quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Resumo literário de 2016

 Olá pessoal, tudo bem? Chegou a hora de fazer um balanço da minha vida literária em 2016. Segundo meu perfil no Skoob, li 131 livros, um pouco menos do quem 2015. Na lista, figuram os 12 contos do desafio 12 meses de Poe e alguns outros contos curtos que li, além de e-books baixados gratuitamente na Amazon e algumas histórias que acompanhei pelo Wattpad. Não estão contabilizados alguns livros que não eram cadastrados no Skoob, como a antologia da qual participei.




 Como pretendia, li mais obras escritas por mulheres do que por homens, e se desconsiderar os contos do Poe, leituras de nacionais e de internacionais praticamente empatam. Felizmente consegui resenhar a maioria. Não consegui participar ativamente do Desafio dos 100 Livros em Um Ano do Blog da Clauo nem do Desafio Literário Skoob, pelo menos concluí o 12 meses de Poe. Mais uma vez não li quase nada dos livros que já estavam parados na estante, e acabei comprando bem mais do que imaginava.

 Melhores leituras e livros que decepcionaram: eu li muita coisa boa esse ano! Na foto abaixo, estão listados todos os livros que ganharam 5 estrelas (é só clicar nos títulos para conferir as resenhas) e os que viraram favoritos, e no vídeo estão só os favoritos e os que me decepcionaram:

Melhores-livros-de-2016

O papel de parede amarelo da Charlotte Perkins Gilman relançado pela José Olympio Editora é um conto que proporciona uma ótima reflexão sobre questões de gênero.

O voo da bailarina é a inspiradora biografia de Michaela DePrince, escrita em parceria com sua mãe Elaine DePrince, onde a jovem relata sua trajetória desde órfã de guerra em Serra Leoa até se tornar uma prestigiada bailarina na América, uma publicação da Editora BestSeller.

George do Alex Gino, Editora Galera Junior, traz uma criança trans como protagonista.

O Romance Inacabado De Sofia Stern, do brasileiro Ronaldo Wrobel, Editora Record, traz uma história sobre a Segunda Guerra Mundial com um toque de humor que a deixa única.

O Ano Em Que Disse Sim, da Shonda Rhimes, também da BestSeller, inspira ao mostrar a forma como a autora de séries famosas da TV mudou sua vida para melhor ao tentar coisas novas.

O segredo da caveira de cristal da brasileira Mallerey Cálgara, Mundo Uno Editora, é uma fantasia de tirar o fôlego!

Respeite o medo é um livro contos escrito pela Ana Cristina Soares e publicado pela Chiado Editora, e cada história é ainda mais surpreendente que a outra.

O Livro Dos Negros, escrito por Lawrence Hill e publicado pela Primavera Editorial é leitura totalmente recomendada para quem quer saber mais sobre a escravidão.

Cranford da Elizabeth Gaskell, Pedrazul Editora, é uma linda história do século dezenove sobre amizade.

Eu me ofereço é uma antologia de contos de terror publicada pela Editora Illuminare e é simplesmente maravilhosa!

13 horas, do Mitchell Zuckoff, Bertrand Brasil, é baseado numa história de um atentado real e é uma leitura eletrizante.

O quinto evangelho do Ian Caldwell, Editora Record, é um suspense policial maravilhoso ambientado no Vaticano.

 Não disse que era muita leitura boa! Como vocês podem ver, há vários livros do Grupo Editorial Record, nacionais, internacionais, escritos por mulheres e homens e diversos gêneros literários.

 Agora, confiram o vídeo para descobrir quais viraram favoritos e quais foram os livros que me decepcionaram esse ano:




 Para 2017, segue a promessa de conseguir ler os encalhados na estante, mais obras de escritoras e nacionais. Também, tentarei participar novamente dos desafios já citados no post, além do desafio que estou organizando, o Leia Mais Brasil.

 Por hoje é só, espero que vocês tenham gostado do post. Me contem: qual o melhor livro que leram em 2016? Concordam ou discordam de algum que citei no post ou no vídeo?

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

11 comentários:

  1. Uau, quantos livros lidos! Eu li apena 64 - segundo o skoob - e ainda assim não completei minha meta haha. Alguns livros até me chamaram atenção.

    Ah, aproveitei e te adicionei no Skoob com meu perfil pessoal (Fabi), ok? :D Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem? Nossa que lindo o seu histórico de 2016. Eu li 339 livros. Meu mais longo foi Dangeours to know & love da Jane Harvey com 808 páginas e o mais curto foi o parto de Abby - um conto de Belo desastre da Rayssa façanha com 8 páginas. Não tenho como escolher um favorito pois tive vários. Em relação ao seu desafio desejo todo o sucesso do mundo. beijos

    ResponderExcluir
  3. Quantas leituras! Eu não consigo ler tanto que nem você, sempre fico admirando as pessoas que conseguem ultrapassar seus objetivos. O máximo que consigo ler "por enquanto" é 20 livros por ano, mas tudo bem.

    Ótima postagem! Parabéns, continue assim.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu resumo do ano, bom, pelo menos leu muito mais do que eu. Ano passado estava desanimado com as leitura e muito indeciso do que ler, sou pisciano, mas adorei o post e pegarei dicas de leituras para este ano ><

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Hey, Maria!
    Caramba, quanto livro você leu, meus parabéns!
    Eu tive boas leituras este ano, poucas fantásticas e várias decepções.... rs.
    Ainda faço um vídeo falando sobre isso.

    Te desejo melhores leituras pra este ano.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Nossa, você leu bastante hem! eu li 89, o que também é bastante. Eu adorei George, achei muito bom ver um tema sendo tratado por uma criança.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Achei muito legal que você tenha conseguido ler tantos livros em 2016. Pena que nem todos foram leituras maravilhosas, mas faz parte, não é mesmo?

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá
    eu quero muito ler George e espero adorar e O Papel de parede amarelo é uma leitura muito interessante, também li e refleti muito, adorei a lista

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Maria... vc leu bastante esse ano.. de sua lista queria muito ler Amantes, pra minha área é uma boa obra...
    A hora da estrela eu achei maravilhoso, preciso comprar uma edição pra chamar de minha e reler... até trabalhei com ele numa roda de leitura que eu organizo aqui em minha cidade... trabalhamos vários temas encima dele,meus alunos amaram...
    O papel de parede amarelo e O livro dos negros tá na lista já ^^
    Eu tenho muita vontade de ler também Neblina, pena vc nãoter apreciado a leitura dele... e Damian, vi que vc falou sobre ele num post meu, quando concluir a leitura [nos próximos dias pego ele], te aviso sobre as considerações a respeito dele... mas o que li de Hesse já me fez amar sua escrita... vamos ver com Damian...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  10. Olá! 2016 foi um ano bem parado para minhas leituras, sofri muito com ressacas literárias, por isso acho que minha média ficou em torno de 30 livros.

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. 131 livros. Cara. Eu tô muito chocada HAHAHAHAH Fiquei total no chinelo! Quero muito ler o livro da Shonda <3 Potz que essa mulher me deixa no chão com Greys Anatomy

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados