TOP COMENTARISTA DE ABRIL

TOP COMENTARISTA DE ABRIL
Seu comentário pode te dar o livro "Ninfeias Negras", clique na imagem para saber como participar! E quanto mais você comentar, mais chances tem de ganhar!

sábado, 4 de março de 2017

Resenha: livro “Grito”, Godofredo de Oliveira Neto

 Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje, venho comentar minha experiência de leitura com o livro "Grito", escrito pelo catarinense Godofredo de Oliveira Neto e publicado pela Editora Record em 2016.

Resenha: livro “Grito”, Godofredo de Oliveira Neto

“Liberdade e o mal não combinam.” (página 36)

 Em “Grito”, conheceremos Eugênia, uma senhora de oitenta e dois anos, que mora num apartamento no mesmo prédio de Fausto, um jovem de dezenove anos. Eugênia trabalhou como atriz de teatro por aproximadamente seis décadas, agora, aposentada, tem como diversão criar, ensaiar e apresentar peças teatrais com Fausto, já que o jovem tem vontade de ser ator de teatro. Eles sempre se reúnem no apartamento dela ou no dele, para discutir suas ideias, escrever roteiros e encenar as histórias.

 Eugênia já se acostumou com as esquisitices de Fausto, ele não para em emprego nenhum, é sempre a mesma rotina: consegue um emprego, fica eufórico e grita, é despedido poucos dias depois, mas não sem antes fazer um novo amigo no trabalho. A preocupação de Eugênia é com essas amizades que Fausto arruma. Ciúmes? Ela diz que não, mas é que pelas informações que ela reúne sobre esses amigos, seja através do porteiro ou vasculhando as redes sociais, nenhum parece ser boa pessoa, e pode complicar a vida do rapaz.

“A Adelita, pelo que vi na internet, já esteve enrolada em negócio de droga. Não exatamente ela, mas o sujeito com quem andava. (...) E você não vai acreditar: ela tem onze irmãos, são doze filhos com ela. Uma escadinha, vi uma foto no Facebook. (...) E bem verdade que tem muita mentira nas redes sociais. Perfis falso, identidade trocada e por aí afora. (...) As redes sociais, de certa maneira, acabam por fazer algo parecido com a catarse provocada pelo teatro. Dá para purgar um pouco as paixões.” (página 64)

 E assim transcorre a amizade de Eugênia e Fausto, até um desfecho imprevisível, chocante e digno da dramaturgia.

 “Grito” é uma leitura rápida, não só pelo reduzido número de páginas, mas por ter trechos dos roteiros criados por Eugênia e Fausto. É uma obra que pode ser analisada em diversas partes: no conhecimento de Eugênia sobre o teatro, na relação dela com um rapaz bem mais jovem, no uso das redes sociais para se informar sobre a vida dos conhecidos de Fausto... Ainda que terminemos a leitura sem todas as respostas, sem conhecer a fundo quem realmente era o Fausto, é uma obra interessante de se ler, especialmente pelo desfecho inesperado (ou não) e pela forma diferente de contar a histórias, mesclando roteiro e depoimento.

“As minhas ponderações acabaram por ter algum resultado. Fausto aceitou que o espaço fosse o Mahagonny, do Brecht, de que ele nunca tinha ouvido falar. Sua cultura é ainda bastante rala, mas como é jovem e com ganas de aprender, tem grandes possibilidades de crescimento. Abandonou um deserto mortífero e optou por um deserto à beira-mar, onde os problemas e o verdadeiro perigo e a real ameaça são os seres humanos. São eles que avinagram o amor e o prazer.” (página 63)


 A edição tem uma capa interessante, eu gostei da combinação de cores, do vermelho e do branco. As páginas são amareladas e porosas, a diagramação tem margens, letras e espaçamento de bom tamanho, e a obra está bem revisada.

 Fica a sugestão para quem gosta de teatro, ou procura uma leitura rápida e com um desfecho impactante. 

 Detalhes: 160 páginas, ISBN-13: 9788501107015, SkoobCompre online.

 Por hoje é só, espero que tenham gostado do post. Me contem: já conheciam o livro ou o autor?

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

10 comentários:

  1. Oi Mari,
    Não conhecia nem a obra, nem o autor.
    Mas a temática é bem interessante, o livro parece ótimo.
    E a edição parece bem bonita.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem
    Não conhecia nem o livro e nen o autor,mais gostei bastante bem interessante a história,adorei a resenha bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Maria
    Que dica mais bacana! Não conhecia, mas adoro este tipo de leitura e ja vou colocar na minha lista.
    Muito bom seu post, querida, adorei
    Bjks mil

    ResponderExcluir
  4. hMM, fiquei curiosa com a história ahahahahaha. sério. me intrigou demais essa coisa estranha do rapaz e essa senhora ao lado dele.Ai ai ahahaha já quero! :)

    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia nem a obra e nem o autor, mas o livro parece ótimo! Quero ler!
    Beijos, http://girliethingspt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Não sei se ia achar interessante a leitura porque não faz muito meu estilo...

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Embora sua resenha esteja ótima, não consegui me interessar pela história de Fausto, embora exista um pequeno suspense aí.
    Mesmo assim, vou tentar saber mais, ver outras resenhas e quem sabe, isso muda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que não é muito do tipo que costumo ler, sabe? Mas achei a premissa interessante, deve ser bacana acompanhar essa amizade e fiquei curiosa para saber sobre esse desfecho chocante e imprevisível. Enfim, não sei se lerei esse livro, mas gostei de conhecer um pouco sobre ele.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  9. bem, nunca tinha ouvido falar do livro ou do autor,mas confesso que fiquei curioosa com a premissa dele... bem curto,né? Apenas 160 páginas... deve ser leitura pra uma sentada ^^

    anotei a dica,bjs...

    ResponderExcluir
  10. Sendo bem sincera, apesar do enredo ter me interessado, eu não sou uma grande leitora do gênero e seu que um livro assim ficaria na minha estante sem ser lido por um bom tempo. Ainda assim,é uma ótima dica pra quem quer sair da zona de conforto.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados