Resenha: livro "Horror na Colina de Darrington", Marcus Barcelos

 Olá pessoal, tudo bem? Hoje é dia de comentar sobre minha experiência de leitura com "Horror na Colina de Darrington", livro escrito pelo Marcus Barcelos e publicado em 2016 pela Faro Editorial. Foi o 10° livro que li no meu desafio de ler 30 livros em janeiro (vocês podem descobrir quantos eu já li nos Destaques do Stories do meu perfil no Instagram).

Resenha, livro, Horror-na-Colina-de-Darrington, Marcus-Barcelos, Faro-Editorial, capa, trecho, blog-literario-petalas-de-liberdade, livro-de-terror

 Benjamin é o narrador, e em 2015, nos conta o que aconteceu 11 anos antes, quando ele estava morando com os tios, numa casa antiga na colina. A tia estava doente, a prima mais velha estava na faculdade em outra cidade, o tio precisava trabalhar fora, e Ben foi cuidar da prima Carla, uma garotinha de 5 anos.

 Tudo estava normal, até que, certa madrugada, Ben acordou com sede e foi buscar água, mas se deparou com Carlinha na escada, fazendo caretas. Quando ele perguntou o motivo de ela estar ali, a menina disse que estava imitando uma moça pendurada no teto pelas tranças. Logo Ben deduziu que não eram tranças, e que Carlinha estava vendo o fantasma de uma mulher enforcada que havia sido morta anos antes naquela mesma casa.

 "- Ben, tranque a porta do meu quarto. Agora. A chave está na gaveta ao lado da minha cama. Já estou indo pra casa. Estou p-perto - ele balbuciou no final.
 - Trancar a porta do seu quarto, tio? - Confuso, eu atropelava as palavras.
 - Mais uma coisa, Ben - ele disse, meio ofegante, aparentemente correndo. - Por nada... por nada neste mundo, deixe sua prima sozinha até eu chegar. E não vá até o porão." (página 37)

 Essa foi a primeira das muitas coisas estranhas que passaram a acontecer naquele dia, deixando Ben apavorado e sem saber a quem recorrer, mas com uma certeza: ele faria qualquer coisa para proteger Carlinha do que quer que estivesse dentro ou fora daquela casa. E vocês não fazem de ideia do quão longe essa história vai chegar!

 "- O que você está desenhando, hein?
 - Minha família e meus amigos. Nós moramos todos em um castelo! Olha! - A Carla estendeu a folha para mim: - Você está aqui também!
 Reparei que na parte do desenho que me representava viam‑se, fielmente representados, meus cabelos negros e bagunçados, meus grandes olhos azuis e até a roupa que usava naquele dia - calça de moletom cinza e camisa de manga comprida branca. Mas o que havia ao meu lado no desenho trouxe de volta o frio à minha espinha:
 - Quem é este, Carlinha? - Indiquei o que parecia ser um imenso animal com vários chifres, asas negras e patas tortas ao meu lado.
 A expressão da Carlinha mudou completamente e ela puxou o desenho da minha mão:
 - Ele não gosta de você! - ela disse, de repente.
 - Quem?
 - Ele não gosta de você! Não gosta de você! Ele falou que você é igual a ele. Não gosta. Não gosta. Não…
 De repente, da mesma forma que ela começou a falar, parou. E voltou a desenhar. Eu respirava meio fora de compasso, ainda tentando entender o que vinha acontecendo desde a noite anterior. Sem aviso, ela afirmou:
 - Ele é a escuridão. E a escuridão está chegando." (páginas 26 e 27)

 "Horror na Colina de Darrington" é um livro de terror com um ritmo ágil, são cerca de 140 páginas na medida certa, sem muita enrolação mas também sem que falte algo. A escrita do autor é bem fluida e nos permite imaginar facilmente a história.

 Ben cresceu num orfanato, e achei muito bonito o carinho que ele desenvolveu pela priminha e a sua determinação em protegê-la. Não posso falar muito sobre a trama para não dar spoilers. Prefiro que vocês descubram, durante a leitura, coisas como, por exemplo, de onde Ben está relatando os acontecimentos de 11 anos atrás. Já adianto que a história é cheia de reviravoltas, o leitor e o personagem muitas vezes não sabem em quem podem confiar, quem é realmente aliado ou não. Algumas coisas eu até descobri antes dele, outras foram mesmo surpreendentes.

 Esse livro tem o tipo de terror que eu mais gosto, que é quando coisas sobrenaturais realmente acontecem, sem que tudo seja apenas fruto da maldade humana, que está bem presente sim na história, manipulando muita coisa, mas sem ser a única explicação para a trama. Em termos de "medo", as cenas do início foram apavorantes para mim, depois já foi mais tranquilo.

 "Desde os primórdios da raça humana, existem homens que almejam invocar e libertar essa maldade no mundo visando lucros infinitos, poderes impressionantes. É o mais puro egoísmo. E esse egoísmo fez, e ainda faz, muitas vítimas." (página 81)

Resenha, livro, Horror-na-Colina-de-Darrington, Marcus-Barcelos, Faro-Editorial, sinopse
Ilustracao, Resenha, livro, Horror-na-Colina-de-Darrington, Marcus-Barcelos, Faro-Editorial
Diagramacao, Resenha, livro, Horror-na-Colina-de-Darrington, Marcus-Barcelos, Faro-Editorial

 A edição tem uma capa que remete à casa isolada, a lateral das páginas é preta, por dentro há páginas amareladas e algumas pretas. Há ilustrações retratando algumas cenas e detalhes diferenciando notícias de jornais e relatórios da narração em primeira pessoa. A diagramação segue o padrão dos livros da Faro, com margens grandes, bom tamanho de letra e de espaçamento entre uma linha e outra. Não encontrei erros de revisão.

 E por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha. Fica a minha recomendação para quem procura um bom livro nacional de terror, com cenas arrepiantes e de leitura rápida. Alguém aí já leu esse ou outro livro do Marcus Barcelos?

 Detalhes: 144 páginas, ISBN: 9788562409790, ilustrações: Thomaz Magno, Skoob, leia um trecho. Clique para comprar na Amazon:
Confira todos os posts do meu desafio de ler 30 livros em janeiro:

Até o próximo post!

Me acompanhe nas redes sociais:

26 comentários

  1. Não é um gênero que me chame a atenção tenho que ser sincera, eu conheço o autor e ele é um amor de pessoa, mas as suas escritas não me chamam a atenção, mas amei poder conhecer sua opinião sobre a obra, está ótima e sincera.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa é tanta informação para um livro tão pequeno não é mesmo?
    Assim como você também gosto de um terror onde o sobrenatural aparece e está ali simples assim.Acho que dai tem graça de ler.
    Comprei esse livro algumas semanas e estou esperando chegar, espero gostar dele assim como você

    ResponderExcluir
  3. Eu também curto fatos sobrenaturais nas obras de terror, e achei interessante que apesar de curto, o livro é bem escrito e não deixa pontas soltas.
    Mas falando do desafio também, puxa, trinta livros para ler no mês para mim parece puxado, mas parece que você se saiu muito bem! Eu vou finalizar com apenas 10 livros em janeiro, mas a quantidade de páginas está pesando bastante, pois estou lendo alguns calhamaços rsrs Dica anotada!

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?

    Eu tenho certo pé atrás em ler terror, simplesmente porque não me sinto muito a vontade lendo. Me causa mais angústia. Mas esse livro é bem comentado nas redes e pelo visto, você também o adorou. Adorei suas colocações e as ilustrações do livro. Não garanto ler, mas com certeza fiquei curiosa.

    Beijos,
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  5. Ano passado, li poucas histórias sobrenaturais (para ser sincera, li poucos livros de terror e suspense). Gosto de tramas em que isso realmente acontece, sabe? Da forma que vc descreveu, sem aquela manipulação em que a gente fica questionando tudo. Quero ler mais do gênero esse ano <3 e vou incluir essa dica na lista =D


    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Oiii,

    Parece ser uma leitura muito agradável e dinâmica, infelizmente não é meu tipo de leitura, nunca fui fã de terror. Mas é uma dica maravilhos para quem gosta do gênero, principalmente porque está edição está muito linda, da vontade de comprar só pra ter ela enfeitando a estante rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Muito legal a sua resenha! Eu li este livro e fiquei maravilhada. Ele é lindo, com uma diagramação ótima e a história é excelente mesmo e já estou querendo a continuação dele, que já foi publicada.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho muito medo de livros de terror com sobrenatural, mas ainda assim eu leio quando algum me interessa e foi o caso desse. Eu ainda não conhecia a obra e a sua resenha me deixou completamente curiosa, espero ter a oportunidade de conferir.

    ResponderExcluir
  9. Eu infelizmente não tive muito apego a essa obra, diferente de ti nem senti medooo é fiquei meio frustrada, mas o segundo me cativou muito.

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem?
    Esse realmente não é o tipo de leitura que tenho o hábito de ler, principalmente porque sou medrosa demais então evito essas coisas hahaha mas o fato de ser tão curtinho e ágil me deixou bastante curiosa pra se aventurar nesse enredo, apesar do certo receio com acontecimentos sobrenaturais, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  11. Sinceramente não é um livro que me desperta interesse na leitura, não que a história seja ruim, muito pelo contrário, que pela sua descrição a trama promete um livro cheio de terror e suspense sobrenatural, cumprindo o prometido. Além de que a história e envolvente, pontual, proporcionando um leitora uma leitura rápida e envolvente. No entanto não curto ler livros do gênero, quem sabe futuramente mudo de ideia e resolvo dar uma chance.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Terror não é muito o meu tipo,mas gosto de tramas com fantasmas. Não leria agora, mas quem sabe um dia. Preciso rever minha wishlist para reconsiderar colocar mais livros fora da minha zona de conforto, acho essencial. Achei bem legal que o livro contém ilustrações, achei essa da menininha bem realista, parecem mesmo silhuetas no escuro. Adorei saber sobre o livro e gostei muito da resenha, que bom que gostou da leitura!

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei esse livro, achei uma trama muito bem construída e de arrepiar. Recomendo para todos a obra.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Esse livro já me atraiu simplesmente por ser um terror sem enrolação, uma das coisas que me irritam bastante é livro de terror que enrola sem motivos, o que não parece ser o caso. Gostei muito da indicação ainda mais por ser um gênero de livros que gosto bastante.

    Debyh
    Eu insisto

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    As edições da Faro são bem feitas e só de olhar da vontade de conhecer mais da trama. Achei interessante o fato da história não trazer o terror completo e sim uma abordagem mais sobrenatural.
    Não conhecia a leitura mas gostei bastante das suas considerações.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  16. Olá Maria, eu quero muito ler esse livro, pelos seus comentários apesar de curto o livro parece esta bem bacana e com um bom desenvolvimento do enredo com esse toque sobrenatural, além de que a edição parece estar bem caprichada *-* Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  17. Esse é um dos meus gênero favorito. Amei conhecer o livro. Já quero para ontem. Eu gosto tanto do terror psicológico quanto do terror mais real, digamos assim.

    ResponderExcluir
  18. Tanta gente falando bem desse livro! E depois da sua resenha fica impossível não sentir interesse na leitura, que parece mesmo super envolvente e instigante. Eu adoro o gênero, mas são poucos os nacionais que já li. Preciso mudar isso! Dica anotada :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler livros de terror e que não conhecia esse ainda, mas eu fiquei curiosa com a premissa e gostei do livro ser curto, mas na medida certa, sem que falte nada. Enfim, por todos seus comentários deu para perceber que se trata de uma ótima obra, por isso vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Estou me apaixonando pelas edições da Faro! Eu cheguei a esbarrar nesse livro por um preço super em conta, mas fiquei com medo de comprar. Não tenho o hábito de ler histórias de terror, pois tenho medo.rsrs Todavia, estou tentando superar isso.

    Dificilmente conseguirei ler este livro.kkkkkkkk... Se tenho pânico de histórias de terror quando elas envolvem essas questões sobrenaturais meu medo aumenta. Eu nunca vejo filmes ou leio algo em que o terror seja provocado por seres sobrenaturais (espíritos e coisas do tipo) ou algum fenômeno da natureza (dilúvio, terremoto....) ou ainda quando os animais é que são os vilões (Anaconda, Tubarão e coisas assim). Sim, sou muito medrosa.rs

    Eu sei que este livro tem uma continuação. E já li uma resenha em algum lugar sobre ele. Portanto, sei o que acontecerá com o Ben.rs No lugar dele eu surtaria.

    ResponderExcluir
  21. Tenho me interessado cada vez mais por livros do gênero e adorei conhecer este através da sua resenha, parece se tratar de um enredo arrepiante. Vou colocar na lista de desejados agora mesmo!

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?

    O livro parece ser bem bacana, pela sua resenha, e curti a premissa dele, mas preciso confessar que de uns tempos pra cá. uns 3 anos, eu não consigo mais ler livros de terror e horror, me travo todinha, criei uma barreira, não sei explicar, ainda mais que você deixou bem claro que é aquele terror onde as coisas realmente acontecem, no momento não é um livro pra mim. #AnaMedrosa rs

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  23. Faz tempo que esse livro está entre os meus desejos mas ainda não tive oportunidade de ler. Ainda estou me aventurando no gênero, mas acho que vou gostar muito da leitura.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Olá...

    Nossa, eu tenho um serio problema com livros de terror. Tive o prazer de conhecer o autor na bienal do no passado,mas minha nossa, não sei se tenho coragem de ler esse livro não haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Eu sempre vejo muitos comentários sobre esse livro e, na maioria das vezes, são positivos. No entanto, terror é um gênero que eu não leio, principalmente quanto tem esse clima mais sobrenatural mesmo. Infelizmente, acho que essa leitura não é para mim mesmo. No entanto, para quem gosta do gênero, parece ser uma ótima opção de leitura, muito envolvente e cheia de reviravoltas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Olá Mari!!!
    Sou medrosa demais, então depois de você dizer que tem coisas sobrenaturais e um terror que assusta de fato isso realmente me faz correr de fato do livro.
    De todo modo achei a capa lindíssima e se tem haver com o enredo já é muito nom, irei passar a dica mas recomendar para amigos.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados

Topo