quarta-feira, 8 de junho de 2016

Resenha: livro "Pelos caminhos da vida", Cristina Censon & Daniel

Olá pessoal, tudo bem? O livro da resenha de hoje é "Pelos caminhos da vida", psicografado pela Cristina Censon e publicado pela Petit Editora em 2016.

Resenha, livro, Pelos caminhos da vida, Cristina Censon & Daniel

 "Um dia entenderá que nem todas as criaturas são efetivamente livres, mesmo sem nunca terem sido escravizadas ou dominadas. Impeça uma criatura de pensar por si e já a está conduzindo a uma prisão, mesmo que sem grades." (página 77)

 A história se passa no século catorze, na França, e é narrada em terceira pessoa. Somos apresentados a Adrien, um jovem que viu toda a sua família morrer por causa da peste negra, ele não sabia o que fazer agora que estava sozinho, até que apareceram em sua casa uma mulher chamada Justine e uma garota chamada Adele. Elas estavam fugindo do pai da menina que queria colocá-la num convento, pois Adele tinha dons especiais: era capaz de ver e falar com pessoas mortas e de adivinhar pensamentos, coisas que a colocavam na mira da Igreja naquela época de inquisição. Provavelmente ela não sairia viva se fosse colocada nesse convento, que tinha métodos bem questionáveis.

 Adele só tinha 13 anos, mas falava como se já tivesse vivido muito mais, ela fugiu com sua amiga Justine para poder encontrar Elise, uma pessoa que, segundo sua falecida mãe, poderia lhe ajudar e lhe proteger. Como seria um caminho longo e nada mais tinha a perder, Adrien decidiu acompanhá-las, e no caminho conheceram Jules, um homem que era extremamente diferente do pai de Adele: ele também tinha uma filha sensitiva, Aimée, e a tratava com todo o amor e a protegia de quem quer que pudesse lhe fazer mal por ser diferente. E Jules faria o possível para ajudar Adele também.

 A tal Elise que Adele procurava não tinha uma boa fama na região, e encontrá-la poderia ser um erro, mas a decisão de ir até ela ou não só caberia a Adele, e traria consequências para a vida de muita gente.

 "Pelos caminhos da vida" é um livro que fala sobre o passado (peste negra e inquisição), ms também fala sobre respeitar as escolhas de cada um, escolhas que só aquela pessoa pode fazer e arcar com as consequências delas. Foi uma leitura um pouco mais demorada do que eu esperava, mas tem seus pontos altos, as personagens femininas em sua maioria são bem fortes e à frente do seu tempo, e a amizade de Jules com o frei Jaques (que deveria ser um inimigo, afinal, trabalhava para a Igreja, mas não era) acabou trazendo um toque mais divertido para a história.

 "- (...) Jules, quantos problemas!
 - Minha vida estava muito monótona e precisava de novas emoções." (página 224)

Resenha, livro, Pelos-caminhos-da-vida, Cristina-Censon, espirito-Daniel, livro-espirita, livro-medieval, capa

 Sobre a diagramação: margens, letras e espaçamento tem bom tamanho. As páginas são brancas e a capa é bem bonita.

 Detalhes: 384 páginas, ISBN-13: 9788572533034, Skoob. Onde comprar online: Saraiva, no site da editora: www.petit.com.br.

 Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha de hoje. Me contem: já conheciam o livro ou a autora? Já leram histórias que se passem nessa época?

Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobInstagramYouTube| Snapchat: marijleite_pdl

8 comentários:

  1. Olá.
    Eu preciso dizer que dos muitos livros da editora esse foi um que finalmente me interessou... Achei a premissa realmente muito bem elaborada, bem interessante, ainda mais sendo um livro que se passa no século 14 e fala de assuntos tão interessantes. Realmente gostei e leria sim. Ótima resenha

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito dos livros da Petit pela mensagem que passam.
    Os temas que este livro aborda também são interessantes.
    É, com toda certeza, uma ótima leitura;

    Beijinhos..
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu li e me surpreendi, pois esperava outra coisa do enredo. Achei incrível como retratam tão bem os costumes da época e como as diferenças eram tão grandes.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. bom, pra ser sincera a temática de livros espíritas nunca me atraiu, então não é uma obra que eu leria... mesmo falando sobre inquisição e peste negra, dois assuntos que me interessam...
    bjs...

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Terminei de ler este livro a pouco tempo e até o resenhei também. Eu gostei bastante da história nele tratada e tenho que dizer que me apeguei muito a personagem de Adele que é incrível, o que me fez sofrer também. Gostei bastante do livro e também demorei para ler mais do que desejava... mas não foi por falta e interesse, foi falta de tempo mesmo ao meu ver. Sabia que esse livro é parte de uma trilogia? Estou doida para poder ler o segundo.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  7. Olá, não costumo ler livros do gênero, mas gostei da premissa desse. A obra parece ser bem envolvente. Abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá Marijleite, tudo bem?

    Esse livro tem tempos que a capa me instiga, após ler a sua resenha fiquei ainda mais intrigado, o ruim é ter de esperar pelos outros livros da trilogia, mas ainda assim pretendo solicitar para a Petit. Bjusss

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados