RESENHA: Contra Todas as Probabilidades do Amor, de Rebekah Crane


Olá Leitores (as), como estão? Hoje venho trazer a vocês a resenha de um livro que me tocou profundamente. Estou me referindo ao título Contra Todas as Probabilidades do Amor, da autora Rebekah Crane. Esta é mais uma obra que entrou para a minha lista de favoritos, e no final acabei me arrependendo de não ter lido esse título antes. Dessa forma, os convido a conferir minha opinião completa sobre esta leitura e os motivos que me levaram a me apaixonar por essa história.

Foto: Skoob
Título: Contra Todas as Probabilidades do Amor
Autora: Rebekah Crane
Editora: Faro Editorial
Ano: 2018
Páginas: 240
Gênero: Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance

SINOPSE
Sejam bem-vindos ao acampamento Pádua. Um retiro de verão para adolescentes problemáticos. Mas não se tratam de problemas comuns, como não querer estudar, mentir ou colar na prova. Não! Estamos falando de problemas reais. Alguns deles tão grandes, tão sérios, que até um adulto desmoronaria sob o peso deles. No acampamento, Zander, uma garota enviada pelos pais contra a sua vontade, encontra uma série de adolescentes na mesma situação, e com três deles ela estabelece uma relação de amizade — Grover, Alex e Cassie. Todos os quatro são tão diferentes quanto as pessoas podem ser, mas têm algo em comum — eles estão quebrados por dentro. Em meio às sessões de grupo e, à medida em que o verão dá as caras, os quatro revelam seus trágicos segredos. Zander encontra-se atraída pelos encantos de Grover, e então começa a se perguntar, depois de muito tempo, se pode apostar em ser feliz novamente.Mas, antes, ela precisa lidar abertamente com seus problemas, para poder juntar seus pedaços e reconstruir sua vida Você pode pensar que se trata de uma história triste. E há partes duras sim, mas, Rebekah Crane consegue mostrar como na dificuldade podemos encontrar uma saída. Isso é uma das coisas que faz o livro completamente encantador, divertido e doce, capaz de deixar em você um grande sorriso no rosto. (Skoob)



Desde o lançamento desse título que a obra está inclusa na minha lista de desejados, porém eu não havia tido ainda a oportunidade de adquiri-la (uma pena). No entanto como vocês viram o Blog agora é parceiro da Editora Faro Editorial, e quando tive a oportunidade de solicitar o livro para ler e resenhar, sem pestanejar duas vezes resolvi solicitá-lo. E com certeza foi a melhor escolha que fiz, pois essa história me surpreendeu do começo ao fim da leitura.

“- Necessidades básicas apenas mantém você vivo - eu digo em voz baixa, olhando para o lado. - Elas não ajudam você a viver.” (Pag.45)

Este livro narra a história de Zander, uma adolescente que foi mandada pelos pais para o acampamento Pádua, que como mencionado na sinopse, recebe no verão crianças e adolescentes problemáticos. Mas, não se trata de qualquer probleminha! Já que todos possuem algum tipo de transtorno psicológico. No começo não sabemos o motivo que levou os pais de Zander a lhe enviar para lá, e este é um mistério que me deixou ainda mais instigada durante a leitura, especialmente porque ela é uma garota que transparece ser tímida, recatada e que segue todas as regras impostas. Entretanto todo esse estereótipo de “garota clichê” tipicamente certinha é desconstruído quando a personagem Cassie entra em ação. Cassie é uma garota difícil de se lidar, visto que ela é aquele tipo de amiga que diz a verdade nua e crua para as pessoas sem ao menos pensar se irá ou não magoar o indivíduo no qual está se dirigindo a palavra. Então a tendência é fazer com que todos se afastem dela, sobretudo as garotas e garotos que estão no acampamento. Contudo sempre irá existir alguém que vai conseguir enxergar essas pessoas para além do que elas dizem e é aí que Grover e Alex entram em ação. Já que eles são dois garotos que você pensa logo de cara que são loucos, e que irá te arrancar pelo menos um sorriso do rosto, mesmo que o que eles apresentam não seja motivo de risada. No entanto tudo que será revelado sobre eles irá te surpreender. No decorrer do livro esses quatro personagens Zander, Cassie, Grover e Alex vão construir um vínculo de amizade, e amor totalmente contra todas as probabilidades de se acontecer, fazendo com que o leitor desconstrua todos os preconceitos e estereótipos a respeito dos mesmos.  


“ - Bem, é que há dias em que eu não vejo sentido nenhum nisso. - No acampamento? - eu pergunto. - Não, Zander. Na vida.” (Pag.77)


A autora me surpreendeu do começo ao fim desse livro, principalmente pela construção dos personagens que foram muito bem desenvolvidos. Uma delas foi Zander que no começo não transparece nenhum sinal ou sintoma de transtorno psicológico, e eu acredito que este foi proposital, pois aqui o intuito era trazer ao leitor o questionamento de como isso pode existir sem que ao menos notarmos, fazendo com que quando chegamos a percebemos a existência desse problema/dificuldade seja tarde demais. Em relação a Grover, Alex e Cassie logo sabemos o motivo de estarem alí, porém não toda a história. E é aí que chegamos ao X da questão. Pois durante a leitura Cassie foi uma personagem que me irritou bastante, entretanto eu sabia que tinha um motivo e/ou uma história que lhe fazia agir de tal forma, não que justificasse, visto que este é um modo totalmente disfuncional de se agir. O romance que acontece no livro, se sucedeu de forma peculiar e muito real. No começo eu achei que poderia haver a possibilidade de não haver uma química entre os personagens contudo, no decorrer da trama fui sendo cativada assim como Zander pelo personagem Grover que se tornou um garoto impossível de não se sentir atraída, ou apaixona por ele.


“ - As pessoas são tão egoístas. Você sabia que se as pessoas tivessem a chance de escolher entre ganhar na loteria e curar a AIDS, a maioria delas ia preferir ganhar na loteria?”  (Pag.80)


Após as citações acima dá para perceber os motivos que me levaram a gostar tanto desse livro, mas não para por aí, contudo nem tudo também são flores. Um ponto que me incomodou durante a leitura foi o fato de na tradução usaram a palavra morena ao invés de negra para descrever a personagem Cassie, não sei se na linguagem original a autora descreve dessa forma, porém ainda assim me incomodou. Mas esse fator em nenhum momento conseguiu ofuscar a mensagem passada por essa história, já que a trama foi muito bem desenvolvida. Outro fator que me cativou bastante foi as várias citações de teorias psicológicas, como a pirâmide de Maslow, a forma como nossos pensamentos podem influenciar nosso comportamento e sentimentos, e como as pessoas geralmente têm dificuldade de nomear a forma como se sentem.
Esta foi uma leitura fácil, e fluída. E que apesar de se tratar de temas fortes, ainda assim possui muito sarcasmo, e diálogos divertidíssimos que ao meu ver foi um dos grandes pontos positivos dessa trama. Claro que houve momentos bastante dramáticos, mas sempre carregados de reflexão e mensagens que fazem com que nos identifiquemos facilmente. O livro é narrado em primeira pessoa pela perspectiva da personagem Zander.


“ - Deixem o mundo saber quem são vocês hoje. Porque o hoje é tudo o que nós temos. O ontem já se foi e o amanhã pode nunca acontecer.” (Pag.168)


Ah é para finalizar não poderia deixar de mencionar que fiquei apaixonada por essa edição da Faro. As folhas são grossas e amareladas, cheias de detalhes que dão um charme a mais á obra e a fonte é perfeita para se ler. Enfim, com certeza se tornou umas das editoras preferidas, gostei de ver. Fora essa capa que é lindíssima, possui uma mistura de cores que eu amo, e a contracapa é tão maravilhosa. Desse modo, espero de coração que minha opinião tenha convencido a vocês leitores a dar uma chance para essa história, para os adolescentes que procuram uma boa leitura super recomendo esse título, pois tenho certeza que irão amar assim como eu.. Mas, e vocês já tiveram oportunidade de ler este livro ou se interessaram  pela leitura dessa obra? Deixem nos comentários a opinião de vocês, é sempre muito importante e bem vinda.

Espero que tenham gostado, e por hoje é só.

Até o próximo post

Me acompanhe nas redes sociais:

23 comentários

  1. Esse livro é muito amor! Ele fala de problemas sérios, mas ao mesmo tempo tem uma pitada de humor ótima,mostrando outro lado dos problemas mentais.. adorei esse livro de uma forma enorme!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao meu ver mostra um lado muito mais real dos transtornos mentais, pois as pessoas tem uma visão totalmente errônea dessas pessoas. Enfim, uma leitura que me agradou do começo ao fim, e fico feliz que você também tenha gostado.

      Excluir
  2. Não conhecia o livro, mas fiquei bem curioso após ler sua resenha, ele mostra ser intenso com uma leitura bem gostosa e rápida. Anotada a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, pois acho que você vai amar. Depois venha me contar o que achou! Beijos.

      Excluir
  3. Ah! Eu li esse livro e achei um amorzinho. Não costuma ser meu estilo de leitura, mas eu ando em uma história de amor com a Faro e resolvi dar uma chance e adorei!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Que capa mais linda! Eu já tinha visto esse livro, mas não sabia sobre o que tratava, porém depois de ler tua resenha e ver tua empolgação é impossível não ficar curiosa pra ler a obra, hahaha. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história e encantadora, e realmente deixa o leitor entusiasmado. Por super recomendo esse livro, quando você ler venha me contar o que achou! Beijos.

      Excluir
  5. A um tempinho este livro está na minha lista de desejos. Quero conhecer a história de Zander e cada membro do acampamento Pádua, assim como essa mensagem que o livro passa e saber que a editora é uma de suas preferidas reforça minha vontade de conhecer o livro, quero muito ler.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde o lançamento desse livro que ele estava na minha lista de desejados, e quando comecei a leitura, a unica coisa que eu me perguntava era o motivo de não ter lido antes. Bom, espero que você se surpreenda com essa história, tanto quanto eu. Beijos.

      Excluir
  6. Olá!

    A edição da Faro está realmente muito linda, sou apaixonada por essa capa.
    ao livro aborda muitos transtornos psicológicos e eu adorei a maneira que a autora fez isso, apesar de eu não ter me entrosado muito com os personagens, o livro em si foi uma leitura boa.
    Entrevistei a Rebekah para o blog e ela é ótima, eu adorei saber mais sobre suas inspirações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que você entrevistou a autora? Já vou correndo conferir...
      Eu consegui me entrosar bem com os personagens, até com Cassie em alguns momentos, você acredita? hahaha

      Excluir
  7. Oi! Tenho muita vontade de ler esse livro. Gosto muito da temática adolescente e saber que foi bem aproveitada. Gostei de saber que, apesar de todos os problemas que tinham, os jovens se ajudam e conseguem melhorar. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  8. Esse livro também está na minha lita de desejados desde quando foi lançado.
    Eu adorei a edição da Faro e gosto de histórias que abordem transtornos psicológicos.. Sem dúvidas pretendo dar uma chance em breve

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Livro que estão entre nossos desejados e nos surpreende é sempre maravilhoso não é?! Conhecia o livro só por título, mas depois da sua resenha fiquei bem curiosa sobre ele. Espero também curtir, e concordo que a edição é espetacular. Adorei!
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lana.
    Esse livro me surpreendeu bastante porque, pela primeira vez, não gostei de nenhum dos personagens, mas adorei a história! Rs... Nunca tinha passado por isso!
    A edição ficou mesmo linda e fico feliz que tenha conseguido finalmente fazer a leitura!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo já foi ao contrário, gostei muito dos personagens, tanto que me apeguei por suas histórias. Confesso que por fim queria saber mais sobre cada um deles além de Zander. Quem sabe né? Mas fico feliz que a história tenha te encantado. Beijos.

      Excluir
  11. Oi meninas, suas lindas, tudo bem?
    Sabe, eu concordo com uma citação em que diz que hoje as pessoas são muito egoístas, infelizmente acho que as pessoas estão se importando menos com as outras. E assustadoramente, a intolerância está aumentando. Já vi que irei me emocionar com o drama de cada um deles, não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  12. Que foto mais linda, meudeus! Quero aquelas botinhas, onde você comprou?! ♥
    Sobre a leitura, eu li esse livro logo que lançou e também me surpreendi bastante. É bastante reflexiva e importante.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Sempre vejo essa capa por aí, mas não sabia do que se tratava o livro. Fiquei super curiosa em relação a premissa e fiquei ainda mais instigada para descobrir o porque Zander foi parar nesse acampamento. Outro ponto que curti muito saber foi sobre as citações de teorias psicológicas. Parece ser algo realmente interessante, ainda mais por ser tão ligada a história. Juntando isso ao fato que amo histórias que envolvam amizades, bem, não posso deixar essa dica passar. Amei sua resenha e as fotos ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Lana!
    Adorei sua resenha. Ainda pretendo realizar essa leitura e se antes já tinha vontade pela só de ver a capa, sabendo os temas que aborda e sobre tantos personagens dentro da história, tenho certeza que vou amar e me envolver com a escrita da autora.
    Espero realizar ainda esse ano!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  15. Nunca me atentei muito para esse livro e agora com essa resenha cheio de comentários positivos fiquei bem curiosa para ler e conhecer mais sobre esses personagens e descobrir o que a protagonista tem.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  16. Só leio elogios para este livro e como eu fico? Louca pra ler. Você ter falado que a autora surpreende do começo ao fim é mais que estímulo para eu ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Já vi muitas opiniões sobre está obra, confesso que mesmo gostando gênero não sei porque mais a história em sí não chamou muito atenção, enfim gostei da resenha mais dessa vez vou deixar passar a dica!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo