RESENHA: Minha Vida Fora de Série (2º Temporada), de Paula Pimenta


Olá Leitores (as), como estão? Espero que estejam todos bem. Hoje venho trazer a vocês a resenha do livro Minha Vida Fora de Série “Segunda Temporada", da autora Paula Pimenta. Comecei a ler essa obra logo após concluir a leitura do primeiro livro da série, e desta vez a história me proporcionou um turbilhão de sentimentos. Ficaram curiosos para saber mais sobre essa história? Então venham conferir minha opinião completa.

Foto: Skoob
Título: Minha Vida Fora de Série “Segunda Temporada”
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Ano: 2013
Páginas: 424
Gênero: Infanto Juvenil / Literatura Brasileira / Romance

SINOPSE
Na 2ª temporada de "Minha vida fora de série", Priscila agora está com 16 anos e começa a lidar com questões mais sérias da adolescência: a proximidade do vestibular e, com ele, todos os receios desta fase; amizades que parecem sólidas e que de repente se perdem; o aprendizado de que um namoro tem de ser constantemente cuidado para não se desgastar. Ela também descobre que atos sem pensar, que parecem estar esquecidos no passado, podem marcar irreversivelmente o presente. Nossos queridos personagens - já conhecidos pela série "Fazendo meu filme" estão de volta, para não deixar ninguém com saudade. Não perca os próximos episódios da vida fora de série de Priscila. Você não vai conseguir desgrudar até terminar de ler. (Skoob)


Na semana passada contei em detalhes para vocês minha opinião sobre a leitura do livro “Minha Vida Fora de Série “Primeira Temporada”, e o quanto havia gostado e me surpreendido com essa história. Para você que ainda não conferiu essa resenha e ficou interessada é só clicar aqui. Bom, logo após já fui correndo pegar a continuação, pois queria saber o que iria acontecer na vida da Priscila e de todos a sua volta. Contudo admito que houveram pontos positivos e negativos no decorrer da trama, e vou contar tudinho para vocês nessa resenha.


“(...) Eu me divertir com seus gritos nos brinquedos, adorei te contar a história dos parques e ver que você estava interessada de verdade… E esse seu astral para cima contagia. Do seu lado, é como se o sol aparecesse mesmo nos dias nublados.” (Pag.106)


Nesta sequência o livro continua retratando a história da Priscila (Pri), no entanto vamos acompanhar também um pouco da vida de outros personagens que possuem um papel fundamental nessa história. A trama dá um salto bem grande de tempo do livro anterior para este. Por isso nos deparamos com a Priscila aos 16 anos, madura, e bastante familiarizada com as pessoas, a cidade e as amizades. Contudo um namoro que antes parecia sólido irá se deparar com momentos desagradáveis que todo relacionamento passa, as incertezas, insegurança, colocando realmente a prova o amor que um sente pelo outro. A trama também aborda temas como primeira vez de uma forma bem sutil, amizade, vestibular,  e como vamos lidar com algumas responsabilidades que temos de adquirir quando nos tornamos adultos. O livro é narrado em primeira pessoa com a perspectiva intercalada entre a Priscila e o Rodrigo, ambos os personagens possuem uma personalidade carismática e divertida, de forma que faz com que o leitor acredite que eles são reais.



“(...) Porque sei que é esse amor que vai estar comigo em todos os momentos. Que vai gostar de mim mesmo nos dias em que eu estiver me sentindo mais feia, mais preguiçosa de lavar os cabelos e com vontade de ficar de moletom dentro de casa.” (Pag.112)


Ao começar a ler esta obra como eu não havia lido a sinopse anteriormente, logo de cara me assustei ao me deparar com a personagem aos 16 anos. Simplesmente fiquei com a sensação de que perdi alguma coisa no meio do caminho. No entanto percebi que talvez fosse me familiarizar mais com a personagem, o que não aconteceu muito. Até porque senti de que apesar de estar em uma idade mais “madura”, vamos chamar assim, sua forma de pensar era um pouquinho imatura. Sem julgamento, mas teve momentos que quis dar um sacode nela sabe? Apontar alguns erros, e idiotices que ela estava cometendo, como se fosse sua amiga. (Risos) Quem já leu esse livro vai saber exatamente ao que estou me referindo. Mas, foi exatamente esses momentos de tensões que me prenderam a leitura, eu queria saber como a Priscila e o Rodrigo iriam lidar com aquela situação, e como ela sairia daquela enrascada.

Além do romance, achei muito legal a forma como a autora tratou de assuntos importantes, como assumir responsabilidades, e como isso muita das vezes nos faz ter de abrir mão de outras coisas, que gostamos de fazer.  A questão da amizade vir primeiro que os relacionamentos amorosos de nossas amigas, e que ter um relacionamento pautado na fidelidade, e na confiança é muito importante. Pois sem isso as coisas podem acabar não dando muito certo.


“(...) Até falei a respeito com o Daniel, mas ele me disse que era normal, que todo relacionamento era assim, no começo a paixão vinha com toda a força, mas aos poucos o amor dominava, e o namoro ficava mais calmo.... Mas, então por que eu ainda sentia tudo aquilo do começo?” (Pag.145)


Foram tantos assuntos que a autora pontuou nesta obra, que eu acredito que não consegui mencionar todos. Porém gostaria de apontar que desta vez a autora conseguiu desenvolver de forma muito bem elaborada esta história, fazendo com que a leitura te prendesse e fizesse com que o leitor virasse as páginas sem perceber. Já que era bomba atrás de bomba. Teve momentos leves, e outros tensos que me deixaram de cabelo em pé. A Paula também conseguiu explorar de forma ampliada outros personagens, descrevendo estes ora através de e-mails, ora através de mensagens de texto. Inclusive achei essa ideia genial.

A escrita da autora continua leve, cativante, e envolvente, fazendo com que a leitura flua. Admito que esta obra continua no mesmo pique que o livro anterior, contudo não me diverti tanto como no primeiro livro, talvez seja porque nesta história houve mais drama, e tensão.



(...)Porque o que eu julgava ser apenas uma frase clichê da internet acabou acabou se revelando verdade: era possível, sim, se apaixonar várias vezes pela mesma pessoa. Eu podia dizer isso por experiência própria.” (Pag.191)



Estou ansiosa para ler a continuação desta obra, mas ainda não a fiz, pois não quero ler tudo de uma vez, quero devorar esta série aos poucos! Continuo recomendando a leitura dessas obras, pois estou amando acompanhar a vida da Priscila e de seus amigos. E se você gosta de um bom romance, e de ver adolescentes vivendo momentos mais divertidos e dramáticos durante essa fase da vida que nos marca profundamente, não percam essa oportunidade. Prometo que assim que eu concluir a leitura irei trazer a resenha do livro Minha Vida Fora de Série (3º Temporada). Mas, e vocês já tiveram oportunidade de ler este livro, ou se interessaram por esta leitura? Deixem nos comentários a opinião de vocês, é sempre muito importante e bem vinda.


Espero que tenham gostado, e por hoje é só.

Até o próximo post


Me acompanhe nas redes sociais:

Um comentário

  1. Antes de mais nada, preciso dizer que amei as fotos e a composição.
    Eu AMO essa autora, mas nunca li essa série, acredita? hahaha
    Preciso muito me jogar nessa história =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo