quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Resenha: livro "O Berço do Herói", Dias Gomes

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é O Berço do Herói, escrito por Dias Gomes, que ganhou sua sexta edição em 2015, pela Editora Bertand Brasil. O livro traz o texto da peça de teatro censurada em 1965.

Resenha, livro, O Berço do Herói, Dias Gomes, Roque Santeiro, nova-edição, bertrand, peça, teatro, trechos, quotes, opinião, crítica

 A história se passa na década de 50. Uma pequena cidade do interior passou a se chamar Cabo Jorge, nome de um de seus moradores que foi lutar na Segunda Guerra Mundial e acabou morto em combate após um ato de heroísmo. A cidade ganhou fama pela bravura de seu soldado, e o turismo passou a ser a principal fonte de renda de Cabo Jorge.

 Porém, 10 anos depois, eis que o Cabo Jorge aparece em Cabo Jorge, após ser aprovada uma lei de anistia. Ele não tinha fugido, tinha desertado! E o que aconteceria na cidade quando a verdade fosse descoberta? Seria a ruína da economia local?

MAJOR
 Atentem nisso: há dez anos que esta cidade vive de uma lenda. Uma lenda que cresceu e ficou maior que ela. Hoje, a lenda e a cidade são a mesma coisa.
ANTONIETA
 Que tem isso? Você acha que...
MAJOR
 Na hora em que o povo descobrir que Cabo Jorge está vivo, a lenda está morta. E com a lenda, a cidade também vai morrer. (página 82)

 O Major (manda-chuva da cidade), o prefeito, Antonieta (que se apresentava como viúva do cabo, mas que não tinha se casado de verdade com ele), o vigário (que aproveitava as datas de nascimento e morte de Jorge para fazer quermesses e arrecadar donativos para sua igreja) e até as prostitutas (que se aproveitavam do turismo para ganhar a vida) seriam os que mais perderiam com a volta do Cabo Jorge e a descoberta da verdade. Por isso, tinham que encontrar uma forma de reverter a situação de forma positiva para eles, mas será que acabaria tudo bem para o Cabo Jorge? O que ele acharia de sua identidade como herói? Quais teriam sido os reais motivos para sua volta?

CABO JORGE
 Estou zonzo... não sei como puderam inventar toda essa história. (Subitamente, começa a rir) Herói... virei herói... imagino a cara dessa gente agora, quando me vir. Vão passar sebo nas canelas, pensando que é assombração.
ANTONIETA
 (Ri também) Pensando bem, vai ser engraçado. Mudaram o nome da cidade,  levantaram estátua, escreveram livro, reportagem,  fizeram fita de cinema... e você está vivo. Tanto discurso, tanta festa, tanta coisa... (página 71)

 Talvez vocês saibam que O Berço do Herói foi a base para a novela Roque Santeiro, também de Dias Gomes, que iria ao ar em 1975, mas foi barrada pela ditadura e só pode ser exibida 10 anos depois. Eu vi a novela quando reprisou e gostava bastante da história, o que foi um dos motivos que me fizeram querer ler o livro. Ele e a novela tem muitas diferenças, obviamente, na adaptação há outros personagens e tramas paralelas nos mais de 200 capítulos, eu li as pouco mais de 150 páginas de O Berço do Herói em poucas horas.

MAJOR
 Você era um soldado.
CABO JORGE
 E eu nasci soldado?
MAJOR
 Ninguém nasceu. Mas muitos souberam morrer como soldados.
CABO JORGE
 Não vai querer me passar sermão agora, vai? Sei que, na sua opinião, o que fiz foi indigno. Talvez tenha feito coisas ainda piores para não morrer. E o que fizeram comigo, em nome da democracia, da liberdade, da civilização cristã e de tantas outras palavras, palavras, nada mais que palavras? Ora, não me venham com acusações porque, eu sim, se quisesse, tinha muito que acusar. (página 75)

 Eu gostei muito do livro e recomendo, já havia lido outros que são o texto de peças teatrais e gosto do gênero. O Berço do Herói é dividido em atos e subdividido em quadros, há poucas descrições e muito diálogo, o que torna a leitura rápida, mas sem empobrecer a imaginação dos cenários. Foi uma leitura muito proveitosa, divertida e cativante, com partes bem humoradas mas também com vários pontos que me fizeram refletir sobre até onde as pessoas podem ir por seus interesses.

 Apesar de uma pequena suspeita de como a história terminaria, me animei com cada reviravolta que ia surgindo e mostrava a possibilidade de um desfecho diferente ou que me colocava em dúvida sobre o caráter de um determinado personagem. Teve momentos em que eu quis entrar na história e chacoalhar um determinado personagem, para fazê-lo enxergar o que estava para acontecer, de tão conectada a história que eu estava. Admiro muito a capacidade do autor de conduzir tão bem a trama em um livro curto e composto quase que exclusivamente por diálogos.  

CABO JORGE
 (...) Nisso está o seu grande mérito, e sua valentia, pois é preciso coragem, muita coragem, pra sentir um medo tão grande. Ah!, se todos os homens fossem capazes de um medão assim, não haveria no mundo lugar pros covardes, e a guerra seria enxotada da face da terra. (página 72)

Resenha, livro, O Berço do Herói, Dias Gomes, Roque Santeiro, nova-edição, bertrand, peça, teatro, trechos, capa
Resenha, livro, O Berço do Herói, Dias Gomes, Roque Santeiro, nova-edição, bertrand, teatro, trechos, contracapa, sinopse
Resenha, livro, O Berço do Herói, Dias Gomes, Roque Santeiro, nova-edição, bertrand, diagramação

 Eu achei a capa do livro bem bonita, especialmente pela cor escolhida, o título e o nome do autor estão em alto-relevo. Não encontrei erros de revisão; a diagramação está ótima, com margens, espaçamento e letras de bom tamanho; as páginas são amareladas (além de O Berço do Herói, a Bertand Brasil lançou edições novas e bonitas de outros livros do autor e outros clássicos).

 Detalhes: 154 páginas, ISBN-13: 9788528615449, Skoob. Onde comprar online: Submarino.

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado da resenha. Alguém já leu o livro ou conhecia a história?

 Participe dos sorteios do blog:

 - Promoção Mundo Uno Editora, valendo um kit com 3 livros (dos quais eu já li 2 e recomendo) e brindes.
 - Sorteio de aniversário do blog Os Papa-Livros, com 25 livros e muitos marcadores para 5 ganhadores.
 - Resenha premiada do livro Yggdrasil, com sorteio de um exemplar autografado pela autora portuguesa MBarreto Condado.

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

17 comentários:

  1. Heey!
    Eu ainda não conhecia o livro, mas adoro reviravoltas e acho que vou gostar =)
    Abraços!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii, adorei o livro, eu achei bem diferente do que costumo ler, mas essa capa, essas reviravoltas, fizeram meu coração pular *-*
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Um livro curtinho, dá pra ler em um único dia. O berço do herói pode se tornar uma grande peça de teatro, imagine! Pelo que você falou na resenha é uma leitura fluída e leve!Gostei!
    Mila-Scraplivros

    ResponderExcluir
  4. oieee, não conhecia o livro!
    gostei muito da capa dele e saber que tem muitos diálogos deixa o livro bem rápido mesmo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, nunca li o livro, mas gostei bastante, sua resenha só fez aumentar meu número de livros para comprar em 2015, só não sei com que dinheiro. A história de Cabo Jorge é hilária...

    ResponderExcluir
  6. P.s.: Parabéns pela resenha. Querer entrar na história é sempre muito bom!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro, mas gostei da sua resenha. Pena que ele não faz muito o meu gênero, mas quem sabe no futuro né?

    http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. QUE CAPA MARA (vilhosa), adorei o livro e sua resenha, já quero para ontem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serio gente, que livro perfeito, meu deus, vou ler ele no pc!

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Não estou em um momento para ler este livro, mas ele é realmente maravilhoso!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oee, tudo bem?
    Achei a capa linda, mas não me interessei muito :/

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, flor!
    Adoro o modo coma você apresenta obras tão diferentes! Gostei bastante da sua opinião. Não conhecia a obra, nem sabia sobre a novela que foi vetada pela ditadura. Fiquei curiosa com a narrativa composta em sua maioria por diálogos. E também gostei da capa. Em resumo, vou ler! Hahaha.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Adorei o que li, Cabo Jorge é bem louquinho de fugir e depois voltar sabendo de tudo que aconteceu. A história parece bem divertida e com um toque de suspense/drama. Fiquei com bastante vontade de ler.

    ResponderExcluir
  13. Oiiie
    Acho que não conhecia o livro mas sua resenha me chamou a atenção e espero poder ler um dia que tiver vontade, não seria por agora mas quem sabe no futuro

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nunca li nada desse autor, não é um tipo de livro que me atrai, apesar de eu achar que deveria me aventurar em estilos diferentes assim.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oii!

    Não conhecia o livro e nem fiquei com vontade de ler :/
    A promissa não me chamou a atenção, mas a sua resenha ficou maravilhosa!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados