RESENHA: O Lado Obscuro, Tarryn Fisher


Olá Leitores (as), como estão? Hoje trago a vocês a resenha do livro O Lado Obscuro, da autora Tarryn Fisher que recebi em parceria com a Faro Editorial. Está foi uma leitura bastante intensa e ao mesmo tempo instigante, e que apesar de se tratar de um gênero que não tenho costume de ler, ainda assim me prendeu logo nas primeiras páginas. Desse modo, venham conferir em detalhes minha opinião completa sobre essa obra.

Foto: Skoob
Título: O Lado Obscuro
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial
Ano: 2019
Páginas: 288
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério

SINOPSE
Considerada a obra mais visceral de Tarryn Fisher, você entenderá porque leitores de vários países o elegeram como um dos livros mais especiais de suas vidas.Quando a escritora Senna Richards acorda na manhã de seu aniversário, ela não está em seu quarto. Raptada e trancada numa casa em meio a uma tempestade de neve, ela precisa decifrar as pistas ligadas ao seu passado para conseguir fugir. Forjada pela dor, moldada pelo abandono, Senna se tornou uma mulher que destrói antes de ser destruída...Apenas uma pessoa conseguiu atravessar suas barreiras e conquistar sua confiança, mas isso aconteceu há muitos anos...“Isaac era um estranho, mas foi capaz de enxergar minhas feridas mais do que qualquer outra pessoa.”O cirurgião Isaac encontrou Senna em um momento de caos e vulnerabilidade, depois de um furacão que lançava cinzas sobre suas feridas. Ele a ajudou quando ninguém mais pôde, mas agora, tudo está diferente. Depois de tanto tempo distantes um do outro, os dois estão presos na mesma cabana, e podem ser consumidos por recordações que esperavam esquecer. Além do perigo que os cerca, a escassez de comida e água, e os jogos perigosos do raptor, um sentimento antigo começa a despertar, ameaçando romper novamente as defesas de Senna, o que pode ser fatal. (Skoob)


Logo que a editora anunciou esse lançamento eu já avisei a Maria que eu queria solicitar essa obra, isto porque mal sabia do que se tratava esta história. Isto se ocorreu pelo fato de que sempre li muitos elogios a respeito da escrita da autora, e em como ela consegue construir bons enredos, entretanto quando vi que se tratava de uma história com mistério e suspense já fiquei com certo receio. Mas, me surpreendi totalmente no decorrer da leitura.


“A espera pela morte é a pior forma de tortura que uma pessoa pode imaginar.” (Pag.32)

Este livro narra a história da personagem Senna. Logo nas primeiras páginas nos deparamos com ela acordando em um lugar totalmente desconhecido e com amnésia retrógrada, pois não consegue se lembrar como, ou quem a levou até aquela casa se recordando apenas que aquele dia estaria comemorando 33 anos.  Quando se dá conta de que está em um lugar totalmente desconhecido que suas emoções vão a loucura, até que Senna se dá conta de que aquela casa diz mais sobre sua própria vida do que ela mesma consegue expressar em palavras. Mas, por qual motivo ela é presa com Isac? Logo o cirurgião que lhe acolheu sem pedir nada em troca, e que se aproximou de Senna por sua vida conturbada, quando todos á sua volta lhe deram as costas, ou desejavam dela o seu lado positivo. Mas Isac era diferente, estava disposto a mostrar para ela os motivos para ela continuar vivendo. Entretanto será que Isac é o amor da sua vida, ou sua alma gêmea?



“De todo modo...amor e branquinha. As duas experiências têm consequências sérias: dão um barato poderoso que o leva até o céu, e depois você desaba até o chão,arrependendo-se de cada momento que passou se divertindo com uma coisa tão perigosa. Mas, mesmo assim, você volta para ter mais. Você sempre volta para pegar mais.” (Pag.62)

Esta trama me fisgou logo nas primeiras páginas, primeiramente pelo fato de que fiquei curiosa para saber quem tinha raptado Senna,  quais eram seus motivos, e quem poderia a conhecer tanto, já que ela vivia em total negação, ao ponto de não falar sobre seu passado e presente com ninguém. Mas o segundo ponto que me intrigou bastante foi quem era Isac, e qual era sua ligação com Senna. Já que na primeira parte da obra não sabemos nada sobre a vida de ambos, e é no decorrer da trama que essas pontas vão sendo amarradas, e a cada revelação eu queria saber mais. Porém um ponto me deixou muito angustiada, foi o fato de que as dicas para que eles conseguissem sair de lá estavam na frente de Senna, mas sua negação em falar e enfrentar o passado faziam com que ela ficasse totalmente cega. Acredito que aquele ditado que diz “o pior cego é aquele que não quer ver” diz muito sobre essa personagem.


“Eu era uma profecia autorrealizadora: eu destruía antes de dar a chance de me destruírem.” (Pag. 223)

Esta foi a minha primeira experiência com um livro escrito por essa autora, e gostei muito de sua escrita, a forma como conduziu e desenvolveu toda a trama, ao meu ver foi muito bem amarrado. Contudo o final foi um pouco corrido, e as explicações não foram suficientes para explicar tudo que se decorreu, por fim queria mais detalhes. Apesar disso algumas revelações me deixaram de boca aberta, proporcionando ao leitor algumas surpresas.  Todas as minhas hipóteses criadas durante a leitura sobre esse mistério, e quem estava envolvido estavam erradas. Então se tornou uma leitura bastante surpreendente, talvez seja pelo fato de que não leio esse gênero literário, mas pretendo com certeza começar a ler com mais frequência. O romance que acontece nessa história, foi o que mais gostei, pois foge dos clichês e ao mesmo tempo faz com questionemos a nossa própria percepção sobre o amor verdadeiro, e alma gêmea. E gostei muito de como a autora traz essa questão. Este livro é narrado em primeira pessoa, pela perspectiva de Senna.


-Qual a diferença? - perguntei. - Entre o amor da sua vida e sua alma gêmea?-Um você escolhe, e o outro não. (Pag.195)


Desse modo recomendo bastante a leitura desse livro, tanto para quem já tem costume de ler o gênero suspense e mistério, mas não espere nada mirabolante, já que a história é bastante real e palpável, quanto para quem se sentiu interessado pela obra, porém ficou com receio de não gostar. Espero que vocês sejam fisgado por esse livro como eu fui, e por isso com certeza já quero ler outros títulos escrito por essa autora maravilhosa. Mas, e vocês já tiveram oportunidade de ler este ou outro livro dessa autora? Se interessaram por esta obra? Deixem nos comentários a opinião de vocês, é sempre muito importante e bem vinda.

Espero que tenham gostado, e por hoje é só.

Até o próximo post

Me acompanhe nas redes sociais:

6 comentários

  1. Que livro intenso!! A história parece surpreender cada vez mais. Tenho um certo medinho de livros assim. Mas, amei a sua resenha.
    Beijos.

    www.parafraseandocomvanessa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li nada da autora, mas vendo tanta gente falando bem desse livro, devo confessar que fiquei com muita vontade de ler!
    Eu achei a premissa desse livro sensacional, deve ser mesmo uma leitura intensa e talvez até um tanto perturbadora. Espero que eu consiga ler ele logo. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Oiii Lana

    Eu tenho Stalker desta autora aqui pendente pra ler e já tenho anotado pra tentar ler esse em breve pois tem um estilo que me deixa mega curiosa, eu adoro a premissa e a quantidade de boas indicações que tenho lido não dá pra deixar passar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh pela sua resenha e a dificuldade de Senna aceitar alguns fatos, mostra que ela é falha e acho isso incrível. Eu estou bem curiosa por essa leitura, gostei da premissa e fiquei com vontade de saber como tudo terminou <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem? Li algumas resenhas pelo instagram e achei a premissa incrível. Imagina acordar num lugar sem nem saber como foi parar ali? Todo esse mistério e as perguntas que vão surgindo ao longo da história só nos deixa mais curiosos. Com certeza mais um pra minha listinha. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  6. Também já li alguns elogios destinados ao trabalho de Tarryn Fisher e até tentei ler A Oportunista, que não me agradou muito, mas quem sabe eu acabe gostando de O lado Obscuro. Sua resenha ficou ótima.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo