Resenha: livro "Filho das Sombras", Juliet Marillier

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é Filho das Sombras, escrito pela Juliet Marillier e publicado no Brasil pela editora Butterfly.

Resenha, livro, Filho das Sombras, Juliet Marillier, Sevenwaters, Filha da Floresta, quotes, trecho, citação, opinião, capa, fantasia, ficção-fantástica, irlanda, mitologia

 "- (...) Você o conquistou com sua coragem e com seus contos. Ele é seu agora. Você conquistou uma criatura selvagem, embora não tivesse onde mantê-la." (página 264)

 Filho das Sombras é o 2° livro da série de fantasia Sevenwaters (o primeiro é Filha da Floresta e tem Sorcha como narradora), a história se passa onde hoje é a Irlanda e é narrada por Liadan, uma jovem de 16 anos. Ela morava com o pai, a mãe (Sorcha), a irmã mais velha (Niamh), o irmão gêmeo Sean e um tio em Sevenwaters, província protegida pela floresta.

 "(...) eu percebia que mamãe ficava olhando para Niamh, para Sean e para mim com ares de preocupação, e sabia no que ela estava pensando. Cedo ou tarde os Seres da Floresta iriam decidir que seria hora de interferir em nossas vidas novamente, enlaçando os fios da trama ainda por terminar e dando mais alguns pontos. (...) Os Seres da Floresta eram sorrateiros e agiam de maneira imprevisível." (página 25)

 Niamh era extremamente bela e sonhadora, já Liadan era mais apegada a família e queria uma vida tranquila. Assim como a mãe, Liadan aprendeu a usar as plantas para curar, mas seus dons eram ainda maiores do que os de Sorcha. Sevenwaters estava aparentemente em paz, com Sean, seu pai e seu tio pensando em alianças para fortalecer o território, até que um antigo segredo fez com que os homens da casa tomassem uma atitude drástica que foi o começo da mudança na vida de Liadan.

 Enquanto visitava um doente, ela foi raptada por um dos membros do bando do Homem Pintado, um grupo de homens excêntricos que estavam famosos pelos crimes que cometiam. A jovem deveria curar um dos membros do bando, mas, enquanto isso, foi descobrindo que o Homem Pintado não era só o bandido que diziam.

 "Tentei manter um semblante calmo, mas por dentro estava morrendo de medo. Justo eu, a menina que só queria ficar em casa cuidando de seu jardim de ervas. Eu, a menina que adorava ficar contando e ouvindo histórias com a família depois do jantar, agora daria instruções para aqueles homens estranhos arrancarem o braço de um homem à beira da morte e cauterizarem o ferimento com ferro em brasa." (página 119)

 O encontro com o Homem Pintado mudou completamente a vida da jovem, mas as criaturas mágicas conhecidas como Seres da Floresta diziam para Liadan que ela deveria ficar para sempre na floresta, só assim ela e toda Sevenwaters estariam a salvo de um antigo mal que já havia quase destruído a região há tempos atrás. Mas Liadan não era Sorcha, ela não deixaria que os incompreensíveis Seres da Floresta usassem sua vida como bem entendessem, ela iria lutar pelo que queria.

 "Minha intenção, antes de encontrá-los na estrada, era fazer exatamente o que eles queriam: voltar para Sevenwaters, retomar minha vida de antes e fazer de tudo para esquecer o Homem Pintado e seus seguidores. Mas algo dentro de mim mudou naquele instante. Eu me recusava a obedecer cegamente àqueles seres que tratavam a mim e aos meus semelhantes com tão pouca consideração." (página 230)

 Comparando brevemente Filho das Sombras com Filha da Floresta, posso dizer que no segundo volume da série o romance tem uma importância bem maior para a trama do que no primeiro, o amor de Liadan é o fator principal para o desenrolar da história, enquanto no primeiro é o amor de Sorcha pelos irmãos que faz a história acontecer. Há também mais segredos, magia e jogos de estratégias e conspirações.

 Liadan é uma personagem forte e inteligente, que faz o que precisa ser feito, mas não abre mão do que quer. Se alguém não quer lhe dizer o que ela precisa saber, ela procura outra pessoa que diga ou segue em frente tirando suas próprias conclusões. Liadan ama e cuida da família, mas não deixa que tomem as rédeas da sua vida, não aceita que lhe imponham um casamento só para fortalecer as alianças da província ou que lhe obriguem a ficar na floresta abrindo mão do seu amor apenas para cumprir uma profecia que ninguém lhe explica direito.

 Alguns personagens secundários do livro anterior tem papel importante no segundo, desfechos de Filha da Floresta ficam mais claros em Filho das Sombras, mas Filho das Sombras tem um final um pouco mais aberto que o primeiro livro, de forma que eu gostaria que houvessem mais páginas nele. Ainda fiquei com algumas dúvidas ao terminar a leitura, por exemplo: quem é o filho que dá nome ao livro, Bran ou Ciarán? E quem é a terceira criança que Sorcha via em seus sonhos? Quais seriam as consequências das escolhas de Liadan?

 Filho das Sombras me fez pensar se o caráter de uma pessoa pode ser determinado pelo sangue que corre em suas veias, me revoltou ao mostrar o uso do casamento como uma moeda de troca e a pouca liberdade de mulheres sobre o destino de suas vidas, e me fez pensar bastante sobre a confiança.

 "A confiança pode ser muito perigosa quando depositada na pessoa errada. Comecei a perceber como é perigoso fazer uma escolha baseada em confiança ou naquilo que outra pessoa nos diz ser o correto." (página 446)

 O livro poderia ter um revisão melhor. A capa segue o padrão do volume anterior (gostei dela, embora ache a capa do primeiro mais bonita), as letras são prateadas e título é em alto-relevo (também na lombada). As páginas são amareladas e a diagramação tem margens, espaçamento e letras de bom tamanho.

 Eu aconselharia que Filho das Sombras seja lido depois de Filha da Floresta, mas, como são duas protagonistas diferentes, a história até pode ser feita fora de ordem, se o leitor pesquisar um pouco sobre o universo da série.

 Detalhes: 615 páginas, ISBN-13: 9788588477995, Skoob (minha nota: 4/5, média de notas: 4,6/5). Onde comprar online: AmericanasSubmarinoloja da editora. Acesse o site da Butterfly: www.editorabutterfly.com.br.

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post. Alguém aí já leu o livro ou algum outro da série ou da autora? Termino a resenha com a citação mais linda que encontrei em Filho das Sombras, até parece letra de música ou poesia:

 "- Jamais abandono a quem amo. Ficarei com você até o fim e muito depois, ainda. Olhe para cima, querido. Veja a luz e a siga. Venha para mim. (...) Se tiver que contar, conte as estrelas, meu amor. Quantas estrelas estão no céu, olhando para nós enquanto estamos nos braços um do outro, felizes? (...) Quantas vezes o coração bate, com que velocidade o sangue corre cada vez que nos tocamos e respiramos rapidamente, juntos? Conte estas coisas se tiver que contar, pois são parte da vida, e da esperança." (página 523)

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.
15 comentários via Blogger
comentários via Facebook

15 comentários

  1. Oieee, menina não li nenhum dos livros :o
    Acredito que o livro seja muito bom, personagens fortes e inteligentes deixam a leitura tão boa. Porque sei lá, ficam um pouco teimosas também, devido a personalidade.

    hsauhuahsuahsuas.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oiiii, eu não li nenhum dos livros :o
    Eu sabia da existência do primeiro, achei a capa tão encantadora, que abraçaria hahaha
    Adorei a resenha.
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Já li algumas resenhas de Filhas da Floresta e acho a premissa da história bem interessante, então é uma leitura que ainda cogito fazer.
    Não sabia que se tratava de uma série, mas achei legal o fato de serem protagonistas diferentes, o que não nos obriga a ler em uma ordem.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Oee,
    Tenho os marcadores dos livros só que eu não tenho interesse nenhum em ler :/

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. acho a premissa boa, mas não sei se leria. não me deu aquele animo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? Eu amo essa série. Sorcha me conquistou tanto e chorei tanto com ela. Liadan também foi maravilhosa, muito guerreira e que também conquista.
    Adoro a escrita da autora, a forma como ela detalha a Irlanda e toda a magia da história. Juliet tem uma escrita que encanta e que todos merecem ler. Parabéns pela resenha.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei essas citações do livro, adorei o livro, parece ser muito bom, a questão para não ler ele é money... ahshahs :(

    ResponderExcluir
  8. Tá na minha lista de leitura desde que foi lançado e eu sempre acabo adiando a leitura, e eu sempre me arrependo. Esse livro recebe muitos elogios!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Essa série parece ser incrível, tenho o primeiro livro aqui em casa e estou bem ansiosa para ler. Esse segundo parece ser bem melhor, na verdade.
    Abraços <3

    ResponderExcluir
  10. Essa trilogia me chama muito atenção. Pela sua resenha, vejo que esse livro fala mais claramente sobre a condição da mulher. E isso é muito legal. Para abordar questões dos direitos das mulheres não precisa ser em uma obra específica. Espero poder ler em breve os livros.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Bem, eu acho que essas 'brechas' do fim do livro são gancho para o terceiro volume :s
    Eu não li o primeiro, que dirá esse... Apesar de ver muitas resenhas positivas sobre a história, não me senti tentada a encarar uma autora que não tinha conhecimento com tão grande número de páginas, pelo medo de não superar minhas expectativas sobre a trama... mas acho importante a visão que o livro dá à mulher e sua força...

    ResponderExcluir
  12. Eu já quis muito ler essa série, mas atualmente a vontade diminuiu bastante. Acho que gostaria mais do primeiro volume, no qual o romance não é tão pronunciado quando no primeiro. Porém, o fato de serem narradoras femininas "fortes" é algo bem interessante. Vamos ver se vou voltar a me animar com a série!

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  13. Oie tudo bem? Infelizmente não me interessei pela premissa, já tinha ouvido falar do livro, mas não sabia que se tratava de uma série.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Menina, acredita que sempre fujo de séries/trilogias? E essa é uma série que chama a minha atenção, mas não tanto a ponto de eu parar de fugir de livros com continuações kkkkk Mas eu gostei da sua resenha, foi a primeira que li sobre esse volume e fiquei animada de certa forma. Enfim, quem sabe eu não pare de fugir de séries um dia e comece a ler essa, né?

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, livro que contem fantasia já é ótimo, então isso me atriu um pouco mais, como não li o primeiro ainda algumas coisas devo ter deixado passar.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo