Resenha: livro "O visconde que me amava", Julia Quinn

     Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "O visconde que me amava", escrito pela Julia Quinn e publicado no Brasil pela editora Arqueiro.
     É o segundo livro da série Família Bridgerton, mas são histórias independentes, não é continuação e não precisa ler o livro anterior para entender o segundo; cada um conta a história de um dos irmãos Bridgertons.
Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época

     Anthony era o mais velho dos irmãos Bridgertons, havia herdado o título de visconde de seu pai. O tio e o pai de Anthony morreram muito jovens e de causas não explicadas, por isso, ele sempre sentiu que não viveria muito tempo.
     " - Às vezes... - disse Anthony com voz hesitante - ... às vezes, exitem razões para os nossos medos que nós não conseguimos explicar. Pode ser só uma sensação, algo que sabemos que é verdade mas que pareceria infantil a outra pessoa." (página 163)
     Aos 29 anos, sentindo que seu tempo estava acabando, Anthony decidiu deixar sua vida de libertino, se casar e ter filhos para  que pudesse passar seu título a diante. Ele estava determinado a escolher uma mulher que pudesse ser uma boa esposa mas não pretendia amá-la, seus pais se amavam muito e ele viu como sua mãe sofreu quando ficou viúva, ele não queria que isso acontecesse novamente.
     "Mas o amor era o inimigo dos mortais. Era a única coisa capaz de tornar o restante de seus anos intoleráveis - provar da felicidade e saber que ela lhe seria arrancada." (página 173)
     Kate Sheffield, sua meia-irmã Edwina (a caçula) e sua madrasta Mary vão para Londres para a temporada de bailes de 1814, a intenção é que as duas jovens consigam arrumar um casamento na temporada. Edwina certamente terá chances muito maiores que Kate, já que é a mais bonita das duas.
     Ao conhecê-las, Anthony decide que Edwina seria a escolha perfeita para sua esposa. Mas por amar e confiar muito em sua irmã mais velha, Edwina só se casaria com um homem que Kate aprovasse. E Kate não gosta nem um pouco da ideia de ver sua irmãzinha casada com um libertino, um homem que poderia fazer a garota sofrer muito.
     Na tentativa de fazer Kate abençoar seu casamento, Anthony se aproxima dela. Eles brigam muito, mas muito mesmo. Eu nunca tinha encontrado um casal que brigasse tanto nos livros, e era difícil saber de qual lado ficar. No meio de tantas brigas, eles acabam se apaixonando um pelo outro.
     "- As mulheres não deveriam ter bichinhos de estimação se não conseguem controlá-los.
     - E os homens não deveriam levar as mulheres com bichinhos de estimação para uma volta no parque se não podem controlar nenhum deles - retrucou ela." (página 63)
     "Ele não tinha certeza de como acontecera, mas a opinião dela significava muito para ele. Sem dúvida, precisava de sua aprovação para cortejar Edwina - algo que vinha negligenciando bastante -, mas havia algo mais. Ela o insultara, quase o aforara no lago Serpentine, humilhara-o no Pall Mall e, mesmo assim, ele desejava que ela tivesse uma opinião favorável a seu respeito." (página 142)

     É um livro bastante divertido. Nas partes finais, a história arranca suspiros, é tão romântica, encantadora e apaixonante. A maior nota que dou para um livro no Skoob é quatro, cinco seria apenas para livros que mudassem minha vida. "O visconde que me amava" não mudou minha vida, mas ganhou nota cinco; na última página eu pensei, pensei, e não achei nada que pudesse descontar pontos na avaliação do livro. É o melhor romance que já li até hoje!
     Comparando com o primeiro da série, "O Duque e Eu" (já lido e resenhado no blog), que conta a história de Daphne Bridgerton e o duque Simon Basset, gostei mais do segundo livro. Me pareceu mais liberal, menos careta (a história se passa em 1814, uma época com ideias e regras bem diferente da nossa); talvez por o protagonista ser um homem.
     Todos os personagens tem sua importância e um momento de destaque na história, o que me fez gostar ainda mais da família Bridgerton. E a relação de Kate com sua madrasta é muito bonita, Mary não trata de forma diferente suas duas filhas, Edwina é uma garota muito inteligente e não só um rostinho bonito.

Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época, contracapa
Resenha, livro, O visconde que me amava, Julia Quinn, Arqueiro, trechos, quotes, sinopse, capa, resumo, romance, romance de época

     A diagramação está perfeita, tamanho das letras e margens ótimos, folhas amareladas e uma capa linda. Pelo visto, são características frequentes nos livros da Editora Arqueiro.

     Mais alguns trechos que gostei:
     "Deus, como ele gostava de tempestades.
     Era difícil dizer por quê. Talvez fosse apenas a prova do poder da natureza sobre o homem. Ou a energia da luz e do som que pulsava a seu redor. Qualquer que fosse o motivo, ele se sentia vivo." (página 154)
     "- Precisamos viver cada momento como se fosse o último, como se fôssemos imortais - afirmou ela. - Quando meu pai adoeceu, tinha tantos arrependimentos... Ele me disse que havia tantas coisas que queria ter feito... Sempre imaginara que teria mais tempo. Nunca me esqueci disso. Por quê você acha que resolvi aprender a tocar flauta numa idade tão avançada? Todos disseram que eu era velha demais, que para ser realmente boa eu deveria ter começado quando criança. Mas a questão é que não preciso ser boa. Só tenho que me divertir com isso. E saber que tentei." (página 283)
     "O visconde que me amava" é um livro lindo, emocionante e divertido ao mesmo tempo, que eu recomendo a leitura.
     Espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém aí já leu esse livro?
     Aproveito para lembrar que estou sorteando o livro "A linguagem das flores", também da editora Arqueiro. A história é tão bonita quanto a de "O visconde que me amava". Ainda tem poucas pessoas inscritas e o prazo para participar termina dia 12/06/2014. Para participar, clique aqui e preencha o formulário.
     Detalhes: 304 páginas, ISBN: 9788580411973, Skoob. Onde comprar online: Submarino, Saraiva.
     Bom final de semana!
Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

13 comentários via Blogger
comentários via Facebook

13 comentários

  1. Dos livros lançados dessa série, esse é o que eu ainda não li
    Mas tenho muita vontade
    Esses irmãos são uns amores

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela, esses irmãos são demais mesmo. Obrigada pela visita e comentário!

      Excluir
  2. Adorei a sua resenha. Fiquei surpresa pela nota máxima.. Apesar de não ter mudado a sua vida, o livro parece mesmo um romance incrível. Não o conhecia, fiquei encantada <3

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thati, fico contente que tenha gostado. Obrigada pela visita e comentário!

      Excluir
  3. Comprei este, mas ainda nao li.
    Hoje começo Um Perfeito Cavalheiro
    Depois te conto o que achei
    Muito legal sua resenha
    Bjks mil, querida e uma otima semana

    www.blogdaclauo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, fico contente que tenha gostado. Obrigada pela visita e comentário

      Excluir
  4. Parabéns pela resenha, muito bem escrita .
    Ainda não comprei este livro, mas depois desta resenha, claro que vou à livraria o mais rápido possível!
    Bjus
    http://www.elianedelacerda.com
    Obrigada pela dica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elyane, fico contente que tenha gostado. Obrigada pela visita e comentário

      Excluir
  5. Gostei da dica de livro, adoro esse tipo de historia!
    Beijos Jéssica R. Coelho BLOG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  6. Amei sua resenha, esses livros\serie me lembrou muito a serie que tenho, a Bella Andre, são 9 irmãos, 9 livros e cada um conta a história de um da familia, e não precisa ler em ordem também,adorei conhecer mais uma serie que é assim, não gosto de sofrer esperando outro livro chegar dali a dois meses,kkkk
    Parabéns,ótima resenha.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simeia, obrigada pela visita e comentário.

      Excluir
  7. Amei sua resenha, esses livros\serie me lembrou muito a serie que tenho, a Bella Andre, são 9 irmãos, 9 livros e cada um conta a história de um da familia, e não precisa ler em ordem também,adorei conhecer mais uma serie que é assim, não gosto de sofrer esperando outro livro chegar dali a dois meses,kkkk
    Parabéns,ótima resenha.
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo