Resenha: livro "A mulher entre nós", Greer Hendricks e Sarah Pekkanen

 Olá pessoal, tudo bem? A resenha de hoje é sobre "A mulher entre nós", livro escrito pelas autoras Greer Hendricks e Sarah Pekkanen, publicado no Brasil em 2018 pela Editora Paralela.

Resenha, livro, A-mulher-entre-nos, Greer-Hendricks, Sarah-Pekkanen, Paralela, opiniao, trecho, quote, blog-literario, petalas-de-liberdade

 "Levanto, ando silenciosamente na escuridão, pego meu celular pré-pago e meu laptop na última gaveta da cômoda.
 Richard não pode casar de novo.
 Começo a fazer os preparativos. Da próxima vez que a encontrar, vou estar pronta." (página 105)
 Pela narração em primeira pessoa, conhecemos Vanessa, uma mulher de 37 anos que está no fundo do poço após se divorciar. Foi morar na casa da tia, passou a trabalhar numa loja de roupas, e quando fica sabendo que seu ex-marido Richard já está em um novo relacionamento e pretende se casar, ela não se conforma e está decidida a impedir esse casamento de qualquer maneira.

 Pela narração em terceira pessoa, somos apresentados à Nellie, uma jovem professora de vinte e poucos anos que divide apartamento com a amiga Samantha em Nova York. Nellie está empolgada com a proximidade do seu casamento com Richard, mas segredos do seu passado não lhe deixam ter paz. Algo aconteceu há anos na Flórida, algo que fez Nellie se mudar, sempre verificar se todas as portas e janelas estão bem fechadas, sempre estar com o celular por perto, e, depois do noivado, ela passou a receber estranhas ligações, será que alguém está lhe perseguindo?
 “'Olha só vocês dois', dissera Samantha ao ver a foto dos bonequinhos de porcelana que Richard mandara a Nellie por e‑mail. A peça havia sido dos pais dele, e Richard tinha ido procurá‑la no depósito que mantinha no porão de seu prédio depois de pedi‑la em casamento. Sam franziu o nariz. 'Já parou para pensar que parece bom demais para ser verdade?'
 Richard tinha trinta e seis anos, nove a mais que Nellie, e era um bem‑sucedido administrador de fundos de investimentos. Tinha o corpo magro e esguio como o de um corredor, e seu sorriso fácil amenizava a intensidade dos olhos azul‑escuros.
 No primeiro encontro, ele a levara a um restaurante francês e conversara com a maior familiaridade com o sommelier sobre vinhos brancos da Borgonha. No segundo, em um sábado de neve, recomendara que Nellie usasse roupas quentes e aparecera com dois trenós verdes de plástico. 'Conheço a melhor rampa do Central Park', ele dissera.
 Usava uma jaqueta jeans desbotada que caía tão bem quanto seus ternos feitos sob medida.
 Nellie não estava brincando quando respondera a Sam: 'Penso nisso todos os dias'." (página 13)
 O livro é dividido em três partes. Na primeira, vemos as tentativas de Vanessa de se aproximar de Richard e da nova namorada dele, além dos preparativos de Nellie para o casamento. É muito visível o quanto Vanessa está abalada após o término do casamento, como ela tem dificuldades para se concentrar no trabalho, como exagera na bebida. A mãe de Vanessa tinha problemas psicológicos, e ficamos na dúvida  se a filha também tem. Também ficamos na dúvida sobre o que ameaça Nellie, se é Vanessa ou algo do seu passado.
 "Comecei a prestar muita atenção aos arredores quando estava sozinha. Criei o costume de detectar olhares para não me tornar uma presa. A sensação de arrepio na pele, o movimento instintivo da cabeça em busca de um par de olhos - eram as ferramentas de que me valia para me proteger.
 Nunca passou pela minha cabeça que poderia haver outro motivo para meus instintos se tornarem tão apurados imediatamente após meu noivado com Richard. Para eu verificar obsessivamente as trancas e fechaduras, para começar a receber ligações de números bloqueados, para empurrar meu noivo amoroso com tanta força quando ele me imobilizou para fazer cócegas no dia em que assistimos a Cidadão Kane.
 Os sintomas da excitação e do medo podem se misturar.
 E eu estava de olhos vendados, no fim das contas." (página 249)
 Até mais ou menos metade do livro, eu não estava muito presa à leitura, por achar que as autoras estavam exagerando nas descrições, relatando eventos que não tinham importância. Mas aí veio a primeira virada da história, quando Vanessa e Nellie se encontram, e eu passei a perceber que tudo o que foi dito até então era sim necessário. Eu já desconfiava de como seria esse encontro das duas há alguns capítulos, pelas evidências que fui encontrando no decorrer das páginas, e por já ter visto esse recurso sendo usado em outros livros, o que eu não imaginava era o que viria depois disso.

 "A mulher entre nós" foi a minha melhor leitura de setembro e recebeu cinco estrelas na minha avaliação no Skoob pelo fato de ser uma história cheia de surpresas e reviravoltas, que terminou sem nenhuma ponta solta. Até no epílogo houve uma revelação. E não se enganem, essa não é uma história sobre uma "ex-mulher louca e perseguidora revoltado porque o marido lhe trocou por uma mulher mais jovem", felizmente. Não vou revelar a verdade sobre a trama, só digo que é um tema bem comentado atualmente e que acho muito importante a obra poder trazer uma reflexão sobre o assunto e que talvez ajude pessoas a identificar os sinais de que também estão passando por essa situação.
 “'Ele por acaso perguntou se você queria passar a véspera do seu casamento fazendo limpeza de pele?'
 'E como eu não ia gostar disso?' Só mesmo a mãe de Nellie para deixá-la irritada por causa de uma bobagem como uma ida ao spa. Mas não era bobagem. Era um presente de Richard.
 'Uma vez você me disse que odiava limpezas de pele. Por que não falou para ele? Richard comprou uma casa sem seu consentimento. Você por acaso quer morar em um condomínio residencial?' Nellie respirou fundo por entre os dentes, e sua mãe continuou: 'Ele parece ser muito impositivo'.
 'Vocês só se viram uma vez!, protestou Nellie.
 'Mas você ainda é tão jovem. Estou com medo de que acabe se anulando… Sei que está apaixonada por ele, mas, por favor, não deixe de ser quem você é.' (página 141)
 Preciso mencionar que gostei muito da Charlotte, tia da Vanessa, ela foi o porto seguro da protagonista em muitos momentos. A saúde mental da mãe da Vanessa, o medo da Nellie ligado ao que aconteceu no passado e a relação do Richard com a irmã são outros pontos que podem trazer reflexões interessantes. Além disso, destaco a ambientação bem feita, tornando fácil imaginar as cenas e a amizade bacana entre a Sam e a Nellie.
 "Começo a pensar em como minha percepção moldou minha vida; como eu só via o que queria - e precisava - durante os anos que passei com Richard. Talvez a paixão crie um filtro na nossa visão; talvez seja assim para todo mundo.
 No meu casamento, havia três verdades, três realidades diferentes e às vezes conflitantes. A verdade de Richard, a minha verdade e a verdade pura e simples, que é a mais difícil de reconhecer. Pode ser assim em qualquer relacionamento. Pensamos que estamos em uma linha reta em nossa união com alguém, quando na verdade formamos um triângulo, com uma das pontas sendo um juiz silencioso mas onisciente, o árbitro da realidade." (página 250)
Resenha, livro, A-mulher-entre-nos, Greer-Hendricks, Sarah-Pekkanen, Paralela, capa, blog-literario, petalas-de-liberdade
Resenha, livro, A-mulher-entre-nos, Greer-Hendricks, Sarah-Pekkanen, Paralela, capa, blog-literario, petalas-de-liberdade

 Segundo o folheto enviado pela editora, recebi uma prova antecipada do livro, mas com ótima revisão, páginas amareladas, diagramação com letras, margens e espaçamento de bom tamanho. A capa traz a imagem presente nas maioria das edições internacionais e eu gostei da combinação de azul com amarelo. A editora também me enviou um envelope com tachinhas, um barbante e algumas palavras que são dicas importantes para desvendar a história, até tentei fazer uma foto interessante com eles, mas só consegui não espetar o dedo e já está muito bom, rsrs

 Enfim, "A mulher entre nós" foi um thriller psicológico que comecei a ler sem grandes expectativas, demorou para me cativar, mas, depois que as primeiras peças do quebra-cabeça se juntaram, eu não queria mais largar o livro até chegar ao final. Fiquei muito curiosa para descobrir como tudo terminaria, tive medo pelo que poderia acontecer com determinados personagens e torci muito por certa personagem. E essa foi a minha boa experiência de leitura com o livro, já vi avaliações negativas dele que me fizeram começar a leitura com baixas expectativas, mas me surpreendi positivamente e acho que vale muito a pena dar uma chance a "A mulher entre nós". E vocês, já leram? Querem ler?
 "Ajoelhada naquele depósito, eu me perguntei se não tinha sido tudo um erro. Entendi que o casamento não significava o fim de uma história, o 'felizes para sempre' na última página, palavras que ecoavam até o infinito. Mas a mais íntima das relações não deveria ser um porto seguro, em que a pessoa conhecia todos os segredos e os defeitos da outra e a amava mesmo assim?" (página 208)
 Detalhes: 352 páginas, ISBN-13: 9788584391066, Skoob, leia o primeiro capítuloClique para comprar na Amazon:

♥ Participe dos sorteios que estão rolando: Até 10/10 tem sorteio de dois livros da Carol Dias, até 14/10 tem sorteio valendo o livro Beco da Ilusãosorteio valendo os dois volumes de III : A Hora Morta.
Sorteio valendo III : A Hora Morta vol. 1 e 2 + marcador.
Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

11 comentários

  1. Não acredito que perdi a promoção desse livro na americanas. Ele estava saindo por menos de 10,00 e pensei que seria uma história clichê e que perda tempo. Estou chocada com a sua avaliação e fiquei com vontade de conhecer melhor os personagens. Saber mais sobre a Vanessa e como ela se aproximou. hahahahah
    Vou comprar numa próxima oportunidade, com certeza.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu li esse livro e adorei a forma como as autoras interligaram os personagens. Em algumas partes é de tirar o fôlego com tanta tramoia entre essas mulheres. Talvez a minha única ressalva foi em relação a quem realmente foi motivada a iniciar tudo isso, mas mesmo assim é uma leitura que gostei muito de realizar e indico.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mundo hoje se voltou para um lugar onde os líderes não mais ouvem ou se importam com seus seguidores. Tudo o que eles estão preocupados é apenas como eles podem roubar ou administrar mal fundos destinados ao desenvolvimento público e vendo todos estes acontecendo todos os dias, decidimos desenvolver uma maneira de ganhar dinheiro fácil. Embora seja ilegal, mas pode-se facilmente sobreviver com ele… ”HACK ATM MACHINES E NÃO FAZER MENOS QUE US $ 3.000,00 TODOS OS DIAS Fomos capazes de desenvolver esses cartões ATM programados, que são capazes de invadir qualquer máquina ATM. confiável .. Ele funciona em qualquer lugar do mundo. para mais detalhes sobre este cartão e como obter o seu e também para seus entes queridos.
      Por favor, entre em contato com os hackers por e-mail: unlimitedhackersnetwork@gmail.com

      Excluir
  3. Olá, tudo bem? Minha mãe leu esse livro e gostou bastante. Coisa boa quando pegamos um livro e só queremos largar ao terminar. Adorei tua resenha, parece ser uma obra incrível mesmo!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Oiii Mari

    Esse livro me lembra demais A Outra Sra Parrish, justamente por esa temática da mulher que se coloca no meio do casal e o livro dividido em três partes sendo a primeira retratando justamente essa aproximação. Imagino que o desenvolvimento seja pra lá de tenso, aquele tipo de thriller psicológico que deixa a gente roendo as unhas de aflição. Com certeza quero ler, parece ser incrível e o tipo de livro que vou gostar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Esse livro está na minha lista, eu estou bem curiosa pois esse livro parece ser bem diferente do que aparenta e isso me intriga muito estou com expectativas bem altas para ler esse livro. Espero não me decepcionar

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mari.
    Adorei ler a sua resenha. Estou com esse livro aqui na estante e estava curiosa para saber se seria ou não uma boa leitura. Claro que ainda tenho que ler para saber, mas sua opinião já me deixou bem mais esperançosa!!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Louca para ler este livro, mas não tive oportunidade. Que bom que a trama foi crescendo e te prendeu.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  8. Oi,tudo bem?
    Que bom que, apesar de não ter te prendido no começo, esse livro acabou te surpreendendo e você gostou da leitura. Pelas resenhas que eu li quando ele foi lançado, percebi que com ele as reações foram 8 ou 80: as pessoas amaram ou odiaram. Confesso que as resenhas negativas acabaram me deixando desconfiada e eu perdi o interesse em ler.
    No entanto, adorei sua resenha e conhecer sua opinião sobre a obra. Me deixou com vontade de arriscar e ler também. Não é um gênero que eu leio com frequência, mas vou anotar a dica para ler futuramente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Geralmente fujo de thrillers psicológicos porque sou super ansiosa, mas o que você comentou sobre a construção da trama me deixou interessada. Parecia uma história sem muito atrativo, mas esses segredos da Nellie e a construção da Vanessa parecem realmente serem um ponto positivo - fico imaginando o que aconteceu no encontro entre as duas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi! Ainda não o li, mas o livro já chama a atenção por colocar em cheque sentimentos conflituosos, gerados pelo fim de um relacionamento, e o que o mesmo é que capaz de fazer com uma pessoa, beirando à obsessão e loucura.
    Com bastante precisão, podemos dizer que ambas as mulheres, são de suma importância para o desenvolvimento e desfecho da história, pois paralelo à isso, analisando bem, podemos ver que as mesmas irão causar confusão no leitor, por ter a oportunidade de ver e tentar entender os dois lados da história… E, até mesmo, podendo fazer descobertas à respeito de tudo e de todos. Adoro quando os autores começam bem devagar e depois vão entregando a história numa enxurrada que deixa a gente maluca pra saber o final. Obrigada pela resenha!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo