TOP COMENTARISTA DE ABRIL

TOP COMENTARISTA DE ABRIL
Seu comentário pode te dar o livro "Ninfeias Negras", clique na imagem para saber como participar! E quanto mais você comentar, mais chances tem de ganhar!

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Resenha: conto "Morella", Edgar Allan Poe #12MESESDEPOE

 Olá pessoal, tudo bem? Hoje trago a resenha do quarto conto do desafio literário #12MesesdePoe, a leitura escolhida para abril foi "Morella".

Morella, conto, Edgar-alan-poe
Skoob
 Ele é narrado por um homem que se casou com uma mulher a quem não amava, embora sentisse certa afeição por ela. Seu nome era Morella, e ela se interessava por leituras diferentes, estranhas, que compartilhava com o marido e que acabavam interferindo em seu jeito de se expressar. Com o tempo, surgiram, no narrador, sentimentos ambíguos: ao mesmo tempo em que ele gostava dela e de seu jeito, ele quase a odiava e queria se ver livro da esposa. Não quero falar mais para não dar spoiler, mas o fato é que Morella marcaria sua vida para sempre.

 Eu li o conto duas vezes, e nesse post trago a minha interpretação sobre ele, a forma como eu vi a relação entre o narrador e Morella, que pode ser diferente da interpretação que outras pessoas tenham. Pude perceber um ar trágico, sombrio e melancólico na obra. O conto tem uma linguagem bem rebuscada (afinal, foi publicado em 1835), e não consigo dizer que gostei dele ou apontar um motivo para não ter gostado; não fui tocada, cativada, fiquei indiferente ao que li (talvez se houvessem mais páginas para desenvolver melhor a história), de forma que ainda não virei fã do autor.

 Um trecho:

 "A erudição de Morela era profunda. Asseguro que seus talentos não eram de ordem comum, sua força de espírito era gigantesca. Senti-a e, em muitos assuntos, tornei-me seu aluno. Logo, porque verifiquei que, talvez por causa de sua educação, feita em Presburgo, ela me apresentava numerosos desses escritos místicos que usualmente são considerados como o simples sedimento da primitiva literatura germânica. Por motivos que eu não podia imaginar eram essas obras o seu estudo favorito e constante. E o fato que, com o correr do tempo, se tornassem elas também o meu pode ser atribuído à simples mas eficaz influência do costume do exemplo."

 Enfim, é isso. Alguém aí também está participando do desafio ou já leu o conto? Para o mês que vem leremos "Revelação Mesmeriana".


Até o próximo post!
Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

Um comentário:

  1. Já te respondi lá na página, mas é bem comum de algumas pessoas não gostarem de Poe: as vezes o conto é erudito demais, ou obscuro demais, ou a história não cativa... isso acontece com qualquer escritor né? Espero que goste dos demais contos.

    Meu blog
    Desafio de leitura #12mesesdePoe

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados