Resenha: livro "Alice no País das Armadilhas", Mainak Dhar

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é Alice no País das Armadilhas, escrito pelo indiano Mainak Dhar e publicado no Brasil pela Editora Única em outubro de 2015.

Resenha, livro, Alice no País das Armadilhas, Mainak Dhar, trechos, Unica, trilogia

 Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história de Alice, uma garota de 15 anos que havia nascido pouco depois da Insurreição, época em que o mundo como conhecemos deixou de existir: mortos-vivos começaram a surgir e a transformar outros humanos em zumbis ao mordê-los. Esses seres eram chamados de Mordedores. Para tentar contê-los, bombas nucleares foram usadas e devastaram grandes extensões de terra. Alice cresceu onde antes era a Índia, área que passou a ser chamada de País das Armadilhas.

 "Era essa paisagem estéril e desanimadora que Alice conhecia como lar - as terras devastadas nas cercanias de Nova Déli, onde milhões morreram na eclosão dos Mordedores e outros milhões quando os governos tentavam conter a erupção usando armas nucleares nos principais centros de surgimento." (página 16)

 Os humanos que sobreviveram, passaram a viver em assentamentos, muitas vezes tendo que fugir quando eram atacados por bandos de Mordedores. Era em um desses assentamentos que Alice morava com sua irmã e seus pais. Alguns assentamentos eram subordinados ao Comitê Central e recebiam certa proteção, mas não tinham nenhuma liberdade. O assentamento de Alice não seguia o Comitê, e por isso ela e todos os membros eram intensamente treinados para sobreviver e lutar.

 Num determinado dia, enquanto Alice estava observando a área, ela viu um Mordedor com orelhas de coelho entrando em um buraco. Se aquele buraco fosse a entrada para o esconderijo dos Mordedores, o assentamento de Alice poderia ter uma grande vantagem se conseguisse destruí-lo. Sem pensar nos riscos, Alice seguiu o Orelhudo e caiu no buraco. E as descobertas que Alice fez dali em diante, mudaram completamente sua vida!

 "A empolgação roubou-lhe a cautela e ela continuo correndo sozinha. Alice poderia ter alertado a irmã, deveria ter pedido reforço, deveria ter feito muitas coisas. Naquele momento, porém, tudo de que ela se lembrava era do buraco onde o Mordedor havia entrado no solo e do que aconteceria, se ela realmente tivesse encontrado uma base subterrânea dos Mordedores." (página 9)

 Será que Mordedores e humanos precisavam realmente viver lutando uns contra os outros? Como de fato surgiram os Mordedores? O que estava por trás da suposta proteção oferecida pelo Comitê Central? Alice teria um papel crucial para transformar o País das Armadilhas, mesmo que o preço a pagar fosse muito alto.

 "Alice sentou-se, enquanto processava tudo aquilo. Quantos milhares de pessoas haviam morrido por causa de sua decisão idiota de pular num buraco para ir atrás de um Mordedor, atitude que havia desencadeado tudo isso? Ela gostaria de poder voltar atrás. A vida nunca tinha sido fácil, mas era bem melhor do que tudo isso que ela tinha de enfrentar agora, e ao olhar as dúzias de homens e mulheres reunidos ao redor do acampamento deles, ela se perguntava se ela também os levaria à própria morte." (página 185)

 Se me perguntarem se quero ler um livro sobre zumbis, minha primeira resposta seria "Não, obrigada!". Zumbis não despertam meu interesse. Se me perguntarem se sou fã de Alice no País das Maravilhas, direi que acho o filme bonito, mas que me decepcionei um pouco com o livro. No entanto,  entre as opções de livros que eu poderia solicitar para resenha na parceria com a editora, recebi Alice no País das Armadilhas e, após terminar a leitura (iniciada sem expectativa alguma), só posso dizer que amei o livro e que ele é bom demais!

 O clássico de Lewis Caroll é apenas uma base para a trama de Mainak Dhar, ele não fez uma releitura da obra, mas criou uma história nova em que o livro de Caroll tem uma importância especial. Mainak Dhar criou uma protagonista forte e crível; tendo nascido em uma sociedade onde o único brinquedo de uma criança era uma arma, era aceitável que Alice fosse uma guerreira habilidosa. A explicação para o surgimento dos zumbis também foi  bem planejada e convincente, assim como as intenções maléficas do Comitê Central. A única coisa de que senti falta foi de saber como o resto do mundo lidou com o surgimento dos Mordedores, no livro é falado sobre os Estados Unidos e a Ásia, mas fiquei curiosa para saber um pouco mais sobre os outros continentes e países.

 "- É a profecia que declarei. Esta finalmente se tornando realidade e isso significa que nossos dias de sofrimento estão chegando ao fim. - Alice não fazia ideia do que a Rainha estava falando, então, ela apenas esperou que a criatura prosseguisse. - Não percebe? Você só pode ser aquela sobre quem o livro me falou." (página 39)

 Alice no País das Armadilhas é o primeiro de uma série (me parece que é composta por 3 livros principais e mais alguns extras, torço para que a editora traga todos para o Brasil), deixa sim aquela vontade de continuar acompanhando a série, mas tem um final satisfatório, fecha bem a história do primeiro volume, algo que temi que não acontecesse, mas que Mainak Dhar felizmente fez e que me fez gostar ainda mais do livro. A história tem um ritmo bom, sem ficar monótona em parte alguma. É sombria sem ser repugnante.

Resenha, livro, Alice no País das Armadilhas, Mainak Dhar, trechos, Unica, trilogia, capa, zumbis
Resenha, livro, Alice no País das Armadilhas, Mainak Dhar, trechos, Unica, trilogia, sinopse

 Gostei bastante da capa, é bem mais bonita do que a original, apesar de alguns elementos presentes nela não terem a ver com a história. O livro tem páginas amareladas e a diagramação está ótima, com margens, espaçamento e fonte de bom tamanho. Há alguns erros de revisão, que não atrapalham o ritmo da leitura.

 Enfim, Alice no País das Armadilhas é um livro que eu gostei e que eu recomendo, tanto para quem é fã de zumbis, de Alice no País das Maravilhas e distopias, quanto para quem não é. Leiam! É uma leitura fluida e cativante, com personagens interessantes e que fala sobre a liberdade versus a sede de poder e nos faz pensar sobre o quanto as informações podem ser manipuladas pelos detentores do poder.

 "(...) Esse sempre foi o problema de vocês, humanos. Transformam em objeto de ódio tudo o que não conseguem compreender. É tão mais fácil detestar e destruir do que procurar entender." (página 38)

 Detalhes: 256 páginas, ISBN-13: 9788567028781, Skoob (minha nota: 5/5). Onde comprar online: Americanas.

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu o livro? Se tiverem a oportunidade, recomendo que leiam! Vocês gostam de livros sobre zumbis?

 * Alice no País das Armadilhas foi minha escolha para o  Desafio Literário Skoob de novembro, o tema do mês era "Finados (personagens que têm que lidar com a morte – já ocorrida ou iminente)".


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.
13 comentários via Blogger
comentários via Facebook

13 comentários

  1. Oi Mari,
    É a primeira resenha desse livro que leio.
    Gostei de como você indicou o livro, aparentemente ele pode agradar muuuuuitas pessoas de estilos literários diferentes, isso é maravilhoso!
    Não sabia que o livro era o primeiro de uma série.
    Acho incrível quando começamos a ler um livro sem expectativas e ele acaba nos agradando muito.
    Enfim, gostei muito da resenha! ♥
    Beijos - Historiar

    ResponderExcluir
  2. Oieee.
    minha opinião é a mesma que a sua, não gosto de zumbis e achei o filme da Alice bonito, mas a curiosidade do livro me chamou atenção. Fico feliz que alguém tenha escrito uma boa resenha dele.Agora já sei o que me espera.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bem?
    Eu estava muito ansiosa para ler esse livro, logo quando foi lançado. Mas, ainda existe uma pontinha de curiosidade por causa dessa tua resenha que eu adorei.
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá
    eu vi esse livro nos lançamentos da Unica num blog que eu acompanho, e eu fiquei magnificado com essa capa sou muito fã de livros que envolva contos de fadas de formas diferentes, e é mais um livro desses da Unica que me prende, espero poder compra-lo
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu vi esse livro ontem numa livraria! Nem li a sinopse porque raramente gosto dessas adaptações, mas me arrependi! Poxa, se tivesse lido sua resenha antes já tinha trazido, parece super interessante!

    ResponderExcluir
  6. Eu tinha vontade de ler esse livro só por ter o nome da Alice e por essa capa linda, mas se soubesse antes dessa história de zumbi talvez não quisesse mais.
    Porém sua resenha me mostrou que a história é muito boa e vale a pena ser acompanhada.
    Tomara que a editora traga os outros livros.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Achei esse livro sensacional, com certeza é uma leitura que eu vou querer fazer. E depois da resenha, realmente não tem como não querer esse livro!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Confesso que fiquei mais interessada nesse livro pela capa do que pela premissa em si, mas ainda assim estou curiosíssima pela leitura. Mal posso esperar! Tomara que a leitura funcione para mim e que os outros livros venham para o brasil tão lindos quanto esse!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oiii, Tudo bem?
    Quero muito ler esse livro, parece ser bem legal. Você acredita que eu nem li o clássico Alice no pais das maravilhas. Pois é tenho que reparar essa falta.
    Amei o post, parabéns.
    Bjs da Mary.
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. eu queria ter lido ele, adoro releituras

    ResponderExcluir
  11. Eu sou fã de Alice e não sei pq não requisitei esse livro hahaha
    Adorei a resenha e tem zumbis, juntou duas coisas que eu amo portanto agora entrou na wish ^^ Além disso mesmos endo trilogia ter o final fechado é bom, já que nunca sabemos quando lançarão a continuação.
    Obrigada pela resenha e pelas fotos.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu logo de cara me senti atraida por esse livro,a cada resenha fico mais interessada, com a sua não foi diferente,nunca li algo de zumbi nada verdade li só um conto, mais não conta hahahaha'
    Espero ler em breve
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Achei interessante o enredo, a capa bonita, mas estou um pouco apreensivo com ele, não sei o que é, mas não leria agora...

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo