terça-feira, 18 de agosto de 2015

Semana Thais Lopes‏ - apresentação e Série Santuário da Morte


 Olá pessoal, tudo bem? Essa semana será um pouco diferente aqui no blog, faremos um especial com os livros da autora Thais Lopes. Espero muito que gostem, e hoje, dando o ponta pé inicial, teremos a apresentação dos mundos de uma forma bem geral e falaremos sobre a Série Santuário da Morte. Todos os post que serão apresentados foram escritos pela autora, com o conhecimento geral sobre seus mundos, personagens e histórias. Confiram! 





Para quem não me conhece, sou uma louca com probleminhas de excesso de imaginação e que fala demais. Escrevo desde criança, e sempre fui viciada em fantasia, apesar de ter crescido lendo vários gêneros diferentes. Para começar essa semana, vou fazer uma apresentação rápida dos mundos e falar um pouco sobre como foi escrever em casa um deles.


Santuário da Morte: É uma série de fantasia urbana, e a história é ambientada em Belo Horizonte. Nesse “mundo” a humanidade vive lado a lado com os seres sobrenaturais: vampiros, lobisomens e outros metamorfose, fadas, bruxos, demônios.
Quando comecei a escrever O Ciclo da Morte, decidi ambientar a história em BH (e usar trajetos que eu fazia) por pensar que seria mais fácil. Iludida... No fim das contas esse é o mundo que acho mais difícil de trabalhar. Acho que fazer a história funcionar em um cenário “real” deixou tudo muito mais complicado do
que se eu tivesse inventado uma cidade, e não só por eu ter que escrever com um mapa no canto da tela. Isso sem falar que a história em si acabou tomando uma direção que não facilitou muito minha vida.
Então, para resumir: essa é a série dor de cabeça que CUSTA a render e normalmente só rende porque minhas duas betas ficam no meu pé.

Crônicasde Táiran: É uma série de fantasia científica. Esse primeiro arco de história tem quatro livros, dos quais dois e meio já estão escritos. É uma ambientação espacial, com planetas e povos diferentes, cada um deles com suas habilidades, seus poderes.
Comecei a escrever nesse mundo quando tinha dez anos de idade, e lá pelas tantas acabei engavetando as histórias (que já tinham sido reescritas um zilhão de vezes). O resultado é que quando comecei a escrever Sentinela eu já tinha um mundo maduro em mente, e já sabia exatamente o que precisava acontecer. Sentinela foi escrito em mais ou menos dois meses, e Vigilante também. Travei um pouco em Protetora, justamente por causa da complicação dessa série: narrativa em primeira pessoa e uma certa carga emocional/psicológica. Não é sempre que consigo estar no clima para entrar na cabeça dessas minhas personagens para conseguir escrever do jeito que preciso para manter a tensão da história.



Nilue (Aymeria): Aymeria é um mundo de fantasia puxando para o lado tradicional, mas Nilue já puxa para um lado mais sombrio. A primeira coisa que fiz quando percebi a direção que essa história estava
tomando foi pegar meus DVDs de backup e desenterrar um monte de bandas e músicas da minha época gótica trevosa, porque esse é o clima da história. Está sendo divertido escrever Nilue, apesar do clima mais sombrio (tudo bem que amo dark fantasy haha), e é outra história que está sendo rápida e ‘fácil’ de escrever.

Tempestade (Cidades Livres): Essa história se passa em um cenário pós apocalíptico com elementos
sobrenaturais (já falei que gosto de sair misturando as coisas, né?). A humanidade e os seres sobrenaturais entraram em guerra, transformaram o planeta em um grande deserto, e cada um se isolou em suas cidades. 
Mesmos sendo um conto, Tempestade foi um pouco complicado e demorado de escrever, por
causa das mil informações e passado do mundo e dos personagens que eu não podia colocar ali. Mas é uma história mais velha, e não tenho boa memória para falar mais sobre como foi escrevê-la.



Série Santuário da Morte

 Já faz alguns anos que descobri a fantasia urbana... Na época em que ainda fazia curso de inglês e ficava procurando livros além dos da biblioteca de onde estudava para ler para os trabalhos. Fantasia urbana: história de fantasia se passando em um ambiente urbano contemporâneo. Foi amor à primeira vista, e não demorou muito para eu já estar devorando várias das séries mais famosas do gênero e sair procurando mais e mais.


Ou seja, também não demorou muito para eu começar a querer escrever alguma coisa assim. Mas nunca tinha feito nada do tipo, e não fazia ideia de como fazer aquilo funcionar. A ideia mesmo para isso só surgiu quando me mudei para Belo Horizonte. Um telefonema, muito tempo em trânsito no ônibus e muitas leituras, e de repente eu já sabia o que fazer.

Inicialmente, era para a história ser livro único, mas meu vício em séries não deixou. Eu já tinha criado aquele mundo, pensando em mil detalhes... E sem querer acabaram ficando algumas coisinhas para trás que precisavam ser trabalhadas.

Esse primeiro arco de história (porque sei que vou acabar voltando nesse mundo futuramente) vai ter três livros e alguns contos aprofundando detalhes da história. O foco desse arco é o medo, e como as pessoas reagem diante do desconhecido.

As histórias tem um pouco de romance, mas não é o foco (e já resmungaram demais comigo por isso, mas não é e vai continuar não sendo xD). Cada livro é narrado por um grupo diferente de protagonistas.


Título: A Revelação
Editora: Independente
Ano: 2014
Páginas: 31
Saiba mais: Skoob - Amazon - Loja da autora

E se o que você pensa ser fantasia fosse real?Por muito tempo, os seres sobrenaturais esconderam sua existência. O avanço da tecnologia destruiu o segredo, e eles foram obrigados a revelar que não eram apenas fruto da imaginação. Mas o Outro Mundo não estava preparado para a reação da humanidade – e para o que logo se transformou em uma verdadeira caçada. 
 Título: O Ciclo da Morte
Editora: Senhor da Lenda
Ano: 2014
Páginas: 372
Saiba mais: Skoob - Amazon - Loja da autora

Às vezes, nem mesmo a Morte está segura.
Um anúncio de aluguel faz com que Lucio, um vampiro caçado pelo primogênito de sua raça, conheça Kelene. Mas ela não é apenas uma jovem humana, da mesma forma que ele não é um vampiro qualquer.
O que Kelene não imaginava era que Lucio estivesse ligado a uma figura do seu passado, e que uma armadilha antiga estivesse de volta.
O que Lucio não esperava era que Kelene fosse a arma que precisavam para destruí-lo, ele que estava além da própria Morte.
Quando a verdade começa a vir à tona, não há como fugir. As respostas estão no passado, entre as memórias perdidas de Lucio e os segredos que transformaram Kelene no que ela é. Mas o que alguém pode fazer quando a própria Morte está ameaçada? 
Título: Herança de Fogo
Editora: Senhor da Lenda
Ano: 2015
Páginas: 377
Saiba mais: Skoob - Amazon - Loja da autora

O passado sempre cobra seu preço.
Artur, um demônio exilado. Alice, a Guardiã do Santuário da Morte. Semele, a Segunda Mestra dos vampiros. O que liga os três? O que os transforma em alvos?
Dois ataques colocam tanto o Outro Mundo quanto os humanos em alerta. O primeiro, um incêndio na mansão de onde Semele governava seus vampiros. O segundo, um ataque na faculdade onde Kelene estudara. E o responsável não parece ser humano, mas também não é nada que o Outro Mundo conheça.Novas forças se erguem, e há mais em jogo do que qualquer um pode imaginar. Com a vida de Alice em risco e o Outro Mundo lutando entre si, Semele tem uma escolha pela frente. Mas o que alguém pode fazer quando nem mesmo a Morte é capaz de vencer a ameaça?

→ Clique aqui e concorra á vários brindes.


Quer saber mais sobre os livros e a autora ? Adicione ela em sua rede social! 



Até o próximo post!

Me acompanhem nas redes sociais:
 twitterfacebook | G+SkoobGoodreadsBloglovin (receba os posts do blog no seu e-mail)| Instagram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)!!! Sua opinião é muito importante para mim.
Leio todos os comentários, mesmo que nos posts mais antigos. Responderei seu comentário aqui nesse mesmo post. Tem um blog? Deixe seu link que visitarei sempre que possível.
*comentários ofensivos serão apagados