TOP COMENTARISTA DE ABRIL

TOP COMENTARISTA DE ABRIL
Seu comentário pode te dar o livro "Ninfeias Negras", clique na imagem para saber como participar! E quanto mais você comentar, mais chances tem de ganhar!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Resenha: conto "A queda da Casa de Usher" e poema "O palácio assombrado", Edgar Allan Poe #12mesesdePoe

Desafio-literário, 12-meses-de-Poe, janeiro, conto, A-queda-da-casa-de-Usher

 Olá pessoal, tudo bem com vocês? Assim como no ano passado, em 2017 também vou participar do desafio literário 12 meses de Poe, criado pela blogueira Anna Costa. Diferentemente de 2016, esse ano vamos ler e debater não só um conto do autor, mas sim um conto e um poema. Para quem quiser saber como participar e onde baixar gratuitamente os textos do desafio, é só clicar aqui.

12-meses-de-poe, edar-allan-poe

 Sobre o conto "A queda da Casa de Usher": ele traz um narrador sem nome, que recebe um convite para visitar um antigo amigo de infância, Roderick Usher, que andava adoentado. O narrador vai visitá-lo, mas ao chegar na casa dele, sente-se incomodado pela sensação que a casa lhe dá.

 "Senti que respirava uma atmosfera de tristeza. Um ar de austera, profunda e irremediável melancolia pairava no ambiente, impregnando tudo."

 Em conversas com o amigo, ele entende que Roderick se incomoda facilmente com qualquer coisa que seja muito forte para os seus sentidos, como o excesso de claridade e comidas com muitos temperos. Outro motivo de preocupação para o amigo, é a saúde debilitada da irmã, sua única parente viva. Os dias vão passando e coisas assustadoras acontecem. O que lhes digo é que a estadia do narrador na Casa Usher certamente nunca mais sairá da memória do protagonista!

 O conto é relativamente longo, com cerca de 11 páginas. É inicialmente muito descritivo, a impressão que passa é que o autor quis se estender demais na descrição do lugar, quando isso poderia ter sido feito mais brevemente. A catalepsia, tema que já vi em outros contos do Poe, também está presente nesse, o que faz com que a trama seja previsível, mas nem por isso perde a graça, pois ficamos esperando o momento em que vai acontecer o que já imaginamos que acontecerá. E quando acontece, bem, como disse, certamente um evento desses não sairia da mente de uma pessoa muito facilmente! Ah, e o título, apesar de um baita spoiler, tem tudo a ver com a história!

 Sobre o poema "O palácio assombrado": ele é composto por 6 estrofes, que contam sobre um belo palácio em um vale feliz, que após ser tomado por seres maus, se transformou num lugar sombrio e triste, onde antes havia beleza que encantava quem passava pelo vale.

"Jamais um Serafim espalmou a asa
sobre um edifício só metade tão belo."

 Eu já comentei aqui que admiro demais quem consegue contar histórias através de versos, e nesse poema, Poe comprova também o seu talento na poesia. No arquivo que li, há o poema em sua versão original e traduzida lado a lado, assim é possível perceber as rimas na versão original, que se perdem quando a tradução é feita, mas o sentido da história continua. Gostei!

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

6 comentários:

  1. Olá!
    Eu sou apaixonada por Allan Poe. Todos seus poemas são lindos e este em especial.
    Amei!

    ResponderExcluir
  2. Que legal que você vai participar deste desafio. Poe é tão bom, que mesmo sendo previsível ele consegue surpreender.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Estou acompanhando esse desafio por suas resenhas e gostando muito, gostaria de ter participado, para poder conhecer um pouco mais a obra doa autor... Bjs

    www.livrosemretalhos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Achei super legal que você está participando do desafio e estou bem intrigada para saber sua opinião sobre as próximas leituras que fará.
    Desconhecia a obra e confesso que ainda não tive nenhum contato com a escrita de Poe, mas tenho visto vários elogios sempre que suas obras estão em pauta.
    Achei legal que a versão que você leu tem o original e a tradução, assim pode-se ver as rimas que apresentam o poema.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari.
    Acho esse desafio super bacana só não participo pq sou meio enrolada hehehe. Adoro a escrita do Poe e ainda quero ler as histórias dele que ainda não tive oportunidade.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu vi um post de vocês falando sobre Desafio e parabenizo vocês.
    Acho que nunca li nada desse autor, mas acho que nunca é tarde pra isso, porém eu também coloquei umas prioridades para ler esse ano, mas quem sabe nunca brecha eu leia algo dele para conhecer.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados