi Doce Tentação, da K. Bromberg, AllBook Editora. A gente tem aquele clichê de garota que precisa de um namorado de mentirinha para ir no casamento do ex, os protagonistas tem questões mal resolvidas no passado, uma leitura deliciosa!

 O melhor romance de época foi Lady Audácia, da Karina Heid, ambientado em um antigo reino da Alemanha e que é divertidíssimo, tem cenas muito engraçadas mas também é apaixonante.

 Nos young adults, gostei muito de Desgrávida, de Jenni Hendriks, Ted Caplan, Faro Editorial, onde acompanhamos uma viagem bem interessante de duas ex melhores amigas.

 E gostei muito também de Garota em Pedaços da Kathleen Glasgow, Outro Planeta, um sick-lit que fala sobre automutilação de uma forma super responsável e sobre a difícil missão de se encontrar no mundo adulto.

 Meu chick lit favorito do último ano foi A Lista que Mudou Minha Vida da Olivia Beirne, Faro Editorial, a protagonista vai tentar cumprir os desafios de uma lista que a irmã fez para ela, e é incrível como essa atitude da protagonista de tentar concluir essas tarefas vai mudar a vida de muita gente. Vale a pena ler!

 E meu livro favorito do último ano foi "se deus me chamar não vou", da Mariana Salomão Carrara, editora Nós. São confissões de uma garota de onze anos, e não tenho palavras pra dizer o quanto esse livro é maravilhoso!

 Tem resenha de todos esses títulos no blog e no instagram. Todos os que são e-books estão no Kindle unlimited. Teve também alguns livros que não curti e as resenhas negativas também estão aqui.

 Por causa da pandemia, 2020 foi um ano bem complicado, não tive muita cabeça para metas. Também não tenho metas claras para 2021, só espero que seja um ano melhor.

♥ Assine o Amazon Prime e tenha frete grátis na Amazon: https://amzn.to/30SEQdA.

 ♥ Teste o Kindle Unlimited gratuitamente por 30 dias ou assine: https://amzn.to/2XuouGa .

Até o próximo post!
Me acompanhe nas redes sociais:

2 comentários

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo