sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Resenha: livro Para onde vai o amor?, Carpinejar

 Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é Para onde vai o amor?, escrito pelo Fabrício Carpinejar e publicado pela editora Bertrand Brasil em 2015.

Resenha, livro, Para onde vai o amor?, Carpinejar

 Para onde vai o amor? é um livro de crônicas e foi o meu primeiro contato com a escrita do autor, que é bastante conhecido e já tem vários livros lançados.

As relações amorosas são o tema das crônicas do livro, desde o início delas até o final, e "para onde vai o amor" quando a relação acaba? E quando ela não vai bem mas é impossível terminá-la? Já na primeira crônica, consegui entender o motivo de Carpinejar ter tantos leitores. São mais de 50 crônicas e eu gostei e me identifiquei com a maioria delas. Na resenha, vou falar um pouquinho sobre as minhas preferidas e colocar minhas citações favoritas, se bem que praticamente o livro todo poderia estar grifado com trechos interessantes.

 "Vou sofrer por amor, não morrer de amor.
 Poderia morrer de amor na adolescência.Graças a Deus que não aconteceu." Indispensável Sofrimento, página 21.

 "O gosto do amor" nos mostra o quanto podemos descobrir de uma relação apenas observando o beijo.
 "O beijo diz se devemos ficar ou não. (...) Não se mente o beijo." página 26
 "Se um não está apaixonado, o beijo é uma boca sem ritmo. Uma boca sem repetição. Uma boa sem vizinho, sem ouvido, uma boca acenando porque se esqueceu de seguir." página 27

 "Se você encontrou" é uma da crônicas mais fortes do livro, fala sobre se agarrar a quem amamos e nos ama.
 "Não há como lhe ensinar coragem (ensina-se medo, mar coragem não)." página 30
 "O amor é se ver no reflexo do lago no momento em que chove, nunca será um espelho parado." página 31

 "SUS" é uma das menores crônicas, ocupa apenas uma página e faz uma comparação entre como queremos que o amor seja e como realmente ele é, como o Sistema Único de Saúde.

 Algumas crônicas são mais amplas, outras, bem mais intimistas e pessoais, onde parece que o Carpinejar está falando dele mesmo, se abrindo. "Todo o amor do mundo em mim" é uma dessas crônicas, onde o autor lista as coisas que ele ama. E foi encantador ver o quanto dos itens que ele cita, também são itens que amo.
 "Amo quando encontro gente carinhosa que me faça parecer discreto." página 53

 A crônica "Só as dúvidas são certas" foi uma das com que mais me identifiquei, por já ter vivido uma situação semelhante em minha vida, onde eu e meu namorado lidamos com um fato de formas diferente.

 "Não se pode mais idealizar nesta vida?" tem a ver com algo que acontece muito com quem lê: a gente se encanta com as relações perfeitas e super românticas dos livros de romance, mas a nossa expectativa e o que encontramos na realidade não são a mesma coisa. Estamos erradas em querer o melhor?

 "Será que deveria se conformar com o pior e desperdiçar sua existência com o pior? Não se pode mais idealizar? É um crime conservar o apelo romântico de achar um príncipe, sua cara-metade, seu complemento da alma? Será que ela necessita fingir que a bijuteria brilha como joia? Fingir que o coaxo é um canto de cisne? O pessimismo é a expressão da saúde emocional hoje em dia?" página 99

 "Felicidade não é obsessão. Felicidade é se contentar com o que não deu certo também.
 (...)
 Uma criança entende mais de felicidade porque não a entende.
 O adulto, ao desejar ser feliz, já perde metade da felicidade (a outra metade a saudade rouba)." A falta do que fazer, página 106.

 "Pássaro com asas de âncora" me conquistou pelo título, e também por ser uma espécie de declaração.

Resenha, livro, Para onde vai o amor?, Carpinejar, Bertrand Brasil
Resenha, livro, Para onde vai o amor?, Carpinejar
Resenha, livro, Para onde vai o amor?, Carpinejar, diagramação, quote, trecho, crônicas
Resenha, livro, Para onde vai o amor?, Carpinejar

 Quando tive o livro em mãos, fiquei encantada pela capa, que tem o coração e o título em alto-relevo. Achei a combinação de cores muito bonita. A revisão está ótima, assim como a diagramação, com letras, margens e espaçamento de bom tamanho. As folhas são amareladas.

 Para onde vai o amor? fez com que eu me tornasse fã do Carpinejar, por sua capacidade de descrever com tanta verdade os sentimentos e emoções. Foi uma leitura muito agradável e que eu recomendo para todos os que tem um coração, para todos os que tem sentimentos. Com certeza, todo leitor vai se identificar com pelo menos uma das crônicas. É um livro que vale muito a pena ter, para poder ler e reler, e é uma boa indicação para presentear também, acho que é meio impossível alguém não gostar de Para onde vai o amor?.

 Detalhes: 176 páginas, ISBN-13: 9788528620160, Skoob. Onde comprar online: Americanas, Submarino. Acesse o blog do autor e veja algumas crônicas: carpinejar.blogspot.com.br, Facebook, Twitter.

 Por fim, "O que é mais complicado; uma entrevista de emprego ou uma conversa de reconciliação?" Para saber o que o Carpinejar tem a dizer sobre o assunto, só lendo O maior prêmio do amor, página 162.

 Por hoje é só; espero que vocês tenham gostado da resenha. Quem aí já leu algo do autor?


Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

19 comentários:

  1. quando vi esse livro queria muitooo ler mas dai vi uma resenha que dizia que era uma mistura de amor com foça e deixa de lado.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    ultimamente estou vendo mutias resenhas desse livro, mas de certa forma esse livro não me chama muito atenção por isso não vou comprar, kkk, mas essa capa foi muito bem feita está um charme
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Este cara é da minha terra,
    Tem um programa de rádio que ele participa por 5 minutos.
    Ele é muito engraçado.
    Bj

    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu já li alguns livros do autor e me identifiquei com várias coisas que ele contava, por isso que gosto tanto dele, porque ele escreve coisas reais que acontecem ou podem acontecer com qualquer um, né? Agora esse livro eu ainda não li, mas desde que o vi pela primeira vez fiquei animada, porque gosto do autor e o tema é ótimo, acredito que é um livro que me agradaria bastante e eu talvez colocasse post-its quase no livro todo, porque pela sua resenha tem muitos trechos interessantes.

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, nossa sou louca para ler esse livro, só ouço coisas boas dele, sem contar que nunca li nada do autor!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Ainda não tive oportunidade de ler esse livro, mas é impossível não ficar curiosa vendo tantos leitores amando e se identificando com as cronicas desse livro.
    Espero em breve ter oportunidade de realizar essa leitura.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Maria, acabei de ler, e não me empolguei muito com esse livro. Acho que pq estou na onda do Prometo falhar, que eu achei bem mais intenso, nessa linha de crônicas de amor.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Ganhei o livro e achei uma das piores coisas que já li este ano, cristão e machista demais para mim... quase vomito de tanta asneira... já não curtia o autor pelas abobrinhas que ele derrama na Globo, depois da livro, quero passar longe.

    ResponderExcluir
  9. Oii!
    Tenho visto opiniões tão controversas sobre esse livro que não sei bem o que esperar, mas eu ainda quero ter minha própria experiência com o autor e, quem sabe, tornar-me uma fã também. Adorei sua resenha e as citações. Muito lindas!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. eu até me interessei pr ler, mas depois vi umas opiniões de amigas minhas que leram e odiaram, e como o gosto delas é beeem parecido com o meu, creio que não curtir tbm... ai desisti xD

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro crônicas! E como nunca li nenhum livro 'adulto' do autor, estou curiosa para conferir essa obra! Espero gostar. :D
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Esse livro está me chamando muita atenção, vários blogueiros amam, e vários odeiam. mas acho que leria ele só por ser bem curtinho, assim seria bem rápida a leitura

    ResponderExcluir
  13. OI Mari, tudo bem!?
    Poxa, eu fiquei bem na dúvida sobre esse livro! Não sei se gostaria de ler ou não. Já vi várias resenhas amando, outras odiando loucamente... Fico bem dividida com isso T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  14. Oi Mari,
    Vi muitas resenhas sobre este livro, bem divididas, uns amam, ouros n curtem tanto, confesso que adoro os quotes e frases destacados, acho q eu poderia muito bem ser da galera q ama, mas n sei, só lendo p saber...
    Bjos
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Já dei uma lida nos livros do Carpinejar mas infelizmente eu não consigo me sentir atraído pelos livros deles, principalmente por esse.

    ResponderExcluir
  16. Quem vai ler esse livro será uma colaboradora do blog. Eu, sinceramente, por mais que goste, não consigo me dar com livros de contos. Eu abandono a leitura antes da metade do livro.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Mari! Adoro a mistura de histórias curtas com romance, é uma boa pedida pra mim. Esse parece ser um daqueles livros de amor ou ódio como eu pude ver com os comentários acima, mas com certeza eu faria parte daqueles que amam, porque por mais que não conheça o autor, não tem nada mais atrativo pra mim do que essas histórias fofas e melosas.

    Beijos,
    Fernanda!
    www.meianoiteequinze.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Já vi várias resenhas sobre esse livro e infelizmente não me interessou.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi! Tudo bem?

    Não gostei da capa mas a premissa me interessou bastante.

    Abraços,
    Ludy
    http://nodivacomaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados